Edison Silva

Categoria: Rombo


16:01 · 03.10.2017 / atualizado às 16:55 · 03.10.2017 por
O documento do Governo encaminhado à Assembleia pelo secretário da Fazenda, Mauro Filho, foi oficialmente apresentado aos deputados na sessão ordinária desta manhã Foto: José Leomar

O governador Camilo Santana comunicou, oficialmente, aos deputados estaduais cearenses, ter liberado do Tesouro estadual para cobrir o déficit da previdência, até o mês de agosto, a importância de R$ 1.027.477.528,20 ( um bilhão e vinte e sete milhões, quatrocentos e setenta e sete mil, quinhentos e vinte e oito reais e vinte centavos). Quando juntar os meses de setembro, outubro, novembro e dezembro, o rombo previdenciário nas contas do erário estadual chegará a R$ 1,5 bilhão.

Esses recursos saídos do Tesouro, segundo o governador, foram para “a cobertura da insuficiência financeira até agosto/2017, sendo: R$ 869.869.501,13 ( oitocentos e sessenta e nove milhões oitocentos e sessenta e nove mil e quinhentos e um reais e treze centavos) para o Fundo Financeiro FUNAPREV”, dos servidores civis. O restante, R$ 157.608.027,07 (cento e cinquenta e sete milhões, seiscentos e oito mil e vinte e sete reais e sete centavos) para o Fundo Financeiro PREVMILITAR” do grupo militar, envolvendo policiais e bombeiros.

O documento do Governo encaminhado à Assembleia pelo secretário da Fazenda, Mauro Filho, foi oficialmente apresentado aos deputados na sessão ordinária desta manhã. Essas informações sobre a arrecadação e os gastos da administração estadual são uma obrigação constitucional que o governante tem cumprir a cada dois meses.  O agora conhecido é referente ao quarto bimestre do ano.

 

14:46 · 08.05.2017 / atualizado às 14:46 · 08.05.2017 por

O Governo do Estado do Ceará, mesmo com as alterações já efetivadas no seu  Sistema Previdenciário, está prevendo para o próximo ano um  rombo de R$ 1.601.657.532,00, pouco mais de R$ 150.000,000,00 em relação a este ano, com o déficit projetado para R$ 1.444.397.850,00.

Os números apresentados aos deputados estaduais cearenses, no projeto sobre as Diretrizes Para a Elaboração da Lei Orçamentária Anual a ser executada em 2018. Segundo os dados oficiais, as receitas previdenciárias para 2018 são da ordem de R$ 1.276.675.796,00, para uma despesa de R% 2.878.333.328,00.

Segundo o documento do Governo cearense, “Tais despesas crescem na medida em que o grupo de aposentados aumenta, decrescendo posteriormente quando a mortalidade desse grupo se torna mais significativa, com a idade avançada, em relação ao surgimento de novos aposentados provenientes do grupo de ativos então decrescente”.

Pesquisar

Edison Silva

Blog da editoria Política, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

09h09mBardawil recorre ao TSE por candidatura ao Senado

09h09mVereador diz que acidentes de trânsito retiram recursos de outras áreas

09h09mEunício e Girão são os candidatos ao Senado que mais gastaram em campanha

09h09mNomes de profissões, apelidos e animais no apelo de candidatos por votos

09h09mParlamentares criticam o general Mourão

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs