Busca

Categoria: Presidência


15:56 · 06.07.2017 / atualizado às 16:42 · 06.07.2017 por

Por Adriano Queiroz

Eunício comandará o Brasil, enquanto o presidente da República, Michel Temer (os dois aparecem na foto acima), e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) estiverem cumprindo agenda no Exterior Foto: AFP

Ao assumir a Presidência da República na tarde desta quinta-feira (6), o presidente do Senado Federal, Eunício Oliveira (PMDB-CE), passou a ser o quinto cearense na história republicana brasileira a ocupar o posto máximo do Poder Executivo do País.

Eunício é atualmente o terceiro na linha sucessória presidencial e comandará o Brasil, enquanto o presidente da República, Michel Temer (PMDB-SP), e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) estiverem cumprindo agenda no Exterior.

>Eunício será o 4º a ocupar a Presidência da República em 14 meses

Temer viajou nesta quinta para Hamburgo, na Alemanha, onde participa, até sábado (8) da reunião de cúpula do G-20, grupo das 20 maiores economias mundiais. Já Maia tem compromissos na Argentina e só deve retornar ao País no domingo (9).

Antes de Eunício, outros quatro cearenses ocuparam a Presidência da República Foto: Beto Barata/PR/FotosPúblicas

Antes de Eunício, os outros cearenses que ocuparam a Presidência da República, foram: José Linhares, que governou interinamente entre outubro de 1945 e janeiro de 1946; Humberto Castelo Branco, primeiro presidente do regime militar, e que governou entre abril de 1964 e março de 1967 (ele viria a falecer cerca de 4 meses depois em um acidente aéreo); Paes de Andrade, que na qualidade de presidente da Câmara,assumiu o comando interino do País, por 11 vezes, entre os governos de José Sarney e Fernando Collor; e, mais recentemente, Mauro Benevides, que, assim como Eunício, era presidente do Senado quando precisou ocupar a chefia do Executivo em dezembro de 1992.

Eunício Oliveira é natural de Lavras da Mangabeira, tem 64 anos, e está na presidência do Senado desde 1º de fevereiro deste ano. Ele ocupa mandato na Casa Legislativa desde 1º de fevereiro de 2011. Antes, Eunício já foi deputado federal (1999-2011) e Ministro das Comunicações (2004-2005), do governo Lula.

Saindo do país em viagem a Hamburgo, na Alemanha, para participar da Cúpula do G20, Michel Temer passou o comando da Presidência da República interinamente ao presidente do Senado Eunício Oliveira (PMDB-CE). As informações da assessoria do Planalto são de que Temer transmitiu o cargo temporariamente logo antes de embarcar, por volta das 13h, no entanto, Eunício só passa a ser presidente oficialmente entre 15h e 16h. Rodrigo Maia, presidente da Câmara, que é o primeiro na linha sucessória, iria assumir o cargo, mas está em viagem na Argentina. Veja no vídeo o momento em que Temer passa o cargo a Eunício. #presidencia #temporaria #viagem #temer #eunicio #brasil #planalto #diariodonordeste #dn

Uma publicação compartilhada por Diário do Nordeste (@diariodonordeste) em

09:12 · 17.11.2016 / atualizado às 09:12 · 17.11.2016 por

 

Vereador Salmito Filho recebeu ontem o apoio de 33 vereadores para continuar como presidente da Câmara, a partir de 2017 Foto: Kid Júnior
Vereador Salmito Filho recebeu ontem o apoio de 33 vereadores para continuar como presidente da Câmara, a partir de 2017 Foto: Kid Júnior

O vereador Salmito Filho (PDT), presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, recebeu ontem o apoio de 33 vereadores para ser reeleito para mais um mandato de dois anos à frente do Legislativo da Capital cearense. A eleição dos novos dirigentes da Câmara acontecerá no dia 1° de janeiro, à tarde, momentos após a posse dos vereadores eleitos no pleito do último dia 2 de outubro. Salmito foi o coordenador político do prefeito Roberto Cláudio (PDT) junto aos candidatos a vereador neste ano.
Os 33 apoiadores da postulação de Salmito, atuais e novos vereadores, representam quase todas as bancadas partidárias que integrarão a Câmara a partir do próximo ano. Todos eles assinaram um documento comprometendo-se a votar no presidente Salmito, e ajudar na formação de uma chapa eclética para a composição do restante da Mesa Diretora.
Os vereadores e o prefeito reeleito, Roberto Cláudio, serão diplomados pela Justiça Eleitoral no dia 19 de dezembro, no Centro de Eventos de Fortaleza. A posse acontecerá no dia 1º de janeiro, no fim da tarde, diferentemente dos anos anteriores em que ela acontecia nas primeiras horas da manhã.
Após a posse dos vereadores, às 16 horas, acontecerá a eleição dos integrantes da nova Mesa Diretora. Só depois é que acontecerá, no mesmo plenário da Câmara Municipal, a posse do prefeito. Os mandatos dos vereadores e do prefeito são de 4 anos.
Consenso
Antes do atual mandato, Salmito Filho já foi presidente da Câmara Municipal, no início do segundo mandato da prefeita Luizianne Lins. Ele derrotou o candidato da prefeita, no dia da posse dela. Depois, no início do mandato do prefeito Roberto Cláudio, Salmito assumiu a Secretaria de Turismo da Prefeitura.
De lá ele saiu para ser eleito novamente presidente da Câmara, dessa vez sem disputa. Na bancada do seu partido, agora, é praticamente unanimidade para continuar como presidente. A partir de hoje, segundo ele, novos contatos serão mantidos com os demais vereadores de modo a permitir que a chapa a ser apresentada no dia da votação seja realmente de consenso.
A grande maioria dos vereadores que participaram do encontro de ontem oficializando apoio à candidatura de Salmito, é da base aliada do prefeito Roberto Cláudio. Alguns outros, mesmo formando do bloco de oposição, acordaram em reeleger o presidente da Câmara, na busca de evitar qualquer movimento de formação de outra chapa que possa dividir a Casa.
Antes da posse Salmito Filho ainda deve reunir todos os vereadores eleitos em outubro passado para transmitir informações sobre o funcionamento da Câmara, a documentação necessária para a posse, além de instruções sobre o Regimento Interno e a estrutura de funcionamento dos respectivos gabinetes já a partir de janeiro, embora as sessões só aconteçam a partir de fevereiro.

14:54 · 05.11.2015 / atualizado às 14:54 · 05.11.2015 por

Está na coluna Painel da Folha de S.Paulo desta quinta-feira a seguinte nota sobre uma possível candidato de Ciro Gomes à Presidência da República:

“Futuro O PDT tem trabalhado para filiar, em breve, o ex-ministro Mangabeira Unger. Integrantes do partido dizem que ele ajudará a montar a estrutura para a possível candidatura presidencial de Ciro Gomes em 2018.”

Mangabeira Unger já foi formatador de uma das candidaturas de Ciro à Presidência da República. Ele teve, há quem diga, forte influência na filiação de Ciro ao PDT, para ser candidato à sucessão da presidente Dilma Rousseff, pelo PDT.

10:16 · 06.09.2015 / atualizado às 10:53 · 06.09.2015 por
FOTO: Kléber A. Gonçalves
FOTO: Kléber A. Gonçalves

Ciro Gomes deve ser o candidato do PDT à presidência em 2018. Confome o colunista Ilimar Franco, do jornal O Globo, este é o desejo do presidente da sigla, Carlos Lupi. A ideia é que Ciro entre na corrida presidencial disputando o espaço da chamada 3ª via.

Segundo o colunista, os Ferreira Gomes devem desembarcar no PDT no próximo dia 16 de setembro, quando se filiarão à sigla. Acompanham os irmãos no movimento o prefeito Roberto Claudio; o presidente da Assembleia, Zezinho Albuquerque; e mais 79 prefeitos, dez deputados estaduais e dois federais.

14:44 · 11.12.2012 / atualizado às 14:44 · 11.12.2012 por

Foi demorada a conversa do presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Acrísio Sena, com o prefeito eleito de Fortaleza, Roberto Cláudio, em uma das dependências da Assembleia Legislativa, no fim da manhã e início da tarde de hoje. Acrísio saiu evitando comentar o que foi tratado no encontro. Ele continua sendo apontado como candidato à reeleição pela bancada do PT com o apoio de alguns outros vereadores. Antes de conversar com Roberto Cláudio, os comentários eram o de que ele tinha se encontrado com um grupo de aproximadamente 15 vereadores, adeptos de sua postulação.

O prefeito eleito, segundo correligionários seus, diz estar tranquilo quanto a unidade da sua base aliada em torno do nome do vereadoor Walter Calcante, para ser o próximo presidente da Câmara Municipal, a partir de 1º de janeiro do próximo ano.

14:06 · 15.11.2012 / atualizado às 14:06 · 15.11.2012 por

Os vereadores João Alfredo e Toinha Rocha, ambos do PSOL, têm dito a alguns colegas quando são abordados sobre a eleição da nova Mesa Diretora da Câmara Municipal de Fortaleza, que estão determinador a não votar, por não concordarem com algumas coisas. Segundo tem sido, nos bastidores da disputa pela presidência do Legislativo municipal, a partir de primeiro de janeiro, é que os dois até poderão votar, se imprescindível for para evitar a chegada àquele cargo de determinados vereadores.

10:12 · 12.11.2012 / atualizado às 10:12 · 12.11.2012 por

O governador Cid Gomes começa a conversar com os deputados da base aliada, começando pelos deputados do PSB, exceção da deputada Eliane Novais, para tratar da indicação do nome do candidato à presidência da Assembleia, cuja eleição ocorrerá na manhã do próximo dia 4 de dezembro.

Depois que o PSB definir o seu nome, o deputado Roberto Cláudio começa a conversar com os demais deputados visando um consenso para escolha dos demais integrantes da Mesa Diretora.  No PSB não há dúvidas quanto à indicação do nome do deputado José Albuquerque para ocupar o cargo de presidente. O deputado Sérgio Aguiar, há alguns dias, pede voto dos demais colegas para ser eleito o primeiro secretário da Casa. Os demais cargos ainda estão em aberto.

Um movimento criado por um grupo de ex-vereadores de Fortaleza, hoje deputados estaduais, para garantir espaço na nova composição da Mesa Diretora morreu pouco depois de nascer.