Edison Silva

Categoria: Masculidade


12:24 · 22.08.2018 / atualizado às 12:24 · 22.08.2018 por

O deputado Renato Roseno (PSOL) chamou atenção para o número de mortes entre as mulheres, durante discurso, na Assembleia Legislativa, hoje. Segundo ele, até junho deste ano, 220 mulheres já foram assassinadas no Ceará, representando 77% do total de feminicídios registrados em 2017.

Mais alarmante, para o parlamentar, são os assassinatos entre as adolescentes, de 10 a 19 anos. Em 2018, já foram 73 meninas mortas nessa faixa etária. “Nós temos uma responsabilidade de combate a uma masculinidade tóxica, autoritária e aprisionante”. Ele apontou a necessidade de mais investimentos do Governo do Estado em políticas públicas de enfrentamento à violência contra as mulheres.

“A Casa da Mulher Brasileira ficou dois anos fechada, foi necessário que as mulheres ocupassem a Casa, para que o governador abrisse a Casa da Mulher Brasileira. Temos apenas dois juizados de violência doméstica e pior do que isso é a falta de execução orçamentária do governo Camilo Santana em relação às políticas públicas para as mulheres. A vida das mulheres não será defendida simplesmente nos parlamentos que, em momentos de dor, são fartos em palavras”, criticou.

Pesquisar

Edison Silva

Blog da editoria Política, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

09h09mBardawil recorre ao TSE por candidatura ao Senado

09h09mVereador diz que acidentes de trânsito retiram recursos de outras áreas

09h09mEunício e Girão são os candidatos ao Senado que mais gastaram em campanha

09h09mNomes de profissões, apelidos e animais no apelo de candidatos por votos

09h09mParlamentares criticam o general Mourão

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs