Busca

Categoria: Ronda do Quarteirão


10:54 · 23.11.2014 / atualizado às 10:54 · 23.11.2014 por

Já está em poder do governador eleito, Camilo Santana (PT), o documento elaborado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) do Ceará, sobre a realidade de três setores da administração estadual: Segurança, Educação e Infraestrutura. O trabalho, denominado “Retratos do Brasil – O Ceará na visão do Tribunal de Contas do Estado” faz parte de uma ação do Tribunal de Contas da União, com o envolvimento de todos os Tribunais de Contas estaduais, com vistas a advertir aos futuros governadores, que tomarão posse no dia 1º de janeiro, para alguns pontos das suas futuras administrações.

O TCE identificou, ao menos, 19 “possíveis deficiências/fraquezas no programa RONDA”. Elas (deficiências/fraquezas) vão desde a formação do militar, passa pela insuficiência de homens para atender às necessidades, jornada de trabalho desestimulante para os policiais, desvirtuamento da filosofia de policiamento comunitário, suspensão do policiamento feito por motocicleta, falta de integração do Sistema de Segurança Pública Estadual, ausência de uniformização de conceitos e doutrinas, além do “elevado índice de viaturas em manutenção”, e “Recursos financeiros insuficientes”.

Após apontar as falhas, o trabalho do TCE faz algumas recomendações para a melhoria dos serviços. Na primeira delas sugere que a Polícia Militar “elabore estudo de viabilidade econômica para as viaturas cuja garantia oferecida pelo fabricante esteja vencida, de forma a demonstrar a opção mais vantajosa, quais sejam: realizar a manutenção ou substituir as viaturas”

Sugere ainda que oriente as equipes do Ronda a realizar atividades inerentes a prática do policiamento comunitário. E recomenda “que a Polícia Militar elabore plano anual de capacitação para os policiais do Ronda, que atenda as carências identificadas, especialmente nas disciplinas que tratam da Técnica Policial Militar e Prática de Tiro”