Busca

Categoria: Secretário do DEM


10:13 · 05.02.2013 / atualizado às 10:13 · 05.02.2013 por

Número de terceirizados bem maior do que o necessário, dívidas não empenhadas, contratos sem licitação e relógio de ponto quebrado. Essa foi parte da situação em que o novo secretário de Desenvolvimento Econômico de Fortaleza, Robinson de Castro, encontrou a Pasta entregue pela gestão anterior. Apesar dos problemas, o gestor garante que, até o fim de fevereiro, deve organizar a secretaria, para iniciar projetos que incrementem principalmente a área de desenvolvimento.
“A maioria dos terceirizados que nós encontramos estavam trabalhando em atividades da secretaria em que não se costuma terceirizar pessoas. Desses que estavam lá, bastava 50%”, afirmou Robinson de Castro, sem, no entanto, informar números. Segundo ele, a nova gestão já vem trabalhando, desde que assumiu, no saneamento dessas irregularidades e na promoção das mudanças necessárias, para que possa implantar um novo modelo de gestão na Pasta.
Uma das mudanças previstas é transferir a área de capacitação para a Secretaria de Trabalho, Desenvolvimento e Combate à Fome. De acordo com Robinson de Castro, a nova administração pretende estruturar e incrementar principalmente a área de desenvolvimento econômico, que será o foco principal da Pasta. “Isso não existia antes. Na gestão anterior, era só política de emprego e renda”, pontua.
O secretário afirma que, para isso, será contratado novo corpo técnico e criada uma agência de desenvolvimento do Município, que, articulada com as outras secretarias da Prefeitura, será responsável por atrair novos investimentos para a cidade, “gerando renda e tributos e mudando o perfil da Secretaria”. Segundo ainda Robinson, outra mudança será melhorar o controle interno da Pasta, “para começar a medir resultados e trabalhar com metas”.