Busca

Categoria: Pressão


12:20 · 09.03.2017 / atualizado às 12:21 · 09.03.2017 por

Foi intensa a movimentação nesta manhã, na entrada do plenário da Assembleia Legislativa do Ceará, de juízes, servidores e concursados do Poder Judiciário, pressionando os deputados, com interesses diferentes, quanto à votação da mensagem do Poder Judiciário, em Regime de Urgência, criando próximo de 400 cargos para provimento em comissão, isto é, sem concurso público.

Os juízes queriam a aprovação do Regime de Urgência, os servidores eram contra, e os concursados pediam aos deputados para que matéria não fosse aprovada, antes que o Tribunal de Justiça os convocassem, pois foram aprovado em um concurso ainda em 2014, próximo a se vencer. Eles alegam que há cargos vagos no Judiciário e que a aprovação da criação dos cargos comissionados acabaria com a chance de alguns deles serem convocados.

O Governo tem compromisso com o Judiciário de aprovar a matéria. O pedido de Regime de Urgência foi apresentado pelo seu líder, deputado Evandro Leitão. Poucos deputados, da base oposicionista se posicionam contra a votação que acontecerá imediatamente após as discussões regimentais.