Busca

Categoria: Presidenciáveis


14:54 · 27.08.2018 / atualizado às 14:54 · 27.08.2018 por

A assessoria de comunicação do PT no Ceará divulgou, no início da tarde desta segunda-feira, a programação do candidato a vice-presidente da República, Fernando Haddad, em Fortaleza, na próxima sexta-feira (31). Intitulado “Haddad Manuela Camilo”, a agenda prevê uma caminhada, às 15h, com concentração na Praça da Bandeira, e encerramento, às 18h, com um ato político, na Praça do Ferreira.

Haddad é apontado como eventual substituto de Lula na chapa do PT, caso o ex-presidente seja declarado inelegível pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em virtude da Lei da Ficha Limpa. Lula está preso em Curitiba, após ter sua condenação confirmada pelo tribunal de segunda instância, no processo envolvendo o apartamento tríplex de Guarujá.

Já o candidato à Presidência da República pelo PSDB, Geraldo Alckmin, que também visita o Ceará na próxima sexta-feira, fará uma palestra na sede da Federação das Indústrias do Estado (FIEC), à noite, e, no sábado (1),  cumprirá agenda ao lado de seu correligionário, candidato ao Governo do Estado, general Theophilo, em Horizonte e em Caucaia.

10:04 · 26.08.2018 / atualizado às 17:04 · 26.08.2018 por

O Ceará entrará na rota de alguns presidenciáveis nesta semana, como já mostramos aqui, mas a próxima sexta-feira (31) vai ser bem agitada. Isso porque, além da visita do candidato à Presidência da República pelo PSDB, Geraldo Alckmin, o candidato a vice-presidente do PT, Fernando Haddad, também desembarcará no Estado.

A assessoria de imprensa da sigla petista ainda não tem detalhes da agenda de Haddad, apontado como provável substituto de Lula em eventual impugnação do registro de candidatura dele, uma vez que o ex-presidente está preso em Curitiba, condenado em segunda instância no processo envolvendo o tríplex de Guarujá.

Antes de Alckmin e Lula, o candidato a presidente da República, João Amôedo (NOVO), cumpre agenda no Ceará, na quarta-feira (29). Já o presidenciável, Jair Bolsonaro (PSL), segundo o diretório estadual da legenda, deve visitar novamente o Estado em setembro.

Ciro Gomes (PDT), principal concorrente de todos eles no Ceará, por ser o Estado onde faz política há muitos anos, esteve recentemente em Fortaleza, em duas oportunidades. Ele não tem agenda local para os próximos dias.

11:16 · 11.08.2018 / atualizado às 11:16 · 11.08.2018 por
Ciro Gomes e Kátia Abreu, do PDT, fizeram os mais recentes pedidos de registro de candidatura à Presidência e à Vice-Presidência da República, respectivamente, protocolados na sexta-feira (10) Foto: AFP

O fim do prazo para as convenções partidárias que definiram candidaturas à Presidência da República, entre outros cargos, acabou no domingo passado (5), mas até o momento apenas 5 dos 13 candidatos anunciados formalizaram o pedido de registro de candidatura, junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Os pedidos devem ser feitos até a quarta-feira (15).

Entre os que já protocolaram na Justiça Eleitoral a intenção de concorrer ao Palácio do Planalto estão os presidenciáveis Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSDB), Guilherme Boulos (PSOL), Cabo Daciolo (Patriota) e Vera Lúcia (PSTU). Seus respectivos vices, caso as chapas sejam aprovadas pelo TSE, serão Kátia Abreu (PDT), Ana Amélia (PP), Sônia Guajajara (PSOL), Suelene Nascimento (Patriota) e Hertz Dias (PSTU).

Além dos 10 pedidos de registro de candidaturas a presidente e vice-presidente, foram feitos 36 pedidos para  governador (e igual número a vice-governador), 64 para senador (além de 64 para 1º suplente e 65 para 2º suplente), 1.374 para deputado federal, 2.498 para deputado estadual e 239 para deputado distrital, totalizando 4.386 pedidos de registros de candidatura.

Embora, ainda tenham pouco mais de quatro dias para entrar com esse tipo de protocolo junto à Justiça Eleitoral, os 35 partidos brasileiros só pediram o registro de um número equivalente a 19,5% do total de candidaturas observado em 2014. Naquele ano, foram 22.384 pedidos feitos, dos quais 21.162 foram validados.

Entre os candidatos que já protocolaram seus pedidos de registro, apenas três já tiveram suas candidaturas analisadas, todos do Acre. Janaína Furtado e Júlio César, ambos da Rede Sustentabilidade, concorrerão aos cargos de governador e vice-governador, respectivamente. O candidato a segundo suplente de senador Max da Silva Teodoro, também da Rede, renunciou e teve o pedido de desistência acolhido pela Justiça Eleitoral.

Outras estatísticas

O partido que mais fez pedido de registro de candidaturas até a publicação desse post foi o PSOL, que protocolou 655 pedidos. Por outro lado, o PRTB foi o que menos pedidos fez à Justiça Eleitoral: apenas 11.

Entre os 4.386 pedidos de registro, 69,1% são de candidatos homens e 30,9% de candidatas mulheres. O perfil médio dos candidatos que já protocolaram seus pedidos é de casados (52,3%), com idade entre 45 e 49 anos (15,91%), de cor branca (57,3%), com nível de escolaridade superior (53%). Entre os que declararam profissão, o maior número é de empresários, que representam 10, 3% do total de candidatos que fizeram o pedido de registro eleitoral.

No Ceará, foram feitos 133 pedidos de registro de candidatura, sendo 98 para deputado estadual e 35 para deputado federal. Apenas 4 partidos, Novo, PCdoB, PROS e PTB já fizeram pedidos de registro de candidatura no Estado. Nenhum dos cinco nomes anunciados nas convenções para governador do Ceará fez o pedido de registro de candidatura junto à Justiça Eleitoral até a publicação desta postagem.

10:56 · 07.04.2018 / atualizado às 10:56 · 07.04.2018 por
Por Sérgio Ripardo
O  instituto Ipsos Brasil, um dos principais do País,  registrou, ontem, sexta-feira (6), no Tribunal Superior Eleitoral, que vai iniciar neste sábado (7) uma pesquisa nacional sobre as eleições presidenciais de outubro. Será o primeiro levantamento oficial registrado na Justiça eleitoral após a derrota do ex-presidente Lula, líder das intenções de votos nas últimas pesquisas, no Supremo e a ordem de prisão decretada pelo juiz Sérgio Moro.
Segundo o registro no TSE, serão 1.200 eleitores entrevistados em todo o Brasil, até a próxima quarta-feira (11). O resultado está previsto para ser divulgado no próximo dia 12 (quinta-feira da próxima semana). O custo informado para a realização das entrevistas é de R$ 105 mil.
No questionário a ser aplicado, são apresentados 18 nomes na corrida presidencial: Álvaro Dias, Ciro Gomes, Fernando Collor de Mello, Flávio Rocha, Geraldo Alckmin, Guilherme Boulos, Henrique Meirelles, Jair Bolsonaro, Jaques Wagner, João Amoêdo, Joaquim Barbosa, Levy Fidélix, Lula, Manuela D’Ávila, Marina Silva, Michel Temer, Paulo Rabello de Castro e Rodrigo Maia.
No Ceará, as pesquisas do Ipsos serão realizadas em bairros de Fortaleza (bairros de Antônio Bezerra, Centro, Messejana, Conjunto Ceará, José Walter e Parangaba) e no município de Russas, informou o Ipsos.