Edison Silva

Categoria: Propaganda na TV


10:10 · 23.09.2012 / atualizado às 10:10 · 23.09.2012 por

Os dez candidatos a prefeito de Fortaleza começam a apostar em novos temas durante horário eleitoral gratuito na televisão. Se saúde e educação eram temas predominantes nas propostas dos postulantes, agora, outras temáticas têm vindo à tona na Capital.
O candidato Roberto Cláudio (PSB), por exemplo, priorizou, na última semana, ações voltadas à juventude. Ele garante que irá criar centros de qualificação para 10 mil jovens e 25 mil vagas no cursinho Pró-Enem. Além disso, prometeu ampliar as áreas de lazer nos bairros de Fortaleza. Roberto Cláudio também continua afirmando que dará continuidade à construção dos Cucas, já iniciada pela Prefeitura de Fortaleza.
Já Elmano de Freitas (PT) focou os investimentos em educação e repetiu as propostas de duplicar o número de creches, ampliar a educação integral, criar centros de formação dos professores e promover inclusão digital. A presidente Dilma Rousseff apareceu, nesta semana, pela primeira vez em vídeo no horário eleitoral do petista, mas a gravação não faz referência direta a Elmano, e sim um pronunciamento da presidente.
O discurso de Heitor Férrer (PDT) tem sido direcionado à disputa entre a Prefeitura de Fortaleza e o Governo de Fortaleza. Com isso, o pedetista tem ressaltado a importância do “voto independente”. Inácio Arruda (PCdoB) alfinetou os candidatos “da máquina” ao afirmar que Dilma, Lula e Cid não sentarão na cadeira de prefeito. Ele também prometeu a criação de seis centros de tratamentos de dependência química e valorização do servidor público.
O postulante do PSDB, Marcos Cals, disse, em seu programa eleitoral, que criará o cartão Vida Melhor, que dará um complemento, além do Bolsa Família, para as famílias que vivem na extrema pobreza. O valor seria de R$ 70 por pessoa. Já o pleiteante André Ramos (PPL) promete criar uma companhia 100% pública do município para gerenciar a distribuição de água e esgoto, já que, segundo ele, a Cagece não dá conta dessas tarefas na cidade.
Moroni Torgan (DEM) continua investindo no tema da segurança, garantindo que criará a Guarda Comunitária, com cinco mil profissionais, sendo responsável pela vigilância 24h. Conforme o candidato declarou, o investimento necessário para a implementação dessa ação está orçado em R$ 40 milhões por ano. Moroni também garantiu a criação de seis clínicas de especialidades médicas e uma de fisioterapia próximas aos terminais de ônibus.
O candidato do PRTB, Valdeci Cunha, atacou a prefeitura, pela falta de celeridade na execução das obras, mas elogiou o Governo do Estado, enaltecendo a rapidez da obra do estádio Castelão. Francisco Gonzaga (PSTU) tem investido na proposição de conselhos populares para fazer auditorias nas ações executadas pela Prefeitura de Fortaleza.
Sempre com o discurso de uma “nova política”, Renato Roseno (PSOL) aposta no ataque mais direto a algumas ações da prefeitura e do governo estadual, como as remoções por conta da Copa do Mundo, construção do Acquário e áreas sem saneamento básico. O candidato também apresentou um vídeo da última greve dos professores da rede estadual, que ocuparam a Assembleia Legislativa com palavras de ordem contra o governador Cid Gomes.

14:46 · 22.08.2012 / atualizado às 14:46 · 22.08.2012 por

A primeira aparição dos dez candidatos à Prefeitura de Fortaleza, na propaganda eleitoral gratuita, na televisão, aconteceu agora à pouco. Seguindo a ordem definida no sorteio feito pelo juiz da propaganda eleitoral, o candidato Valdeci Cunha (PRTB) foi o primeiro a falar e a fazer críticas à administração da prefeita Luizianne Lins. Renato Roseno (PSOL) e Francisco Gonzaga (PSTU), também criticaram diretamente à administração municipal. Elmano de Freitas (PT) e Roberto Cláudio fizeram um programa contando suas trejetórias de vida e foram saudados pelas principais lideranças que os apoiam: Luizianne Lins, Ciro e Cid Gomes.  Elmano chegou a mostrar uma série de fotos e em uma delas ele aparece cumprimentando o ex-presidente Lula.

Moroni Torgan (DEM) também falou dele próprio e de seu desejo de ser prefeito da Capital, sendo esta a quarta vez que disputa a Prefeitura. Marcos Cals (PSDB) enfatizou sua posição de verdadeiro oposicionista e fez promessas para um seu futuro Governo. André Ramos (PPL) também apresentou-se ao eleitorado. Inácio Arruda (PCdoB), enfatizou a necessidade de mudança e Heitor Férrer (PDT) prometeu criar a Secretaria Municipal de Segurança. 

Os programas da televisão repetiram todas as falas dos programas que os candidatos apresentaram no rádio.

Pesquisar

Edison Silva

Blog da editoria Política, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

09h09mBardawil recorre ao TSE por candidatura ao Senado

09h09mVereador diz que acidentes de trânsito retiram recursos de outras áreas

09h09mEunício e Girão são os candidatos ao Senado que mais gastaram em campanha

09h09mNomes de profissões, apelidos e animais no apelo de candidatos por votos

09h09mParlamentares criticam o general Mourão

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs