Busca

Categoria: Pesquisa Ibope


10:08 · 28.09.2012 / atualizado às 10:08 · 28.09.2012 por
Candidatos apresentaram propostas durante debate realizado no último domingo na TV Diário. FOTO: KID JUNIOR

O Ibope já fez cinco pesquisas sobre as eleições municipais em Fortaleza, contratado pelo Sistema Verdes Mares, através do Diário do Nordeste e da Televisão Verdes Mares. Ainda fará uma outra, para o Diário do Nordeste, na próxima semana e apresentará um prognóstico, no dia 6 de outubro e no fim da tarde de domingo, dia 7 de outubro, quando acabar o processo de votação, em todo o Brasil, o Ibope divulgará a pesquisa de boca-de-urna.

A primeira das cinco pesquisas já realizadas para o Sistema Verdes Mares foi no fim de julho. Naquele momento, o candidato Moroni Torgan aparecia em primeiro lugar com uma diferença muito grande para o segundo colocado que era Inácio Arruda. A diferença entre os dois era de 17 pontos percentuais.

 Do fim de julho para hoje, Moroni caiu 13 pontos percentuais e hoje é o terceiro colocado. com d19% das intenções de voto. E Inácio Arruda caiu 9 pontos percentuais e hoje tem 6% das intenções de voto, sendo o sexto colocado. Os candidatos Roberto Claudio e Elmano de Freitas foram os únicos que cresceram de lá até aqui.

Para esta última pesquisa, pubiclada hoje pelo Diário do Nordeste, o Ibope nos encaminhou o seguinte relatório:

Pesquisa IBOPE Inteligência, feita em parceria com a TV Verdes Mares, realizada entre os dias 24 e 26 de setembro, mostra os candidatos Roberto Claudio (PSB), Elmano (PT) e Moroni (DEM) tecnicamente empatados na primeira colocação, com 25%, 21% e 19%, respectivamente. Embora esta seja a terceira rodada de pesquisa em parceria com a TV Verdes Mares, outras duas pesquisas encomendadas pelo Diário do Nordeste constam no gráfico, pois permite comparação com os resultados ao longo do período eleitoral.

Roberto Claudio, que na primeira medição tinha 8% das intenções de voto, e foi a 18% na última pesquisa, cresce 7 pontos percentuais e tem hoje 25% das citações, aparecendo pela primeira vez numericamente à frente dos demais candidatos. Empatado com o candidato do PSB, e com o mesmo comportamento nas preferências do eleitorado, aparece Elmano, que ao longo das medições ganhou 17 pontos percentuais e tem agora 21% das menções, adquirindo 2 pontos percentuais em comparação à pesquisa imediatamente anterior a esta. Já o candidato Moroni, que no final de julho liderava com boa vantagem a disputa, vem sofrendo sucessivas quedas ao longo das medições e aparece hoje com 19% das intenções de voto, um decréscimo de 4 pontos percentuais em comparação à última pesquisa. Heitor Ferrer, PDT, tem hoje 11% e vem oscilando dentro da margem de erro em todas as pesquisas realizadas. Renato Roseno, do PSOL, aparece com 7%, contra 6% de Inácio Arruda (PC do B) e 3% de Marcos Cals, do PSDB. Gonzaga (PSTU) e Professor Valdeci (PRTB) não atingem 1% das menções e André Ramos (PPL), embora constasse da relação de candidatos apresentada aos entrevistados, não é citado. Aqueles que pretendem votar em branco, ou anular o voto totalizam 5% dos eleitores, contra 3% se dizem indecisos ou preferem não responder a pergunta.

Votos válidos. 

Considerando somente os votos válidos, ou seja, excluindo eleitores indecisos e menções a votos branco/nulo, Roberto Claudio tem 27% das menções, contra 22% para Elmano e 21% das citações para Moroni. Mais abaixo, Heitor Ferrer tem 12%, Renato Roseno tem 8%, enquanto Inácio Arruda fica com 6% das citações válidas. Os outros candidatos atingem no máximo 3% dos votos válidos.

Destaques por segmentos.

Observando os diferentes grupos que respondem à pesquisa, nota-se um aumento expressivo na intenção de voto a Roberto Claudio entre os eleitores mais jovens. Enquanto o candidato tem 25% das citações no total da pesquisa, conforme já demonstrado, aparece com 34% entre os eleitores com idade entre 16 e 24 anos – um aumento de 26 pontos percentuais desde a primeira medição. Já Moroni, que tem 19% das menções no total da amostra, é citado por 27% dos eleitores com escolaridade até a 4ª série do ensino fundamental. Embora expressivo, seu desempenho neste grupo já foi de 47%, perdendo 20 pontos percentuais ao longo das medições.

As intenções de voto em Elmano são bastante homogêneas nos diferentes segmentos. O petista tem seu melhor desempenho entre eleitores com renda de até 1 salário mínimo, atingindo 28% dos eleitores deste grupo, ante 21% do total.

Espontânea. 

Na pergunta espontânea, ou seja, sem apresentação de disco com nome dos concorrentes, Roberto Claudio é mencionado por 20% dos eleitores, um aumento de 7 pontos percentuais em comparação à última pesquisa. Elmano e Moroni oscilam dentro da margem de erro em relação à medição anterior – o petista oscila positivamente e tem 17% das menções hoje, ante 16% para o democrata, que oscila negativamente.

Heitor Ferrer é citado hoje por 9% dos entrevistados, enquanto Renato Roseno é mencionado por 5% e Inácio Arruda por 4%. Marcos Cals tem 1%, enquanto Professor Valdeci não atinge 1% das citações. Nessa situação, Gonzaga e André Ramos não são mencionados pelos entrevistados.

Nesta modalidade de pergunta, 20% dos eleitores declaram-se indecisos, contra 7% que dizem votar em branco ou anular o voto.

Segundo Turno. 

O IBOPE Inteligência também testou na pesquisa seis hipóteses de segundo turno entre os postulantes à prefeitura. Na primeira simulação, entre Elmano e Heitor Ferrer, o petista é citado por 45% dos eleitores, contra 40% para o candidato do PDT. Aqueles que dizem votar em branco ou anular o voto são 11%, contra 4% de indecisos. Na hipótese de uma disputa entre Elmano e Moroni, os candidatos têm, respectivamente, 45% e 39% de citações, enquanto 13% pretendem anular o voto ou votar em branco, enquanto outros 2% dizem não saber em quem votar.

Roberto Claudio tem 44% das menções na simulação de um segundo turno com Elmano, que atinge 39% das intenções. Aqueles que votam em branco ou pretendem anular o voto nesta hipótese somam 15% dos eleitores, enquanto outros 3% não respondem a pergunta, ou declaram-se indecisos. Já Heitor Ferrer atinge 48% da preferência do eleitor em uma disputa com Moroni no segundo turno, que é citado 39% deles. Desta vez, 11% dizem anular o voto ou votar em branco, enquanto 2% não sabem, ou não respondem a questão.

Quando simula-se a disputa entre Roberto Claudio e Heitor Ferrer, o socialista é mencionado por 46% dos eleitores, contra 39% para o candidato do PDT. Aqueles 3

mencionam votar em branco ou anulam o voto são 12%, e outros 4% dizem estar indecisos nesta simulação ou não respondem a pergunta.

Por fim, Roberto Claudio tem 49% das intenções de voto em um provável segundo turno com Moroni, que atinge 34% das citações, contra 14% de eleitores que dizem votar em branco ou anular o voto, ante 2% que se dizem indecisos, ou não respondem.

Expectativa de vitória. 

Independente do voto que tenham declarado, 31% dos eleitores de Fortaleza acreditam que Roberto Claudio vencerá a disputa. Outros 28% dizem que o próximo Prefeito será Elmano, contra 20% de eleitores que acreditam na vitória de Moroni. Outros candidatos atingem no máximo 3% de menções nesta pergunta, enquanto 16% dizem não saber quem vencerá o pleito.

Rejeição. 

Em comparação à última rodada a rejeição dos candidatos vêm se mantendo estável, com variações dentro da margem de erro. O mais citado é Moroni, com 36% de eleitores que dizem não votar no candidato de jeito nenhum. Num outro patamar e com índices próximos aparecem Elmano, Inácio Arruda e Gonzaga, com 23%, 21% e 20%, respectivamente. André Ramos é preterido por 18% dos respondentes, Roberto Claudio por 17%, Marcos Cals por 16% e Professor Valdeci por 15%. Outros 12% dizem que não votariam em Renato Roseno e 9% mencionam Heitor Ferrer. Aqueles que afirmam que poderiam votar em todos os candidatos somam 9%, enquanto 4% não sabem ou optam por não responder. Nesta pergunta, havia a opção de indicar mais de um candidato.