Busca

Categoria: Notícia falsa


14:26 · 25.04.2018 / atualizado às 14:26 · 25.04.2018 por

Denúncia levada à tribuna, ontem, pelo deputado Capitão Wagner (PROS), de que a Prefeitura de Acarape havia, supostamente, nomeado para o cargo de assessor da administração, um criminoso, ligado à facções criminosas, foi contestada, hoje, pelo deputado Evandro Leitão (PDT).

O líder do Governo na Casa disse que o documento levado à tribuna e que se espalhou nas redes sociais, trata-se de uma “fake news”, ou seja, uma notícia falsa. Segundo Evandro, a portaria publicada no Diário Oficial do Município se trata, na verdade, da nomeação do secretário municipal de segurança.

“A portaria falsa é produto de acirramento político, a Prefeitura de Acarape jamais nomeou nenhum sujeito, chamado Rafael Fininho, isso é uma mentira da oposição. Essa fraude tosca foi replicada aqui por um parlamentar, que não quis verificar a veracidade, embora tenha afirmado que o fez. Querem usar uma estratégia para se capitalizar, eleitoralmente. Será que um pleito eleitoral pode tudo”, questionou.

Segundo Evandro, foi feita uma “montagem grosseira” com a Portaria e que está baseado em “informações, em dados. A própria Prefeitura publicizou uma nota de esclarecimento”, defendeu. Ele disse que se a informação fosse verdade, não teria ido à tribuna. Evandro Leitão é votado em Acarape.

12:40 · 29.11.2017 / atualizado às 12:55 · 29.11.2017 por

Um dia depois de deputados aliados ao prefeito Ivo Gomes (PDT) – cujo mandato foi cassado por suposta compra de voto durante a eleição de 2016 – terem saído em defesa dele na Assembleia Legislativa, apontando “erros” do juiz que proferiu a decisão, o deputado Capitão Wagner (PR) disse hoje na tribuna da Casa, que essa é uma “tentativa de fazer com que a opinião pública considere ser uma perseguição” contra Ivo. Para o parlamentar, o juiz foi benevolente em sua decisão.

Durante seu discurso, Wagner reproduziu uma suposta publicação do ex-governador Cid Gomes (PDT) no Twitter, irmão de Ivo, apontando que o juiz que proferiu a decisão era ligado ao senador Eunício Oliveira (PMDB), até então adversário político de seu grupo. No entanto, o deputado Danniel Oliveira (PMDB), nesse momento, fez questão de esclarecer o episódio e dizer que aquela publicação é, na verdade, um “fake news” e que o perfil em questão não pertence a Cid Gomes. Distante do microfono, Daniel disse ter conversado com Cid Gomes, sobre o assunto, nesta manhã de quarta-feira.

Diário do Nordeste

Desculpe-nos o transtorno. O Diário do Nordeste voltará em breve, mas enquanto não voltamos, acompanhe os principais acontecimentos em nossas Redes Sociais.