Busca

Categoria: Sebosas


13:59 · 11.04.2018 / atualizado às 13:59 · 11.04.2018 por

O vereador Daniel Borges (PR) foi à tribuna da Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor) na manhã desta quarta, 11, para defender o direito ao porte de arma de fogo por vigilantes. Segundo ele, atualmente, esse direito só é garantido aos profissionais em horário de serviço, o que seria um exemplo “das contradições que temos em nosso País”. De acordo com ele, os profissionais têm dificuldade de obter o direito mesmo cumprindo as exigências feitas pela Polícia Federal.

De acordo com Borges, que é presidente do Sindicato dos Vigilantes (Sindvigilantes-CE),  a regra atual expõe os vigilantes a riscos. “Por muitas vezes, o trabalhador evita um assalto em serviço e, no caminho de casa, é assassinado por essas almas sebosas que vêm afetando não apenas nossa cidade, mas o Brasil inteiro”, declara o republicano.