Busca

Categoria: Professores


09:58 · 29.08.2013 / atualizado às 09:58 · 29.08.2013 por

Por Georgea Veras

Segundo o vereador Ronivaldo Maia (PT), a Prefeitura de Fortaleza divulgou abertura de inscrição para a realização de seleção simplificada para contratar professores substitutos. O petista explica que os profissionais serão selecionados após avaliação do currículo, acreditando que, na verdade, as vagas serão preenchidas através de indicação. Conforme o petista, uma seleção justa e democrática deveria ter a aplicação de provas para a escolha dos candidatos.
Conforme Ronivaldo Maia, a seleção para a escolha dos diretores de escola teve indicação por parte do secretário de Educação, Ivo Gomes. O petista aponta que essas pessoas indicadas teriam participado da seleção, mas foram escolhidas não por seus méritos, mas porque receberam o aval do gestor da pasta.
Agora, na seleção para professores substitutos, que suprirão uma carência temporária do corpo docente efetivo, a seleção contará apenas com análise do currículo, que será feita, segundo Ronivaldo Maia, por uma coordenadoria designada pelo secretário. “Não tenho dúvidas que essa seleção será por indicação”, enfatizou.
Conforme o parlamentar, esse não é o primeiro “mal feito” que a atual gestão tem propiciado na área da educação. O vereador citou várias medidas tomadas pela Secretaria de Educação, que, na sua opinião, trouxeram repercussão negativa para o setor, como o rompimento do contrato com a Companhia de Transportes Coletivos (CTC), a redução do ano letivo, demissão de porteiros e vigilantes, mudança no funcionamento das creches, fechamento de bibliotecas, dentre outras.
O vereador Vaidon Oliveira (PSDC) também criticou a alteração no modelo de funcionamento das creches. Conforme o parlamentar, a ideia agora é que essas unidades funcionem em dois turnos, o que, na sua opinião, não atende aos pais, que, segundo explica, precisam que seus filhos permaneçam a manhã e a tarde na creche e não apenas um turno.
“No mundo do secretário Ivo isso pode ocorrer, mas no meu, no Serviluz, nas comunidades carentes, no mundo que talvez o secretário nem conheça, as pessoas precisam das creches para deixar os filhos lá e ir trabalhar. Dois horários não tem interesse. Essa creche de dois horários só no mundo do secretário”, ponderou.
A liderança do governo não comentou a seleção para professores substitutos, nem a possível mudança nos horários de funcionamento das creches. A vice-líder Cláudia Gomes (PTC) destacou as ações realizadas pelo atual governo na pasta da Educação, salientando os novos fardamentos, a compra de mais ônibus escolares e as melhorias na infraestrutura das escolas.