Busca

Categoria: TRE


15:07 · 06.11.2017 / atualizado às 15:07 · 06.11.2017 por
Todos os 219 mil eleitores do município são obrigados a comparecer para a coleta dos dados biométricos até 28 de fevereiro de 2018 e a ampliação do atendimento tem por objetivo aumentar o percentual de cadastrados, que hoje é de 48% Foto: TRE-CE

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) informou, por meio de nota, que vai inaugurar, nesta terça-feira (7), às 10 horas, um novo posto de atendimento no município de Caucaia, que tem o maior número de eleitores no Estado, excetuando a Capital.

De acordo com o Tribunal, o posto terá sede no Centro de Referência à Assistência Social (CRAS) do bairro Nova Metrópole e funcionará em dias úteis, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Entre os serviços a que o eleitor caucaiense terá acesso estão o recadastramento biométrico, as emissões de certidões eleitorais e de primeira e segunda vias de título de eleitor, bem como a transferência do local de votação.

O comunicado do TRE-CE lembra ainda que “a Justiça Eleitoral vem realizando o recadastramento biométrico em Caucaia, que tem o segundo maior eleitorado do Ceará. Todos os 219 mil eleitores do município são obrigados a comparecer para a coleta dos dados biométricos até 28 de fevereiro de 2018. Até agora, 48% dos eleitores fizeram a biometria (…) Quem não fizer o recadastramento terá o título cancelado”.

Já quem quiser agendar o atendimento com antecedência, segundo o órgão, pode fazer por meio do telefone 148 ou acessando o site www.tre-ce.jus.br.

18:19 · 10.08.2017 / atualizado às 18:19 · 10.08.2017 por

A presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira, apresentará, na próxima quarta-feira (16), às 10h, aos juízes do Pleno do Tribunal, a minuta de resolução com o resultado do estudo técnico que apontará quais e quantas zonas eleitorais serão extintas no Estado e, destas, quantas serão remanejadas para a Capital.

O rezoneamento é uma determinação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que, em março deste ano, aprovou uma resolução estabelecendo novos critérios para a criação e instalação de zonas eleitorais no País. Pela proposta, agora, cada zona deve ter, no mínimo, 100 mil eleitores e, no máximo, 200 mil. De acordo com o TSE, esse enxugamento deverá gerar uma economia, por ano, de cerca de R$ 13 milhões à Justiça Eleitoral.

A Corte do TRE-CE encaminhará ao TSE a proposta de rezoneamento e a Resolução aprovadas na sessão do próximo dia 16 de agosto.