Busca

Categoria: Ultima hora


23:26 · 29.06.2012 / atualizado às 23:26 · 29.06.2012 por

O PSDB anunciou na tarde de hoje o deputado estadual Fernando Hugo como candidato a vice prefeito de Fortaleza na chapa encabeçada pelo ex-deputado Marcos Cals. A decisão foi tomada um dia antes da homologação da candidatura tucana à Prefeitura.

O PSDB tentou até o último instante um acordo com o Democratas para compor uma chapa encabeçada por Marcos Cals, mas o DEM não abriu mão da candidatura própria em favor de Moroni Torgan.

Durante o lançamento da candidatura de Fernando Hugo, dirigentes do PSDB apresentaram a chapa do partido como a “verdadeira oposição” à gestão da prefeita Luizianne Lins (PT). Segundo Marcos Cals, presidente tucano no Ceará, a campanha irá focar na qualidade dos serviços públicos oferecidos na Capital.

Para ele os problemas na área da Saúde e Educação na Capitão, são frutos da falta de planejamento da administração petista. “É falta de experiência administrativa apesar dos oito anos (de governo)”, disse Cals.

“O povo sofre porque não tem a prestação de serviços de qualidade, que é obrigação institucional do ente estatal. Fortaleza maquiada não adianta para o bem estar do povo. E o PSDB fez no passado, com o governo, e vai fazer muito mais com a prefeitura”, disse Fernando Hugo.

PT e PC do B
Já as candidaturas de Elmano de Freitas (PT) e do senador Inácio Arruda (PC do B) à Prefeitura deixaram para apresentar o nome do candidato a vice apenas nas suas convenções partidárias, que serão realizadas neste sábado, último dia do calendário eleitoral para a homologação das candidaturas.

O presidente estadual do PC do B, Carlos Augusto Diógenes, o Patinhas, informou na noite de sexta-feira, que ainda estava negociando o nome do candidato a vice.

09:44 · 26.06.2012 / atualizado às 09:44 · 26.06.2012 por

O DEM faz sua convenção neste sábado, no Colégio Academos (Aldeota), a partir das 17 horas. Moroni Torgan só estará no local às 19h. A informação é do presidente municipal do partido, Robinson de Castro.

Segundo ele, o DEM disputará a sucessão de Luizianne Lins, mas não necessariamente com Moroni. “Se é o Moroni, se é beltrano ou sicrano, não vou dizer. Mesmo não sendo ele, o partido terá candidato”.