Busca

Categoria: Protocolo


09:22 · 04.02.2014 / atualizado às 09:22 · 04.02.2014 por

A sessão solene que marca o início do Ano Legislativo, em qualquer Casa, seja no Congresso Nacional que reúne Senado e Câmara dos Deputados, seja nas Assembleias e Câmaras Municipais é para somente receber a mensagem de prestação de contas do respectivo chefe do Executivo. Se ele não for à sessão solene, manda um dos seus secretários com a mensagem. Quando ele leva, ele próprio faz a leitura do documento. Quando é um secretário, quem faz a leitura é o deputado ou vereador secretário da Mesa Diretora.

Ontem, na Assembleia Legislativa cearense e na Câmara Municipal de Fortaleza, o governador Cid Gomes e o prefeito Roberto Cláudio, ambos do PROS, quebraram o protocolo. O governador para instigar os deputados da oposição dizendo que os aguardava, na visita tratadicional de início de ano, ao Palácio da Abolição e lá responderia a todas as perguntas, esclarecia todas as dúvidas e questionamentos que eles tivessem. A verdadeira oposição, na verdade, nunca faz a visita.

Na Câmara Municipal, o prefeito Roberto Cláudio após ler sua mensagem, resolveu ficar no plenário daquela Casa para responder questionamentos dos vereadores. A sessão terminou quase no fim da tarde e a oposição se aproveitou. O prefeito chamou o vereador João Aldfredo de exibicionista e aproveitou as críticas da oposição ao seu Governo para atacar a administração da ex-prefeita petista Luizianne Lins.