Busca

Categoria: Mudanças na Câmara


10:00 · 24.09.2013 / atualizado às 10:00 · 24.09.2013 por

O vereador Leonelzinho Alencar (PTdoB), acusado de corrupção, improbidade administrativa e quebra do decoro parlamentar, quer trocar a Câmara Municipal de Fortaleza pela Câmara dos Deputados, em Brasília. O partido do parlamentar, o PTdoB, está em conversação com PMN, PSC, PRTB e PPL na tentativa de angariar votos, visando a eleição de pelo menos dois deputados federais no pleito de 2014.

Além de Leonelzinho Alencar, estão na lista do G5 (como está sendo chamado o grupo dos cinco partidos) para compor os quadros da Câmara Federal, os vereadores Welington Saboia (PSC), que ficou conhecido como “o candidato do Safadão”, por fazer propaganda eleitoral ao lado do cantor de forró Wesley Safadão; o atual deputado estadual Paulo Facó (PTdoB); e o presidente do Instituto Municipal de Pesquisas, Administração e Recursos Humanos (Imparh), André Ramos (PPL).

O grupo tem se reunido todas às segundas-feiras para discutir com seus correligionários, as possibilidades para indicações nas eleições de 2014. O Partido Verde (PV) e o Partido Humanista da Solidariedade (PHS) também estão em conversação para se unirem com essas legendas, mas até o momento, as negociações têm sido apenas no campo da conversa, sem nada ser fechado entre essas duas siglas.

Leonelzinho Alencar, o pretenso candidato a deputado federal, já esteve envolvido em algumas situações polêmicas. Ele responde a uma ação de improbidade administrativa encaminhada pelo Ministério Público à Justiça por supostamente ter beneficiado a ele próprio e a parentes com recursos públicos municipais. Foi condenado por roubo de bicicletas de campanha política, é acusado de uso político do Instituto Jader de Alencar, sua mulher recebia bolsa família e ele mesmo vereador estava empregado na Prefeitura de São Gonçalo do Amarante.

12:15 · 25.06.2012 / atualizado às 12:15 · 25.06.2012 por
Mudanças devem acontecer devido ao processo eleitoral deste ano

Em reunião do colégio de líderes da Câmara Municipal, realizado na sexta-feira passada, os vereadores da Casa discutiram o funcionamento do Legislativo de Fortaleza durante o segundo semestre deste ano, quando teremos eleições municipais.

As modificações aprovadas foram as seguintes: Pequeno Expediente começará às 9 horas, e não às 9h15min, como acontece atualmente. Quando o número de parlamentares presentes totalizar 21, imediatamente, começará a Ordem do Dia, momento em que são votadas as matérias em pauta. Com isso, vereadores pretendem agilizar a aprovação de projetos, uma vez que, praticamente, todos estarão em campanha para reeleição.

Nas quintas-feiras, o espaço para os debates será substituído pela presença dos candidatos a prefeito de Fortaleza, que irão apresentar suas propostas na Casa Legislativa. Os trabalhos da Câmara neste primeiro semestre se encerram no dia 7 de julho próximo.