Edison Silva

Categoria: Propósito


15:15 · 19.09.2018 / atualizado às 15:15 · 19.09.2018 por

A declaração do general Mourão, candidato a vice-presidente na chapa de Bolsonaro (PSL), de que famílias pobres “sem pai e sem avô” são “fábricas de desajustados” foi rechaçada por deputados, hoje, na Assembleia Legislativa.

Para Renato Roseno (PSOL), a fala de Mourão demonstra “a falta de bom senso” de alguém que quer ocupar a Presidência da República. O parlamentar criticou a candidatura de Bolsonaro que, segundo ele, tem como “único projeto para o País voltar ao passado”.

“Essas declarações que perfazem as chamadas guerras culturais elas têm determinado propósito: esvaziar a esfera pública, mas sobretudo, coesionam parcelas da sociedade. É bom ficar ligado, é importante que o ovo da serpente não seja chocado, o mundo não pode voltar aos anos 30”.

Pesquisar

Edison Silva

Blog da editoria Política, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

09h09mBardawil recorre ao TSE por candidatura ao Senado

09h09mVereador diz que acidentes de trânsito retiram recursos de outras áreas

09h09mEunício e Girão são os candidatos ao Senado que mais gastaram em campanha

09h09mNomes de profissões, apelidos e animais no apelo de candidatos por votos

09h09mParlamentares criticam o general Mourão

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs