Busca

Categoria: Oficializadas


09:31 · 30.08.2018 / atualizado às 09:31 · 30.08.2018 por
Por Marcio Dornelles
O balanço mais recente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), via sistema DivulgaCand, traz 275 deferimentos de pedidos de registro de candidatura para as eleições de 2018. O número representa 30,42% do total de 904 pedidos levados à Secretaria Judiciária do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE).

O quantitativo de inaptos também aumentou. Agora são sete postulantes que apresentaram renúncia junto à Justiça Eleitoral, como é o caso de quatro que disputariam cadeira na Assembleia Legislativa e três na Câmara dos Deputados, e um que teve a candidatura indeferida por decisão unânime do Pleno do TRE-CE. O último caso refere-se ao postulante ao Senado, José Alberto Pinto Bardawil (Pode).

Até agora, foram autorizados candidatos de 26 partidos políticos em atuação no Estado. Nas vagas proporcionais, são 194 a deputado estadual e 70 a deputado federal. Restam 621 pedidos para serem julgados pelos juízes, seja monocraticamente ou no Pleno, diante de um caso mais grave, de possível indeferimento.

Disputa Majoritária

Para a disputa majoritária no Ceará, já foram autorizados os pedidos de Camilo Santana (PT) e vice Izolda Cela (PDT), e Hélio Góis (PSL) ao Governo do Estado; Cid Gomes (PDT) e Eunício Oliveira (MDB) ao Senado, com suplentes; e os suplentes do candidato ao Senado Pastor Pedro Ribeiro (PSL).