Busca

Categoria: Secretarias


12:14 · 29.11.2014 / atualizado às 12:14 · 29.11.2014 por

Com a proximidade da conclusão dos trabalhos da equipe de transição de Governo, o governador eleito Camilo Santana (PT) afirmou, ontem, que não pretende aumentar o número de secretarias do Governo. Ele não descarta, entretanto, fundir, dividir ou até mesmo excluir determinadas pastas, mas aponta que tudo ainda será discutido pela equipe formada. Segundo afirmou, a definição da formatação do Governo será definida até 31 de dezembro.
Camilo afirmou que pretende finalizar, na próxima terça ou quarta-feira (3), os encontros que iniciou com as secretarias na terça-feira da semana passada (18). “É o momento de sentar a equipe de transição para fazer uma avaliação e começar a traçar as diretrizes de medidas que serão tomadas a partir de janeiro. Vamos ter agora nos dias 2, 3 e 4 de dezembro o seminário para a consolidação do plano de governo, um documento importante, que vai ser referência para os próximos quatro anos”, destacou.
Ele admitiu ainda haver uma preocupação em relação ao próximo ano de contenção de gastos, principalmente após o anúncio da realização de cortes pelo novo ministro da Fazenda, Joaquim Levy. “O Estado aumentou muito os equipamentos públicos, o que aumentou o custeio. Portanto, precisamos nos preparar para qualquer cenário. Apesar de o Estado estar bem, equilibrado, precisamos nos preparar e relacionar a situação para 2015 diante dos compromissos que assumi na campanha”.