Edison Silva

Categoria: Ponto


10:32 · 06.12.2015 / atualizado às 10:53 · 06.12.2015 por

Uma decisão de Governo, posta em prática na Secretaria de Saúde, que obriga os médicos a registrarem digitalmente suas presenças nos locais de trabalho, já motivou pedidos de antecipação de aposentadorias e  de demissões  no Hospital de Messejana e Hospital Geral de Fortaleza, além de impaciência em muitos outros, e críticas veementes à medida. A decisão do Governo e as suas consequências já ocorridas têm sido o centro das conversas na área médica.

Outra providência que desagrada a parte da classe médica é a exigência de comprovação dos serviços prestados por Cooperativas. Elas, hoje, são as responsáveis por inúmeros procedimentos, nas mais diversas áreas da Saúde, com elevado custo ao Estado. Há denúncias de que profissionais dessas Cooperativas, muitos servidores do Estado, deixam de produzir no seu horário de trabalho para o Estado, mas registram uma extensa relação de procedimentos como cooperados.

 

Pesquisar

Edison Silva

Blog da editoria Política, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

09h09mBardawil recorre ao TSE por candidatura ao Senado

09h09mVereador diz que acidentes de trânsito retiram recursos de outras áreas

09h09mEunício e Girão são os candidatos ao Senado que mais gastaram em campanha

09h09mNomes de profissões, apelidos e animais no apelo de candidatos por votos

09h09mParlamentares criticam o general Mourão

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs