Edison Silva

Categoria: Preconceito


09:29 · 02.11.2017 / atualizado às 09:29 · 02.11.2017 por

Por Renato Sousa

O início do Novembro Azul – mês de mobilização internacional no enfrentamento do câncer de próstata – foi alvo de discursos na Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor) na manhã de ontem, 1º. Os parlamentares afirmaram que ainda é preciso vencer o preconceito para que a prevenção da doença seja mais eficiente.

O terceiro vice-presidente da Casa, Paulo Martins (PRTB), declarou, na tribuna da Casa, que em seu próprio gabinete há quem se recuse a realizar o exame preventivo. “Um dos nossos desafios nesse mês de novembro é levá-lo ao urologista”, declara o parlamentar. De acordo com ele, há ainda muito preconceito em relação ao exame de toque retal. Entretanto, para Martins, “é um exame médico, como a endoscopia”.

O parlamentar afirma que a prevenção é fundamental. “Lendo sobre o assunto, vi realmente a necessidade dessa campanha”, declara. De acordo com ele, um em cada quatro brasileiros não fazem o exame preventivo. Entretanto, a cada cinco, um terá a doença, com a óbito atingindo um em cada oito doentes. “Que os homens quebrem esse preconceito”, apela.

Márcio Martins (PR) também levantou a bandeira a prevenção. “A partir desse momento inicial, vamos somar, aderir, através do nosso mandato e das instituições que são nossas parceiras, a essa campanha tão importante”, diz. O parlamentar comprometeu-se a, ao longo do mês, dialogar com o máximo de homens que puder para esclarecê-los sobre a importância da matéria.

Assim como seu colega de CMFor, o republicano acredita que o maior desafio para o combate à doença é o preconceito. “Precisamos olhar (o tema) com outros olhos, tendo uma postura mais crítica e aberta”, declara. Para ele, “a prevenção é sempre o item mais importante para qualquer se seja a doença”.

 

14:11 · 25.05.2017 / atualizado às 14:12 · 25.05.2017 por

O vereador Dr. Eron (PP) foi à tribuna da Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor) para criticar o discurso de Eleonora Broilo (PMDB-RS), da cidade gaúcha de Farroupilha, que afirmou que os nordestinos “talvez não saibam falar muito bem, mas sabem roubar que é uma maravilha”.

Para ele, “temos que colocar para o Brasil que nós, nordestinos, merecemos pelo menos respeito”. O parlamentar informou que Dummar Ribeiro (PPS) está articulando uma moção de repúdio contra a fala da vereadora. Eron declara que “é importante que todos nós assinemos e coloquemos a nossa indignação”.

Pesquisar

Edison Silva

Blog da editoria Política, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

09h09mBardawil recorre ao TSE por candidatura ao Senado

09h09mVereador diz que acidentes de trânsito retiram recursos de outras áreas

09h09mEunício e Girão são os candidatos ao Senado que mais gastaram em campanha

09h09mNomes de profissões, apelidos e animais no apelo de candidatos por votos

09h09mParlamentares criticam o general Mourão

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs