Edison Silva

Categoria: Reaproximação


09:40 · 31.03.2018 / atualizado às 09:40 · 31.03.2018 por

O deputado federal Adail Carneiro tinha audiência marcada com o governador Camilo Santana (PT) e o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, provocada, tanto uma quanto a outra, pelo presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira, com o conhecimento da direção estadual da sigla, na tentativa de manter o deputado filiado ao PP e ser candidato à reeleição, fortalecendo a chapa federal da agremiação para a eleição de três deputados federais ou até quatro.

Adail está distanciado do grupo governistas desde o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. Ele estaria certo de votar contra o afastamento da presidente mas, de última hora, mudou de posição, atendendo a orientação do próprio partido. Pelo voto pela saída de Dilma ele ganhou o comando do partido no Ceará, mas ficou  afastado dos governos estadual e municipal.

Como a maioria do partido ficou com o Governo, não demorou muito para que Adail fosse afastado, pelas forças locais, da presidência do PP, situação que passou a definitiva após algumas decisões judiciais e a eleição do diretório estadual da agremiação.

Pesquisar

Edison Silva

Blog da editoria Política, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

09h09mBardawil recorre ao TSE por candidatura ao Senado

09h09mVereador diz que acidentes de trânsito retiram recursos de outras áreas

09h09mEunício e Girão são os candidatos ao Senado que mais gastaram em campanha

09h09mNomes de profissões, apelidos e animais no apelo de candidatos por votos

09h09mParlamentares criticam o general Mourão

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs