Edison Silva

Categoria: Reação


17:49 · 25.10.2017 / atualizado às 17:56 · 25.10.2017 por

Por Renato Sousa

O líder da bancada do PT na Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor), Guilherme Sampaio, foi à tribuna da Casa na manhã desta quarta, 25, para criticar a atuação do Congresso Nacional em relação à denúncia feita pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer (PMDB) por organização criminosa e obstrução da Justiça. “O Congresso Nacional vai na direção contrária de 97% dos brasileiros, que desejam não só que Michel Temer seja investigado, mas que seja apeado do poder”, diz, prevendo que o plenário da Câmara Baixa deveria negar o pedido do Ministério Público. Na avaliação dele, a expectativa é de que a população responda a este descompasso nas eleições do ano que vem. “Estamos aproximando-nos de um momento em que a resposta do povo será clara e forte, pelo menos, na minha avaliação”, declara o parlamentar. Sampaio espera que essa resposta leve a uma grande renovação dos quadros do Legislativo da União.

O vereador afirmou que, aparentemente, os parlamentares esquecem que precisam do apoio popular. Para ele, isso seria exatamente o contrário do que faz Lula (PT), ex-presidente e pré-candidato ao Palácio do Planalto no ano que vem. “Tenho certeza que o presidente Lula, que é alvo de muito afeto, mas também de muita rejeição de parte da sociedade brasileira, pode ter muitas limitações. Entretanto, se tem uma coisa da qual ele não tem medo é de povo”, declara. Ele exaltou a série de viagens que o presidenciável faz este mês pelo interior de Minas Gerais. Para o petista, as imagens da caravana demonstram que Lula ainda atrai expressivo apoio popular.

O petista também parabenizou seu correligionário pela decisão de, caso eleito, submete a consulta popular as principais medidas aprovadas pelo governo Temer, como a reforma trabalhista, as mudanças nas regras de exploração do petróleo da camada pré-sal e a emenda constitucional que instituiu um teto de gastos para a União. “Mais uma vez, Lula está certo. Ele está onde sempre esteve: ao lado do povo”, diz.

De acordo com Sampaio, o comportamento dos parlamentares em relação ao presidente é explicado por corporativismo. Segundo ele, trata-se de “um conjunto de parlamentares que olha para a Operação Lava Jato e vê a fila que leva à cadeia, e, ao salvar o presidente, pensa em sua própria salvação”. O vereador avalia que esse comportamento leva o país a uma crise institucional e uma crise econômica, que o parlamentar avalia que ainda não arrefeceu. “Só quem celebra recuperação são os grandes empresários”, diz. Neste aspecto, ele avalia que o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) – que classifica como um “golpe” – não cumpriu sua promessa de solucionar a crise econômica. “Hoje, com milhões de desempregados, estão cortando os gastos sociais do governo, o Bolsa Família, as bolsas nas universidades para os filhos dos trabalhadores…”, declara.

O parlamentar também avalia que as provas que existem para uma eventual destituição de Michel Temer são muito mais consistentes do que às que levaram à queda da petista. Ele cita as gravações entregues à PGR pelo empresário Joesley Bastista, que registrou conversas com o presidente que, de acordo com Sampaio, “não foram nada republicanas”. Sampaio declara o presidente deverá ser salvo por deputados que são  “os mesmos que fizeram discursos inflamados em nome de suas igrejas e de suas famílias contra uma presidenta que, até hoje, não teve apresentada contra si nenhuma prova objetiva nem parecida com essas filmagens”. De acordo com o parlamentar, tudo o que existe contra Rousseff  limita-se a “diz-que-me-diz de delator que, para escapar da cadeia, fala o que o Ministério Público quer”.

 

 

Pesquisar

Edison Silva

Blog da editoria Política, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

09h09mBardawil recorre ao TSE por candidatura ao Senado

09h09mVereador diz que acidentes de trânsito retiram recursos de outras áreas

09h09mEunício e Girão são os candidatos ao Senado que mais gastaram em campanha

09h09mNomes de profissões, apelidos e animais no apelo de candidatos por votos

09h09mParlamentares criticam o general Mourão

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs