Busca

Categoria: Lazer


11:03 · 28.02.2017 / atualizado às 11:03 · 28.02.2017 por

Por Renato Sousa

Tramita na Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor) projeto da vereadora Eliana Gomes (PCdoB) para fechamento de ruas da cidade aos domingos para lazer. De acordo com a parlamentar, a iniciativa tem como objetivo diminuir a ociosidade dos espaços no fim de semana, o que costuma ser um indutor de violência.

A comunista afirma que a ideia surgiu após plenárias realizadas por seu mandato em diversos bairros de Fortaleza. Entre as principais demandas dos participantes, estariam a criação e manutenção de espaços de lazer. “Temos muitos jovens que adoram fazer isso (prática de esportes)”, diz.

As inspirações para a iniciativa de Eliana estão no Rio de Janeiro e São Paulo. Lá, espaços como o Aterro do Flamengo e a Avenida Atlântica, no Rio, e a Avenida Paulista, em São Paulo, costumam ser fechados no domingo para a prática de esporte. “As pessoas levam seu skate, sua bicicleta…”, declara, referindo-se especificamente aos espaços cariocas.

Em São Paulo, a iniciativa de fechar a Avenida Paulista para carros aos domingos, implantada pelo ex-prefeito Fernando Haddad (PT), foi motivo de polêmica logo após sua implantação, no fim de 2015. Entretanto, quatro meses depois, mais de 60% dos moradores da região da avenida aprovavam a ideia, enquanto outros 35% criticavam. O Museu de Arte de São Paulo (Masp), localizado na avenida, afirmou ter tido um aumento de cerca de 20% de visitantes aos domingos, enquanto o Centro Cultural Ruth Cardoso, ligado à Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), criou uma programação especial para o dia.

Segundo a parlamentar, a ideia é levar esse tipo de iniciativa também para bairros mais carentes – ela afirma que não gosta do termo “periferia”. A vereadora diz que, hoje, os projetos do tipo que existem na cidade são muito concentradas na região da Avenida Beira-Mar. Ela afirma ser importante que tais áreas existam por lá, mas é preciso que existam em outras partes da cidade também.

Eliana diz que a iniciativa pode ajudar inclusive no combate à violência, já que a ociosidade – tanto do espaço quanto de jovens – costuma aumentar a criminalidade. Segundo a parlamentar, espaços ocupados pela comunidade, com boa infraestrutura e opções de lazer, ajudam na diminuição da violência. Ela faz elogios à reforma do Polo de Lazer da Avenida Sargento Hermínio, entregue no fim do ano passado e próximo à região onde a parlamentar mora. “A frequência está muito boa: tem esportes com a Areninha, tem a Guarda Municipal…”, explica. Para Eliana, iniciativas envolvendo policiamento precisam estar aliadas a outras como a que ela propõe. “Há quem ache que se resolve somente com presídio. Você está vendo o resultado”, declara.

Segundo a parlamentar, a expectativa é de que, caso aprovado, o projeto encontre boa acolhida junto ao prefeito Roberto Cláudio (PDT). Ela, que foi secretária municipal de Habitação durante o primeiro mandato do trabalhista, diz que pretende sensibilizar não só seus colegas vereadores, como os secretários das áreas envolvidas na matéria para a importância do projeto.

Por se tratar de um projeto de indicação, não há obrigação legal de ser executado pela prefeitura no caso de aprovação pelo plenário da Casa. A iniciativa, portanto, funcionará mais como uma sugestão da Casa ao prefeito. Ainda não há data prevista para a entrada do projeto na pauta da Casa, que ainda precisará ser aprovado pelas comissões temáticas pertinentes antes de ser encaminhado para a apreciação dos vereadores.