Busca

Categoria: Sucessão municipal


08:51 · 17.08.2016 / atualizado às 08:51 · 17.08.2016 por
Luizianne Lins e Elmano de Freitas, candidatos a prefeita e vice pelo PT, respectivamente, caminharam pelas ruas do Centro Foto: José Leomar
Luizianne Lins e Elmano de Freitas, candidatos a prefeita e vice pelo PT, respectivamente, caminharam pelas ruas do Centro Foto: José Leomar

Por Antonio Cardoso

Com o tempo de campanha reduzido pela metade, os candidatos à Prefeitura de Fortaleza não pretendem perder tempo e, ontem, quando foi dada a largada em busca dos votos dos fortalezenses, o dia foi movimentado para os concorrentes.

Na Praça da Justiça, antiga Praça do BNB, no Centro, a movimentação começou por volta das 8h, horário marcado para iniciar a primeira caminhada da candidata do PT, Luizianne Lins. Ronaldo Martins, postulante do PRB, também escolheu o Centro como ponto de partida da campanha.

A petista chegou com mais de duas horas de atraso à atividade. Eram 10h15, quando ela surgiu no banco de carona do fusca vermelho que é símbolo de sua campanha. No banco de trás estavam Elmano de Freitas, candidato a vice-prefeito na chapa do PT, e a mãe de Luizianne, Luíza Lins, que, mesmo filiada ao PMDB, deixa claro que vai apoiar a candidatura da filha, não seguindo a orientação do partido, que na Capital está ao lado do Capitão Wagner (PR).

Críticas

A primeira ação de campanha da petista não teve material de divulgação como panfletos e santinhos; apenas carro de som e bandeiras vermelhas com o número 13. Em entrevista coletiva, Luizianne afirmou ter colocado o nome na disputa para retomar programas sociais que foram encerrados pelo atual gestor, o candidato do PDT, Roberto Cláudio, olhando de forma sistemática para a Saúde. “Sabemos que houve desmonte completo e absoluto. A Saúde não é coisa simples que dê para fazer firula”, criticou.

Ela também destacou que priorizará a construção de novos CUCAs e a execução do projeto de revitalização da Beira-Mar.
Questionada sobre como sua campanha pretende readquirir a confiança dos fortalezenses, neste momento de crise política, Luizianne reconheceu que, no Brasil, “a política está muito criminalizada”. “Isso é muito difícil e por isso buscamos símbolos. A ideia, por exemplo, do fusca, para nós é simbólica, funciona como mascote para a gente dizer que quer um governo que dialogue com a cidade como todo”, explicou.

Ronaldo Martins, postulante pelo PRB, também escolheu o Centro da Capital como ponto de partida da campanha. Ele discursou a ambulantes e transeuntes Foto: José Leomar
Ronaldo Martins, postulante pelo PRB, também escolheu o Centro da Capital como ponto de partida da campanha. Ele discursou a ambulantes e transeuntes Foto: José Leomar

Pontual

Quem também iniciou a campanha com caminhada pelas ruas do Centro de Fortaleza foi Ronaldo Martins (PRB). Ao lado de Nina Carvalho, candidata a vice, ele foi pontual e chegou à Praça José de Alencar às 9h30. Houve distribuição de santinhos com foto e número do candidato na frente e, no verso, dez propostas, assinadas como “Compromissos de Ronaldo 10”.

Em entrevista ao Diário do Nordeste, Ronaldo Martins fez questão de destacar a sua intenção de acabar com as regionais, que em Fortaleza, segundo ele, funcionam como subprefeituras. “Vamos descentralizar e criar 119 ouvidorias nos bairros. A Prefeitura estará perto da população. A ideia é descentralizar e enxugar a máquina pública”, enfatizou o candidato.

Capitão Wagner caminhou, no meio da tarde de ontem, com correligionários, o vice Gaudêncio Lucena e familiares no Bairro João XXIII Foto: JL.Rosa
Capitão Wagner caminhou, no meio da tarde de ontem, com correligionários, o vice Gaudêncio Lucena e familiares no Bairro João XXIII Foto: JL.Rosa

Região

O candidato do PR à prefeitura de Fortaleza, Capitão Wagner, fez campanha ontem à tarde no bairro João XXIII, onde passou a infância e a juventude. Ele estava acompanhado de Gaudêncio Lucena (PMDB), vice em sua chapa.

De manhã, ele participou da sessão da Assembleia. Um carro de som puxava o jingle da campanha “A Capital está com o Capitão”, que narra um pouco da história do candidato e de sua relação com aquela região da cidade. Wagner chegou ao local por volta das 15h50. Os simpatizantes da candidatura do deputado estadual vestiam branco, em sua maioria, e uma faixa na mesma cor foi estendida na praça, simbolizando a paz e em sintonia com um dos temas mais identificados com a trajetória política do republicano, a segurança pública.

Falta de confiança do eleitor

“Eu não acredito mais na política, embora saiba que dependemos dela e dos políticos que têm o poder. A cada eleição, esperamos por melhorias, mas entra e sai prefeito e permanece a mesma coisa”

Francisca Batista, 54 anos
Vendedora ambulante

“Tem gente se candidatando apenas para colocar dinheiro no bolso, sem se importar sequer com a Lei da Ficha Limpa. Esta eleição é grande oportunidade de escolher quem entra e quem sai desse meio tão importante”

Jovito Alex, 25 anos
Comerciante

19:58 · 23.05.2016 / atualizado às 19:58 · 23.05.2016 por
Foto: Fabiane de Paula
Entre os principais objetivos dos testes, segundo o TRE-CE, está a avaliação do desempenho alcançado pelos sistemas de totalização de votos, durante o processo de transmissão dos arquivos de urna eletrônica Foto: Fabiane de Paula

Por Adriano Queiroz

A pouco menos de quatro meses e meio das eleições municipais, o Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) está sediando o primeiro Teste de Desempenho dos Sistemas de Totalização, que acontece entre esta segunda (23) e a quarta-feira.

De acordo com o TRE-CE, o teste terá a participação de dez servidores do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O objetivo, ainda segundo o TRE-CE, é avaliar o desempenho alcançado pelos sistemas de totalização de votos, durante o processo de transmissão dos arquivos de urna eletrônica, processamento dos arquivos pelo RecArquivos, execução de totalizações, geração dos arquivos de divulgação e acompanhamento no TRE.

Também conforme o tribunal, serão igualmente avaliadas atividades, como consultas na zona eleitoral, tratamento de pendências e consultas às rejeições.

Além do apoio técnico do TSE, o TRE-CE contará com a participação de servidores de zonas eleitorais do interior do Ceará.

Calendário eleitoral

O primeiro turno das eleições municipais de 2016 acontecerá no dia 2 de outubro. Nos municípios em que houver segundo turno, a disputa entre os dois candidatos mais bem votados no turno anterior acontecerá no dia 30 de outubro.

Para que ocorra o segundo turno, é preciso que o município tenha mais de 200 mil eleitores aptos a votar e que na votação do primeiro turno, nenhum candidato obtenha mais de 50% dos votos válidos.

No estado do Ceará, até o pleito de 2012, apenas o município de Fortaleza era apto para a realização de eventuais segundos turnos.

Contudo, no dia 29 de janeiro de 2014, conforme noticiou o Diário do Nordeste , o município de Caucaia ultrapassou a marca de 200 mil eleitores.

Até o fim de março deste ano, Caucaia já contava com 210 mil eleitores habilitados para votar.

Com informações: TRE-CE

12:32 · 04.03.2016 / atualizado às 12:32 · 04.03.2016 por

Depois do jantar de adesão ontem à noite, em Fortaleza, onde vários liderados do ex-governador Cid Gomes se filiaram ao PDT, hoje pela manhã, em Sobral, aconteceu a filiação ao mesmo PDT do deputado estadual Ivo Gomes. É que ele tem pretensão de disputar a Prefeitura do Município e decidiu se filiar na cidade. Parte da  cúpula nacional do PDT e os principais dirigentes do partido no Ceará prestigiaram o evento.

Enquanto isso, na Capital, dirigentes do PSD e do PMB organizam um encontro para o recebimento de novas filiações, inclusive com a presença do ministro das Cidades, Gilberto Kassab, cuja chegada ao Ceará está prevista para o meio da tarde desta sexta-feira. Depois do evento de Fortaleza, Kassab vai ao Interior com a mesma finalidade, a de abonar novas filiações

12:48 · 06.09.2015 / atualizado às 14:34 · 06.09.2015 por
Recentemente, Carlos Lupi esteve no Ceará apoiando ida do grupo para o PDT. FOTO: JOSE LEOMAR
Recentemente, Carlos Lupi esteve no Ceará apoiando ida do grupo para o PDT. FOTO: BRUNO GOMES

Até o próximo dia 28 de setembro, a maior parte do grupo liderado pelos irmãos Ciro e Cid Gomes deve estar filiada ao Partido Democrático Trabalhista (PDT) no Ceará. No dia 17 de outubro ocorrerá a convenção partidária para a constituição dos diretórios municipais e estadual, onde o prefeito Roberto Cláudio pode ser conduzido à presidência da sigla em Fortaleza.

O ex-deputado federal Ciro Gomes se filia antes, no dia 16 de setembro, em Brasília, na presença da cúpula do PDT na Capital Federal, conforme informações de membros do grupo no Estado e do próprio presidente estadual da sigla, o deputado federal André Figueiredo. No Ceará, o encontro deve ocorrer no Hotel Romanos, no bairro Messejana, onde comumente tem ocorrido os eventos do grupo.

De acordo com informações, alguns pontos ainda precisam ser resolvidos, e isso deve acontecer até a próxima quarta-feira. Pelo menos cinco municípios, dos 31 que tinham problemas de conciliação, ainda seguem sem acordo. O ato de filiação, segundo membros do grupo, ocorre dia 28 próximo, e no dia 17 de outubro a criação dos diretórios municipais. Ainda não houve qualquer discussão sobre Roberto Cláudio presidir o partido na Capital, mas, naturalmente, ele deve ser indicado, visto que é o prefeito de Fortaleza.

Até o final do mês será nomeada uma comissão provisória que vai funcionar até instalação dos diretórios municipais. Desde 1985 que o PDT no Ceará funciona através de diretórios.  O presidente do partido no Ceará, André Figueiredo, afirmou que desde o início da semana que viaja pelo Interior do Estado para tratar dos últimos detalhes em relação aos municípios onde não há confrontos. No entanto, ressaltou que em algumas cidades não há qualquer possibilidade de diálogo, visto que as lideranças locais são adversários políticos históricos. Neste caso, siglas amigas serão o destino para esses dirigentes.

“Estou viajando na região do Cariri, Centro Sul e Sertão Central, O processo está sendo feito de forma tranquila e serena. Já estive com o deputado (José) Sarto na sexta-feira, com companheiros de Acopiara, e ontem estive com o (ex-deputado) Sineval Roque, no Crato, para fazer alguns ajustes. Existem alguns problemas que não são ajustáveis, porque são grupos adversários que vão ser deslocados para outros partidos”, disse Figueiredo.

O objetivo do grupo é indicar um nome para presidente em 2018

Cid diz que apoia Ciro e Ciro aposta no nome do irmão. FOTO: KLEBER A. GONÇALVES
Cid diz que apoia Ciro e Ciro aposta no nome do irmão. FOTO: KLEBER A. GONÇALVES

Com a ida do grupo para o PDT, a sigla trabalhista se tornará o maior partido no Estado do Ceará, com pelo menos 79 prefeitos, onze deputados estaduais e, possivelmente, quatro deputados federais. Além do prefeito da Capital, o partido terá ainda o presidente da Câmara Municipal de Fortaleza como filiado e o presidente da Assembleia Legislativa.

O objetivo do grupo, em consenso com a presidência do PDT, é indicar um nome à Presidência da República em 2018, no fim do segundo mandato da presidente Dilma Rousseff. Os nomes de Ciro e Cid Gomes são até então os indicados, mas não há uma certeza sobre quem poderá ser a indicação pedetista entre os dois. Recentemente, Carlos Lupi, presidente do partido em nível nacional, esteve em Fortaleza para garantir apoio à ida do grupo para a sigla.

09:08 · 02.01.2015 / atualizado às 09:09 · 02.01.2015 por

politica

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, esteve na manhã desta quinta-feira acompanhando a solenidade de posse do governador Camilo Santana, e na ocasião disse que não deve encaminhar para a Câmara Municipal matérias de grandes mudanças nos primeiros dias de retorno dos trabalhos legislativos. Segundo ele, mensagens realizando apenas pequenas mudanças e remanejamento de pessoal deve ser feita.

PT

O gestor afirmou ainda que, em relação ao Governo do PT no Estado do Ceará, sempre apoiou e teve proximidades com o ex-presidente Lula e com a presidente Dilma Rousseff. Para ele, a divergência do PT de Fortaleza é apenas local, isso é apenas resquício da eleição de 2012.

“Vamos ver com o tempo o que pode acontecer. O essencial agora é trabalhar para as pessoas, pois a administração é que mais me ajuda a continuar conversando com todos os aliados e oposição”, disse Roberto Cláduio.

16:10 · 20.12.2012 / atualizado às 16:10 · 20.12.2012 por

O Ministério Público do Estado do Ceará protocolou recurso contra a diplomação do prefeito eleito de Boa Viagem, Fernando Antônio Vieira Assef. Conforme justifica o promotor Rubem Machado, Assef teve contas de gestão referentes ao exercício do ano 2000 desaprovadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e pela Câmara Municipal de Boa Viagem e, portanto, estaria inelegível pelas determinações da Lei da Ficha Limpa.

Segundo aponta o MP Estadual,  Fernando Antônio Vieira Assef teria deixado de aplicar o percentual mínimo de 25% da arrecadação de impostos na área da Educação. Além disso, teria descumprido a Lei de Responsabilidade Fiscal por realizar despesas de R$ 138.306 nos últimos meses de mandato sem ter deixado disponibilidade em caixa para o gestor seguinte.

Fernando Antônio Vieira Assef teve o registro de candidatura indeferido pelo Tribunal Regional Eleitoral do Ceará, porém recorreu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Na Corte Superior, a ministra Laurita Vaz concedeu o registro de candidatura em decisão monocrática.

13:04 · 27.10.2012 / atualizado às 13:04 · 27.10.2012 por

No dia em que os eleitores fortalezenses vão às urnas para escolher o próximo prefeito da Capital, os candidatos ao cargo têm o dia marcado por encontros com apoiadores e visitas aos colégios eleitorais.

O postulante do PT, Elmano de Freitas, inicia este domingo com um café da manhã, no restaurante Tamarindo, para reunir parlamentares que apoiam sua candidatura e a prefeita Luizianne Lins. Em seguida, por volta das 10h da manhã, segue para a Assembleia Legislativa do Ceará, seu local de votação. A partir das 11h, o candidato programa visitar alguns colégios eleitorais na Capital cearense.

Já o candidato do PSB, Roberto Cláudio, logo no início da manhã, às 9h, votará no Colégio Batista Santos Dumont.

 

 

11:01 · 21.10.2012 / atualizado às 11:01 · 21.10.2012 por

Confira a programação dos candidatos à Prefeitura de Fortaleza neste domingo:

ELMANO DE FREITAS (PT)
7:30: Carreata. Concentração: Avenida Juscelino Kubitschek com Avenida Perimentral (entre a Chesf e a Avenida Dedé Brasil). Previsão de chegada do candidato: 9h30min.

ROBERTO CLÁUDIO (PSB)
7:00 – Feira de Messejana
13:00 – Gravação de programa eleitoral
19:00 – Comício Bom Jardim

 

11:00 · 05.08.2012 / atualizado às 11:00 · 05.08.2012 por

Nas dez cidades cearenses com menor número de eleitores, os candidatos a prefeito prefendem gastar R$ 95,15 por eleitor, valor 72% maior que os postulantes nos dez menores colégios eleitorais do Estado, que estimam um dispêndio de R$ 55,35 por eleitor. O custo da campanha eleitoral varia bastante de município para município. Sem normas mais rígidas sobre o financiamento das campanhas, os valores oscilam mesmo nas pequenas cidades.

 

Confira o custo de campanha por eleitor:

10 municípios cearenses com maior número de eleitores

Fortaleza – R$ 37,00
Caucaia – R$ 192,90
Juazeiro – R$ 24,70
Maracanaú – R$ 152,50
Crato – R$ 85,00
Itapipoca – R$ 53,30
Maranguape – R$ 34,99
Iguatu – R$ 35,60
Crateús – R$ 33,00
Morada Nova – R$ 45,50

10 municípios cearenses com menor número de eleitores

Potiretama – R$ 117,48
Granjeiro – R$ 130,88
Ererê – R$ 78,00
Senador Sá – R$ 214,44
Baixio – R$ 50,87
Guaramiranga – R$ 129,34
Pacujá – R$ 48,45
Itaiçaba – R$ 62,71
Umari – R$ 67,72
General Sampaio – R$ 79,64

 

12:32 · 20.06.2012 / atualizado às 12:32 · 20.06.2012 por

O líder do PTN na Câmara Municipal de Fortaleza, Alípio Rodrigues, descarta os rumores de que seu partido estaria conversando com o PSB para as eleições municipais deste ano. O vereador declara que o PTN já tem acordo fechado com a prefeita Luizianne Lins, e é “apoio certo” ao candidato Elmano de Freitas (PT).

“Não existe nenhuma resolução em outro sentido. Nós não conversamos com ninguém, e já temos acordo fechado com a prefeita. Nós somos PT”, declara. Segundo Alípio, o partido se prepara para lançar chapa no próximo dia 30, entre 112 pré-candidatos a vereador no Município.

Atualmente, o PTN detém um grande número de cargos na gestão petista, com filiados do partido administrando as Secretarias Executivas Regionais (SER) I e V do Município, além da Secretaria de Esporte e Lazer de Fortaleza (Secel).

14:38 · 14.06.2012 / atualizado às 14:38 · 14.06.2012 por
Eron Moreira afirma que o PV será a "segunda militância do PT (FOTO: KID JUNIOR)

Segundo o vereador Eron Moreira, o PV de Fortaleza não deverá condicionar, em hipótese alguma, o seu apoio ao candidato Elmano de Freitas para a sucessão municipal deste ano. O vereador garante que o PV vai seguir apoiando a candidatura petista na Capital, mesmo que não consiga assegurar a vaga para vice-prefeito na chapa com o PT.

Atualmente, o PV negocia a indicação dos deputados estaduais Roberto Mesquita e Augustinho Moreira, ex-vereadores de Fortaleza, como prováveis vices para a chapa com Elmano.

“Esses dois nomes tem história em Fortaleza, e são a nossa demanda. Se não conseguirmos indicar eles, não vai fazer diferença na nossa luta. Mas se conseguirmos, será uma grande vitória para a população”, avalia Eron.

Na noite de ontem, o partido realizou uma reunião, com a participação do candidato Elmano de Freitas. Na pauta da conversa, a formalização da coligação e do projeto de Governo das duas legendas para a sucessão municipal.

12:09 · 13.06.2012 / atualizado às 12:09 · 13.06.2012 por

A candidatura própria do PSB em Fortaleza vem fazendo a alegria dos parlamentares de partidos “menores” com candidatura própria na Capital.  Para o vereador Plácido Filho (PDT), líder da oposição na Câmara, o rompimento entre petistas e socialistas dá mais oportunidade para que os candidatos de legendas com menor estrutura financeira apresentem seus projetos para a população.

“Quando duas forças grandes se unem, as que são menores ficam em uma situação difícil, tendo em vista a diferença de poder econômico. Com o rompimento, a coisa fica mais equilibrada, dá mais oportunidade para o povo de Fortaleza conhecer os projetos dos candidatos ditos menores”, declara o membro do PDT, partido que trabalha o nome do deputado estadual Heitor Férrer para a sucessão municipal deste ano.

Para o vereador João Alfredo (Psol), o rompimento também beneficia candidatos menores, pois fragiliza as candidaturas tanto do PT quanto do PSB na Capital. “São nomes que não tem apelo popular, sem militância na cidade, e que vão depender fundamentalmente da máquina pública para firmarem seus nomes da disputa. Perdendo o apoio estrutural dos governos, os candidatos ficam enfraquecidos”, avalia o psolista, que trabalha com o nome do advogado Renato Roseno para as eleições.

18:47 · 12.06.2012 / atualizado às 18:47 · 12.06.2012 por
O presidente municipal petista, Raimundo Ângelo, diz que PSB está trabalhando pelo rompimento político (FOTO: Marília Camelo)

Após afirmar que o PT respeita a posição do PSB em lançar candidatura própria em Fortaleza, o presidente municipal petista, Raimundo Ângelo, disse que não há nenhuma possibilidade de seu partido mudar o nome do pré-candidato a prefeito da Capital para viabilizar uma aliança com a sigla do governador Cid Gomes. Para ele, o PSB vem construindo o rompimento político com o PT.

“Elmano é o candidato do PT, não é o candidato de um grupo ou de uma personalidade do PT. Vamos marchar com o Elmano e estamos construindo um processo de muita unidade dentro do partido”, declarou Raimundo Ângelo,salientando que Elmano Freitas foi escolhido por 95% dos delegados do partido, em um processo democrático que contou com a orientação do ex-presidente Lula e do presidente nacional petista, Rui Falcão.

No entendimento de Raimundo Ângelo, o PT realizou todos os processos para manter a aliança com o PSB.”Reiteramos nosso interesse político, mas eles entenderam que devem lançarcandidatura”, ponderou.

A decisão do PSB repercutiu, hoje, nas Casas Legislativas. O presidente da Câmara Municipal, Acrísio Sena (PT), disse que seu partido não tem mais compromisso com o PSB em 2014. Já o deputado José Sarto (PSB) criticou a prefeita Luizianne (PT), afirmando que a gestão do PT privilegia o clientelismo político.

18:44 · 12.06.2012 / atualizado às 18:44 · 12.06.2012 por

 

Segundo o líder do governo na Câmara, Pimentel teria recusado o convite de ser candidato (FOTO: ALEX COSTA

De acordo com o líder do governo na Câmara Municipal, vereador Ronivaldo Maia (PT), está descartada no PT a possibilidade de o senador José Pimentel se tornar o pré-candidato  petista para a sucessão municipal deste ano. Ronivaldo garante ainda que o nome de Elmano de Freitas, escolhido no último dia 3 de junho pelos delegados do partido na Capital, é definitivo.

Antes da declaração de rompimento, a própria prefeita Luizianne Lins (PT) havia declarado diversas vezes que, no caso de uma ruptura da aliança com o PSB na Capital, o nome de Pimentel poderia ser buscado como candidato em Fortaleza.

De acordo com Ronivaldo, o próprio senador teria deixado claro, no mês passado, que não concorreria a Prefeitura de Fortaleza em 2012, em função dos compromissos que vem firmando com o partido no Congresso Nacional.

“Nós discutíamos o nome do Pimentel, mas ele próprio disse que o seu nome  não seria colocado, em virtude das responsabilidades que ele assumiu no Governo Federal”, declara Ronivaldo Maia.

10:10 · 12.06.2012 / atualizado às 12:50 · 12.06.2012 por
Márcio Torres deverá apresentar hoje, na Câmara, o resultado prévio da pesquisa realizada pelo MPE (FOTO: ALEX COSTA)

Está agendada para hoje, na Câmara Municipal de Fortaleza, a apresentação do resultado da pesquisa do Ministério Público Eleitoral sobre propaganda eleitoral, cotas de gênero e aplicabilidade da Lei da “Ficha Limpa” para as eleições municipais deste ano. Apesar disso, segundo o procurador regional eleitoral Márcio Torres, os resultados que serão apresentados na Casa ainda são inconsistentes, por conta da pequena participação dos partidos políticos da Capital na coleta de dados.

De acordo com Márcio Torres, apenas quatro partidos responderam as questões do MP. O restante teria pedido prolongamento do prazo de entrega das resoluções para o próximo sábado, 16. Com o atraso, o resultado final da pesquisa deverá sair apenas na próxima segunda-feira, 18.

“Talvez não possamos apresentar os dados de uma forma mais consistente, mas essa pesquisa já foi suficiente para notarmos indícios de que os partidos possuem interesse em atender as exigências da lei eleitoral, com apenas alguns pontos sofrendo maior resistência entre as legendas”, avalia. Os partidos que responderam foram o PP, PDT, PHS e PRB.

Por conta da pouca participação, Márcio declara que sua visita a Câmara Municipal será mais no sentido de “cobrar” pelas respostas dos partidos que ainda não se apresentaram ao MP.

“Queremos cobrar a resposta, e promover a coleta de compromisso com os partidos presentes”, atesta. A pesquisa do Ministério Público Eleitoral é realizada com adesão de 16 dirigentes de partidos políticos da Capital. A cada um, foram enviadas perguntas relativas ao processo eleitoral deste ano.

16:41 · 11.06.2012 / atualizado às 16:41 · 11.06.2012 por
Segundo Marcos Cals, o evento tem o objetivo de preparar os candidatos (FOTO: Alex Costa)

O PSDB reúne, no próximo sábado, todos os pré-candidatos a vereador de Fortaleza pelo partido para discutir questões relacionadas à disputa eleitoral deste ano. Conforme o presidente estadual da legenda, Marcos Cals, o PSDB já vinha realizando alguns encontros com os pré-candidatos a prefeito e vice no Interior no sentido de estender o discurso nacional junto às lideranças locais.

No evento de sábado, que ocorrerá às 9h, na sede do partido, o foco estará no debate com os candidatos a vereador da Capital sobre a preparação para o pleito. “Estamos dando substância ao discurso nacional em relação a alguns setores prioritários da administração pública, como por exemplo saúde e educação”, disse Cals.

18:15 · 10.06.2012 / atualizado às 18:15 · 10.06.2012 por

O empresário Alexandre Pereira (PPS) confirma que será candidato a vice-prefeito na chapa do deputado estadual Heitor Férrer, pré-candidato do PDT para a sucessão municipal deste ano em Fortaleza. Segundo Alexandre, que é presidente do PPS no Ceará, a decisão foi oficializada na manhã de sábado, após várias semanas de conversas entre os dois partidos.

O empresário declara que a chapa será lançada oficialmente nesta segunda-feira, 11, às 10h, na Assembleia Legislativa do Ceará. A convenção conjunta entre os dois partidos está marcada para o próximo dia 29 deste mês.

“Estamos muito tranquilos e otimistas com a chapa, pois o Heitor tem histórico de ser um político muito limpo e honesto, que prioriza a transparência, e nós do PPS temos a experiência administrativa para agregar a essa postura política nata do PDT”, declara Pereira.

De acordo com o presidente do PPS, os dois partidos acertam agora uma possível coligação com o PTC e o PR no município, na busca por formar uma ampla coligação de oposição em Fortaleza. “Já conversamos com Lúcio Alcântara e Roberto Pessoa, e queremos formar a chapa com um toque de ética e inovação no modo de fazer gestão na Capital”, avalia.

14:26 · 08.06.2012 / atualizado às 14:26 · 08.06.2012 por

 

Ciro Albuquerque esteve na redação do Diário do Nordeste, onde apresentou a liminar do TJDF (FOTO: ALEX COSTA)

A ala do PTC que faz oposição a Luizianne Lins (PT) em Fortaleza retomou, através de liminar concedida pela Justiça, o controle da Executiva Estadual do partido no Ceará. Com a decisão, expedida pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal no dia 4 deste mês, o presidente do PTC na Capital, vereador Ciro Albuquerque, garante a realização da convenção municipal da legenda no próximo domingo, 10, onde será rejeitada a coligação do partido com o PT para as eleições municipais deste ano.

Desde abril de 2012, a Executiva do PTC no Estado era comandada pelo ex-deputado estadual Stanley Leão, aliado da prefeita Luizianne Lins. A mudança, promovida após intervenção da diretoria nacional do partido, causou indignação entre os filiados do partido na Capital, em sua maioria membros da oposição.

“Com essa liminar, o PTC volta ao seu leito natural, que é a oposição. Com o controle da Executiva, vamos trabalhar para desertar essa coligação com o PT, e deixar claro que, sob hipótese alguma, iremos apoiar o candidato petista em Fortaleza”, declara Ciro Albuquerque, em visita a sede do Diário do Nordeste.

A decisão vai de encontro com os anseios da prefeita Luizianne Lins, que já contava com o apoio do PTC ao candidato Elmano de Freitas na Capital.

O partido ainda não garante coligação com nenhuma outra legenda, mas afirma que se prepara para lançar chapa de 45 vereadores para Fortaleza e já dialoga com candidatos de oposição ao PT na Capital, como Heitor Férrer (PDT) e Marcos Cals (PSDB).

14:43 · 06.06.2012 / atualizado às 16:38 · 06.06.2012 por
Ciro declara que apenas o presidente estadual do partido defende a aliança (FOTO: ALEX COSTA)

O PTC não irá, “em hipótese alguma” se coligar com o PT para as eleições municipais deste ano. É o que afirma o presidente municipal da legenda, vereador Ciro Albuquerque. Segundo ele, a convenção municipal do partido acontece no próximo domingo, 10, onde será mantida a postura oposicionista que os dois vereadores do partido vem mantendo na Câmara Municipal de Fortaleza.

De acordo com Ciro, a “esmagadora” maioria dos filiados do PTC em Fortaleza é contra a coligação com o PT, o que será exposto na convenção de domingo. “Os pré-candidatos do PTC vão trabalhar contra essa gestão, que é desastrada e está acabando com a cidade. Não podemos apoiar o desastre”, declara.

A informação do presidente vai de encontro ao que vem sendo propagado pela própria prefeita Luizianne Lins (PT), que já conta com o PTC entre os partidos que irão apoiar a candidatura de Elmano de Freitas na Capital.

“A coligação com o PT é um sonho do presidente da executiva estadual do partido, Stanley Leão, mas que não será posta em prática, porque ele não fala pelos membros do partido”, garante Ciro Albuquerque.

O parlamentar admite que não pensa tanto em candidatura própria do partido na Capital, pelo adiantar da campanha, mas declara que ainda existe uma corrente forte no partido em Fortaleza que defende essa perspectiva.

15:55 · 04.06.2012 / atualizado às 15:55 · 04.06.2012 por

Se o apoio do PSB ao PT na Capital ainda é incerto, no Interior a manutenção da aliança entre as duas legendas já é dada como certa em vários municípios. Segundo o deputado federal José Guimarães (PT), ficou sinalizado, durante a reunião da cúpula petista com o governador Cid Gomes (PSB), o esforço dos partidos para “reproduzir” a aliança entre as siglas nas chapas para prefeituras em todo o Estado.

“Nós agimos para reproduzir a mesma aliança que governa o País e o Ceará. Eu mesmo coloquei com o governador que a aliança em Fortaleza tem impacto nacional e em todo o Estado, e repercute muito além da Capital”, declara o deputado petista.

Segundo Guimarães, o PT possui nomes aptos para disputar eleições em pelo menos 80 municípios cearenses, muitos desses já em fase avançada de negociação com o PSB e o PMDB, principais aliados do partido.