Busca

Categoria: Planos de Governo


18:42 · 29.07.2016 / atualizado às 18:51 · 29.07.2016 por

Por Miguel Martins

 

Deputado Tin Gomes (PHS) diz que discute propostas para o seu plano de Governo com políticos e técnicos dos partidos aliados
Deputado Tin Gomes (PHS) diz que discute propostas para o seu plano de Governo com políticos e técnicos dos partidos aliados

Pretensos candidatos à Prefeitura de Fortaleza tendem a apresentar um plano de governo que indique uma maior participação da população junto à administração pública. De acordo com alguns postulantes entrevistados pelo Diário do Nordeste, a estrutura atual gestão pública na Capital cearense está ultrapassada e precisa ser repensada.
Capitão Wagner (PR) afirmou que está trabalhando conforme as demandas das pesquisas internas feitas pelo partido, que sugerem uma atenção especial às áreas de segurança pública, saúde e emprego. Segundo ele, as outras legendas que apoiam sua candidatura (PSDB, PMDB e SD) estão ajudando na constituição de um plano de governo que abranja os interesses de todos os aliados.
O PSDB, quando do apoio a Wagner, apresentou uma carta de intenções que devem ser inseridas ao plano do pretenso candidato. Já o PMDB, conforme informou, tinha possibilidade de lançar um nome, e por isso estava com um projeto de plano de governo sendo realizado. “Muitas ideias deles vieram ao encontro das nossas, e por isso, para resolver os problemas de Fortaleza estamos agregando ideias. Teremos um plano amplo e queremos apresentá-lo à cidade.
O plano de governo, segundo informou, não será concluso, e ficará aberto para receber mais ideias da população. Um dos pontos chave tocado pelo parlamentar foi a mudança no funcionamento da Secretaria de Segurança Cidadã, implantada na gestão Roberto Cláudio, e que na opinião do parlamentar, pouco tem feito pela cidade. Uma das ideias é implantar um equipamento de vídeo-monitoramento para evitar ações contra o patrimônio público e à vida dos cidadãos fortalezenses.
O socialista João Alfredo (PSOL) afirmou que o plano de sua candidatura está ainda em processo de conclusão, através de seminários colaborativos, sendo que três definirão o documento. Já se discutiu sobre meio ambiente, planejamento urbano, moradia, saúde, política para mulheres e gestão com participação popular. Ele tem feito reuniões para discutir educação,  cultura e comunicação, transporte e mobilidade e outros temas. Ele esperava está fechando tudo no sábado, “e deveremos criar uma plataforma na internet para receber crítica e sugestões da população. Até domingo (hoje) teremos o plano prontinho, mas ele poderá ser modificado ao longo da campanha”, destacou.
O deputado Ronaldo Martins, postulante pelo PRB, disse que deve concluir o documento até a última quinta-feira. O  pré-candidato esteve reunido, em várias oportunidades, com os técnicos do partido na tentativa de resolver os últimos detalhes do plano. Segundo ele, o principal ponto de sua proposta será trazer a população para dentro da administração pública, buscando retomar uma maior aproximação do Governo Municipal com a sociedade.
“A população ficou muito afastada das últimas administrações e queremos, justamente, fazer um plano de governo que aproxime cada vez mais população e gestão pública”, disse. Segundo ele, o modelo de administração também deve ser remodelado, visto que a gestão atual, em sua opinião, está ultrapassada, sendo que boa parte de sua estrutura ainda remonta à época das gestões do ex-prefeito Juraci Magalhães. “Queremos mudar o formado e a estrutura do Governo”, disse.
Tin Gomes (PHS) tem se encontrado com técnicos do PRP e PMN para tratar de um plano de governo em conjunto com as três siglas coligadas para a disputa majoritária de outubro próximo. Segundo ele, os partidos estão concluindo um esboço de plano de governo que será, em seguida, debatido com a população. A ideia do postulante é apresentar o projeto em três seminários que vai realizar na Barra do Ceará, Conjunto Ceará e Messejana.
Ele informou, porém, que até a convenção, marcada para acontecer neste domingo, não terá concluído o plano. “Queremos fazer um plano de governo mais participativo, discutido com a comunidade”, disse ele, ressaltando que irá priorizar as áreas de educação, cultura, esporte e lazer, procurando a integração dos mesmos.
“Nossa ideia é trabalhar um plano de governo forte que possa pensar os jovens, visando uma maior integração das secretarias que versam sobre o amadurecimento da juventude. Queremos impedir que a juventude tenha acesso às drogas, e por isso é importante ocupar crianças e adolescentes. Com isso, a longo prazo, teremos fechado as portas da marginalidade na cidade”.
O vice-presidente do PT em Fortaleza, Raimundo Ângelo, afirmou que há um mês o partido está discutindo ideias para a construção do plano. Os segmentos da saúde, educação, moradia, cultura e juventude tem se reunido todas as semanas. Até domingo, segundo ele, a agremiação apresentará uma proposta de plano de governo. No início desta semana o deputado Heitor Férrer (PSB)  estava concluindo os detalhes sobre os principais pontos do plano de governo, conforme informou a assessoria de imprensa do candidato.