Edison Silva

Categoria: Juiz de Camocim


09:45 · 22.05.2013 / atualizado às 09:45 · 22.05.2013 por

O juiz Rogério Henrique do Nascimento, responsável pela 32ªona Eleitoral, no Município de Camocim, não gostou da ação do Coronel da Polícia Militar (Coronel Batista), designado para comandar a eleição municipal em Camocim, no dia da votação, 7 de outubro de 2012, e escreveu na sentença em que cassou o mandato da prefeita Mônica Gomes Aguiar, ontem (uma liminar, de ontem mesmo, suspendeu a decisão do juiz), que o Coronel “não justificou a sua designação”.

Textualmente escreveu o magistrado: “Por falar em Polícia Militar, surpreendentemente foi enviado um Coronel para chefiar o policiamento local no dia das eleições, fato que me causou surpresa, pois em Camocim está sediada uma Companhia do 3º BPM, comandada por um Major e um Capitão, que foram responsáveis por seu comando nas eleições de 2010, sem que houvesse maiores reclamações sobre sua atuação. Pois bem, por aqui chegou o ‘coronel Batista’, que teve medíocre desempenho e não justificou a sua designação para comandar o policiamento das eleições de 2012, já que simplesmente ignorou as ordens judiciais, não realizando uma detenção sequer no dia das eleições, mesmo vendo hordas de pessoas aglomeradas nas portas dos locais de votação trajando camisas amarelas e fazendo balbúrdia”.

Pesquisar

Edison Silva

Blog da editoria Política, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

09h09mBardawil recorre ao TSE por candidatura ao Senado

09h09mVereador diz que acidentes de trânsito retiram recursos de outras áreas

09h09mEunício e Girão são os candidatos ao Senado que mais gastaram em campanha

09h09mNomes de profissões, apelidos e animais no apelo de candidatos por votos

09h09mParlamentares criticam o general Mourão

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs