Busca

Categoria: Petistas do CE


13:29 · 29.01.2017 / atualizado às 13:29 · 29.01.2017 por

 

Nelson Martins, secretário da Casa Civil, pode ter como primeira missão, se houver interesse do governador Camilo em ter espaços no PT, trabalhar as eleições para os diretórios do partido, em Fortaleza e no Estado
Nelson Martins, secretário da Casa Civil, pode ter como primeira missão, político-partidária, se houver interesse do governador Camilo em ter espaços no PT, trabalhar as eleições para os diretórios do partido, em Fortaleza e no Estado

A eleição para o comando  do novo diretório do PT de Fortaleza vai acontecer somente no dia 9 de abril, segundo a decisão do diretório nacional do partido, no último dia 20. Antes, a eleição estava marcada para o dia 12 de março. As chapas concorrentes devem estar registradas até o dia 9 de março. Se ainda houver interesse do governador Camilo Santana de manter alguma influência no seu partido, o secretário da Casa Civil, Nelson Martins, vai ter o seu primeiro teste na articulação política do Governo, na mediação dos conflitos entre os grupos que querem ter o comando do partido na Capital.

A deputada Luizianne Lins tem o controle do atual diretório municipal e trabalha para manter sua posição. Ela tem como aliados nesse objetivo, o senador José Pimentel e o deputado estadual Elmano de Freitas, atual presidente do diretório de Fortaleza. Discordam dela os deputados federais José Airton e José Guimarães, assim como alguns outros petistas. O grupo de Luizianne quer, de imediato, oficializar a posição do partido como oposição ao prefeito Roberto Cláudio. Luizianne e Pimentel são os principais adversários de Camilo, no PT, por conta de sua aliança com Cid e Ciro Gomes (PDT).

Dois liderados de Luizianne são apontados como candidatos à presidência do PT municipal: O ex-deputado estadual e líder do Governo Cid Gomes, num determinado momento na Assembleia, Antônio Carlos, e o suplente de vereador da Capital, Ronivaldo Maia.

Também, no início de maio o PT fará o congresso estadual, em Fortaleza, para eleger a nova direção no Estado e tirar seus delegados para a eleição do diretório nacional nos três primeiros dias do mês de junho.