Edison Silva

Categoria: Preparação


09:28 · 19.09.2018 / atualizado às 09:28 · 19.09.2018 por

Após o julgamento dos pedidos de registro de candidatura, o Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) inicia agora o processo de geração das mídias para as eleições de 2018, com os programas e dados completos das seções e as fotos dos candidatos nas urnas. O procedimento, comandado pela Secretaria de Tecnologia da Informação, começa nesta quarta-feira (19) e segue até sexta-feira (21). A cerimônia será presidida pelo juiz Alcides Saldanha Lima, na presença de representantes de partidos políticos, coligações, membros do Ministério Público e advogados da Ordem dos Advogados do Brasil Secção Ceará (OAB-CE).

Para a realização do procedimento, era necessário julgar a maior quantidade possível de processos de candidaturas, para inserir os aptos nas urnas por meio de cartões “flash cards”. Os postulantes que ainda não tiveram o registro autorizado aparecerão nas urnas na situação de “pendente de julgamento”. Caso sejam julgados e habilitados, receberão os votos normalmente. Se a candidatura for indeferida, os votos serão considerados nulos, como determina a Justiça Eleitoral.

Procedimento

A operação visa copiar para os cartões de memória (flash cards) que serão utilizados na carga das urnas em todo o Estado os sistemas e os dados necessários para a realização da eleição: nome, número e foto dos candidatos, nome e número do título dos eleitores, seções principais e agregadas, e mesas de justificativa.

A Secretaria de Tecnologia da Informação distribuirá 896 cartões de memória de carga. Fortaleza ganhará 264 e os outros 632 terão o interior do Estado como destino. Proporção semelhante será usada para distribuir os 25.377 cartões de memória de votação: 5.571 para Fortaleza e 19.806 para o interior.

15:41 · 15.06.2018 / atualizado às 15:41 · 15.06.2018 por

Por Márcio Dornelles

Como parte da preparação dos promotores eleitorais do Ceará, o Ministério Público Estadual promove hoje (15) duas palestras com promotores de Justiça e coordenadores eleitorais dos estados de Minas Gerais e Rio Grande do Sul, para compartilhar conhecimentos e atualizar os profissionais quanto aos desafios que serão enfrentados nas eleições gerais deste ano. Os convidados, além de professores universitários, também têm publicações importantes sobre direito eleitoral.

O evento faz parte da preparação para o pleito e terá três momentos. O primeiro, às 8h30, servirá para apresentação de um sistema de investigação, que busca dados relevantes como, por exemplo, a presença de pessoas no cadastro de algum programa social. Em seguida, às 10h30, ministrará palestra o promotor de Justiça Edson de Resende Castro, que abordará, sobretudo, propaganda eleitoral. À tarde, a partir das 14h, falará o promotor de Justiça Rodrigo López Zilio, sobre os ilícitos eleitorais, como compra de votos, condutas vedadas e movimentação irregular de recursos.

 

Pesquisar

Edison Silva

Blog da editoria Política, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

09h09mBardawil recorre ao TSE por candidatura ao Senado

09h09mVereador diz que acidentes de trânsito retiram recursos de outras áreas

09h09mEunício e Girão são os candidatos ao Senado que mais gastaram em campanha

09h09mNomes de profissões, apelidos e animais no apelo de candidatos por votos

09h09mParlamentares criticam o general Mourão

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs