Edison Silva

Categoria: Tribunal


14:00 · 21.02.2018 / atualizado às 14:00 · 21.02.2018 por

A assessoria do Tribunal de Justiça cearense encaminhou nota, à nossa redação, sobre a notícia da criação de 1.251 cargos comissionados pela Assembleia Legislativa, ontem.

Segundo a nota, oficialmente, só foram criados 34 novos cargos, os restantes já existiam. Os deputados, contudo, discutiram e aprovaram a matéria como estando sendo criados  1.251 cargos, tanto que foram apresentadas emendas regulamentação a ocupação de  tais postos, rejeitadas, porém, pela base do Governo, sem que qualquer deputado governista tivesse contestado a discussão levantada pelos oposicionistas.

Leia a nota encaminhada pela assessoria do Tribunal de Justiça:

Sobre a reportagem veiculada, nesta quarta-feira (21/02), na Editoria de Política do Diário do Nordeste sobre a criação de vara especializada para julgar organizações criminosas, o Tribunal de Justiça do Ceará informa que o texto cria ainda 34 cargos comissionados, e não 1.251.

Os referidos cargos (34) tiveram que ser criados para atender ao aumento de novas unidades judiciárias: 7 para a Vara de Delitos de Organizações Criminosas; 15 para as sete varas criadas, via emenda da Assembleia, na lei da nova Organização Judiciária (lei nº 16.397/2017); e os demais (12) para setores administrativos do Tribunal, incluindo a Secretaria Regional de Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha.

Além desses, o projeto cria 10 cargos de juiz e 28 para servidor efetivo (7 analistas e 21 técnicos judiciários).

 

Pesquisar

Edison Silva

Blog da editoria Política, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

09h09mBardawil recorre ao TSE por candidatura ao Senado

09h09mVereador diz que acidentes de trânsito retiram recursos de outras áreas

09h09mEunício e Girão são os candidatos ao Senado que mais gastaram em campanha

09h09mNomes de profissões, apelidos e animais no apelo de candidatos por votos

09h09mParlamentares criticam o general Mourão

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs