Edison Silva

Categoria: Trânsito


15:55 · 03.09.2018 / atualizado às 15:55 · 03.09.2018 por

O Calendário Eleitoral estabelecido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) marca este 3 de setembro como a “Data a partir da qual os eleitores em trânsito, os militares, os agentes de segurança pública e os guardas municipais em serviço, bem como os que solicitaram trsnferência temporária para seções com acessibilidade, poderão consultar os locais de votação escolhidos para votarem no primeiro e segundo turnos”.

10:55 · 01.10.2017 / atualizado às 10:55 · 01.10.2017 por

Por Renato Sousa

Infrações de trânsito leves e médias podem ser convertidas em advertência por escrito. Essa é a ideia de Dr. Eron (PP), que apresentou projeto à Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor) determinando que isso ocorra quando o motorista não for reincidente daquela mesma infração nos últimos 12 meses e não tiver em seu histórico infrações graves nos dois anos anteriores ou suspensão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) nos cincos anos anteriores.

Em entrevista, o parlamentar afirma que as multas, em Fortaleza, não têm tido o caráter de reduzir as infrações de trânsito, mas a intenção de arrecadar. Eron declara ter recebido diversas reclamações de multas por razões que ele avalia como injustas. “Estamos multando até motoqueiro por estar com a viseira levantada”, diz o pepista.

Na justificativa do projeto, o vereador aponta que a medida já é autorizada pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), entretanto, não seria aplicada em Fortaleza. “Tudo porque, embora o Código crie a condição, fica a critério da autoridade local a análise do prontuário do infrator para a concessão do benefício”, declara o parlamentar no texto. Para o vereador, a conversão do que é uma possibilidade em uma obrigação agiria “ para que se afaste o estigma de que existem leis no Brasil que não pegam”.

Eron afirma que não é contra a aplicação de multa. Entretanto, segundo ele, esta deve ser aplicada sempre com caráter educativo. “Estamos observando muita reclamação por causa dessas multas. E reclamações subjetivas”, declara. O vereador avalia que o texto não anula o caráter de sanção da punição.

O texto de Eron encontra-se, atualmente, na Comissão de Legislação e Justiça (CCJ) da Câmara aguardando que o presidente do colegiado, Gardel Rolim (PPL), designe um relator. Após isso, ele ainda precisará ter o mérito avaliado pelas comissões técnicas da Casa antes de ser encaminhado para votação. Não há previsão de quando esse processo deve ser concluído.

 

08:27 · 13.02.2015 / atualizado às 08:27 · 13.02.2015 por

Por Suzane Saldanha

Em pronunciamento na Câmara Municipal de Fortaleza, ontem, a vereadora Toinha Rocha (PSOL) lamentou a ausência de fiscalização e orientação do Poder Público no tocante o trânsito na Capital e em todo o Ceará. Para ela, o alto número de vítimas de acidentes de trânsito é reflexo da carência de atuação de órgãos como a Autarquia Municipal de Trânsito (AMC) e Departamento Estadual de Trânsito (Detran).
O assunto também foi tratado por outros vereadores devido o atropelamento de Eulógio Neto (PSC) em frente à Câmara Municipal na última quarta-feira. O acidente teria sido ocasionado por um adolescente de 16 anos que trafegava em uma motocicleta na contramão. A morte de uma mulher atropelada na Av. Oliveira Paiva também foi lembrada.
Toinha Rocha reclamou que está faltando fiscalização dos órgãos responsáveis em Fortaleza. Ela salientou que a AMC, o Detran e o Departamento Nacional de Trânsito arrecadam uma alta quantia em dinheiro com multas que, conforme o Código de Trânsito, devem ser revertidas em melhorias, orientações e campanhas. No entanto, as ações não seriam observadas na cidade.
“Entra prefeito, sai prefeito e continua tudo do mesmo jeito. A AMC arrecada, o Detran arrecada, os cofres do Denatran estão abarrotados de dinheiro”, destacou.
A socialista chamou atenção para os postos de gasolina de Fortaleza onde jovens consomem bebida alcoólica e deixam o local dirigindo. Para Toinha, a população deve tratar o trânsito não apenas no entendimento do direito de ir e vir, mas como uma ação que exige muita seriedade e responsabilidade do condutor e do Poder Público.
“Não é só o condutor o responsável pelo acidente que possa vir a ocorrer. É preciso analisar as condições adversas da via, do veículo, do tempo. A consequência de um acidente do trânsito, em muitos casos, é o fim da vida das pessoas”, lastimou.
Ela ainda ponderou ser do Município a responsabilidade do prejuízo material já que a maioria dos leitos de traumatismo do Instituto Dr. José Frota (IJF) são ocupados por vítimas de acidente de trânsito. “O carro é uma arma que mata, mutila e deixa as pessoas em cadeiras de rodas”, evidenciou.
Com a proximidade do Carnaval, a vereadora Toinha Rocha pediu que a população não dirija caso tenha ingerido bebidas alcoólicas e alertou para a necessidade da utilização de equipamentos de segurança durante o tráfego.
“Amanhã, sexta-feira, muitos começam a deixar nossa cidade. Falamos muito de trânsito, mas pouco refletimos sobre ele. Mexe com a vida, com o bolso, com a saúde e mexe com o sentimento das pessoas”, frisou.
Luciram Girão (PMDB) lembrou que, no início da semana, uma mulher de 35 anos foi atropelada na Avenida Oliveira Paiva ao cair da motocicleta que o marido conduzia que teria se desequilibrado ao desviar de um buraco. Ele atribuiu a culpa do ocorrido à Companhia de Água e Esgoto por ter feito um serviço ruim na área.
“Você pegar uma Avenida como a Oliveira Paiva quebrar de um lado e quebrar do outro, você dificulta o trânsito, é falta de planejamento. A Prefeitura tem culpa também. A família vai pedir indenização e quem recupera a vida? Dinheiro nenhum. Não é possível se perder uma vida por erro público”, criticou.
Para ele, a Cagece deve trabalhar em terceiro turno para finalizar as obras no local.
Já Benigno Júnior (PSC), ao relatar o atropelamento do correligionário, também pediu mais fiscalização para as motociclistas. O parlamentar relatou que as ciclofaixas e calçadões estão sendo invadidos.

Pesquisar

Edison Silva

Blog da editoria Política, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

09h09mBardawil recorre ao TSE por candidatura ao Senado

09h09mVereador diz que acidentes de trânsito retiram recursos de outras áreas

09h09mEunício e Girão são os candidatos ao Senado que mais gastaram em campanha

09h09mNomes de profissões, apelidos e animais no apelo de candidatos por votos

09h09mParlamentares criticam o general Mourão

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs