Edison Silva

Categoria: Pedido


14:33 · 27.10.2017 / atualizado às 14:33 · 27.10.2017 por

 

 

Deputado Heitor Férrer mostra ao deputado Sérgio Aguiar, o Memorial que entregou aos ministros do Supremo Tribunal, com acusações a conselheiros do extinto TCM. Foto: José Leomar

Após ser acusado de mentiroso pelo deputado Sergio Aguiar (PDT) por ter apresentado Memorial contra ações de conselheiros do extinto Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), no Supremo Tribunal Federal (STF), o deputado Heitor Ferrer (PSB) respondeu hoje no Plenário 13 de Maio, da Assembleia Legislativa, que são pontos de vista diferentes e pediu desculpas se ofendeu o colega. Sergio Aguiar é filho do conselheiro em disponibilidade, Francisco Aguiar, e fez pronunciamento ontem repudiando o documento.

O Memorial aponta beneficiamento no julgamento de contas municipais do órgão extinto de algumas Prefeituras, entre elas a de Camocim, cuja prefeita é Mônica Aguiar, esposa do deputado Sergio Aguiar. Heitor defendeu que o dossiê é um “apurado de uma série de posições do Tribunal” e que a extinta Corte de Contas tinha uma composição política.

“O Estado era um ponto fora da linha com dois Tribunais, não há qualquer prejuízo para as Câmaras dos Vereadores, porque todo o corpo técnico foi lotado no Tribunal de Contas do Estado. Sempre foquei que os tribunais de contas eles tinham uma composição política que eu não concordo”.

Pesquisar

Edison Silva

Blog da editoria Política, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

09h09mBardawil recorre ao TSE por candidatura ao Senado

09h09mVereador diz que acidentes de trânsito retiram recursos de outras áreas

09h09mEunício e Girão são os candidatos ao Senado que mais gastaram em campanha

09h09mNomes de profissões, apelidos e animais no apelo de candidatos por votos

09h09mParlamentares criticam o general Mourão

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs