Edison Silva

Categoria: Vice-governador


19:01 · 14.09.2013 / atualizado às 19:05 · 14.09.2013 por
Na próxima semana, o vice-governador decidirá em que partido entrará, se no PSB ou no PSD FOTO: Arquivo Diário
Na próxima semana, o vice-governador decidirá em que partido entrará, se no PSB ou no PSD FOTO: Marília Camelo

O vice-governador do Estado, Domingos Aguiar Filho, não é mais filiado ao PMDB. Na próxima semana, após conversar com o governador Cid Gomes (PSB), ele decidirá em que partido entrará, se no PSB ou no PSD.

De logo estão descartados qualquer outra agremiação. Domingos é um dos pretensos candidatos ao Governo do Estado, nas próximas eleições. Suas divergências, no PMDB, acontecem já há algum tempo.
A desfiliação, oficial, do vice-governador aconteceu ontem, após uma demorada conversa com o senador Eunício Oliveira, presidente estadual peemedebista.

Domingos sai sozinho, deixando no PMDB, a mulher, Patrícia Aguiar, prefeita do Município de Tauá, e um irmão, vereador nesta mesma cidade. Havia uma expectativa de que ele saísse acompanhado de alguns liderados que tem no partido, mas ele optou por não convidar ninguém a acompanhá-lo

O senador Eunício Oliveira, segundo Domingos Filho, assinou um documento, concordando com a desfiliação do vice-governador, significando dizer que o partido não reclamará, na Justiça Eleitoral, a perda do mandato dele. Pela legislação eleitoral atual, considerando que o mandato é do partido e não do seu detentor, qualquer político que mudar de partido, sem justa causa, pode perder o mandato. Embora Domingos Filho tenha apenas a expectativa de mandato, como vice-governador, mesmo assim ele recebeu o documento de liberação.

A saída de Domingos Filho do PMDB era aguarda há algum tempo. Mesmo antes de ser vice-governador do Estado ele já não escondia seu descontentamento com algumas ações do partido. Quando decidiu dizer que estava trabalhando para ser candidato a governador as divergências só aumentaram em razão de o senador Eunício Oliveira também ter pretensões de suceder o governador Cid Gomes, nas eleições do próximo ano. Antes da conversa final, acontecida ontem, Domingos já havia tido um encontro com Eunício, onde trataram da sua despedida da agremiação.

Pesquisar

Edison Silva

Blog da editoria Política, do Diário do Nordeste.
Posts Recentes

09h09mBardawil recorre ao TSE por candidatura ao Senado

09h09mVereador diz que acidentes de trânsito retiram recursos de outras áreas

09h09mEunício e Girão são os candidatos ao Senado que mais gastaram em campanha

09h09mNomes de profissões, apelidos e animais no apelo de candidatos por votos

09h09mParlamentares criticam o general Mourão

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs