Busca

Conferência das Cidades

16:52 · 13.12.2012 / atualizado às 16:52 · 13.12.2012 por

A assessoria do deputado federal Domingos Neto (PSB), encaminhou à redação do blog, nota sobre o desenvolvimento da Conferência das Cidades que, nesta quinta-feira, conta com a participação do governador Cid Gomes:

O desenvolvimento urbano é um dos temas mais discutidos e abrangentes da atualidade. Por tudo que o cenário político nacional e os grandes eventos esportivos representam, este é um assunto de extrema importância para o Partido Socialista Brasileiro (PSB). Nesse sentido, a Comissão de Desenvolvimento Urbano (CDU) promove nos dias 12 e 13, a XIII Conferência das Cidades – Mobilidade Urbana. Nesta quinta-feira (13), acontece o segundo dia do evento com a coordenação do socialista Domingos Neto e contará com a participação do Governador do Ceará Cid Gomes (PSB), que vai falar sobre a Mobilidade Urbana em Fortaleza e a realização de outros quatro painéis. 
 
O evento acontece no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, com a participação de entidades nacionais, governadores, prefeitos, pesquisadores e associações ligadas ao tema. O presidente da CDU, deputado Domingos Neto (PSB-CE), presidiu a mesa de abertura e enfatizou a necessidade de buscar soluções definitivas para a sociedade. A Comissão optou pelo tema mobilidade no ano passado, quando o PSB realizou um grande evento sobre cidades. “Temos que melhorar a qualidade de vida dos cidadãos que se deslocam todos os dias nas capitais e municípios do Brasil”, destacou.
 
O crescimento desordenado em grandes centros nos últimos 45 anos, de acordo com Domingos Neto, fez com que existam planos diretores mal executados em regiões estratégicas. “A importância desse evento é imensurável, pois sem mobilidade urbana a qualidade de vida da população fica prejudicada”, disse, reiterando ainda que “temos que ir além das obras do PAC (Plano de Aceleração do Crescimento).”
 
No que se refere às obras do PAC, o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, explanou suas opiniões sobre planejamento, desenvolvimento e mobilidade. “O aumento da concentração das pessoas nas cidades repercute no dia a dia e na mobilidade”, admitiu. Segundo o ministro, com recursos de R$ 60 bilhões,  o PAC grandes cidades e o PAC médias cidades atendem 100 cidades brasileiras e 250 mil habitantes.
 
O legado dos grandes eventos esportivos
 
Além do planejamento urbano das cidades brasileiras que envolvem a acessibilidade, infraestrutura, integração de modais de transporte variados e meios mais eficientes de mobilidade, os participantes discutem o andamento das obras da Copa do Mundo 2014 e dos Jogos Olímpicos Rio 2016.
 
Algumas  obras de mobilidade urbana já receberam parecer do Tribunal de Contas da União, no que diz respeito aos atrasos. “Como fiscalizadores do poder executivo, estamos acompanhando para que essas obras sejam entregues a tempo e possam servir a população das cidades-sede”, explicou o deputado Domingos Neto.
 
Para Aécio Neves, as experiências bem sucedidas de outros países são modelos a serem seguidos pelos administradores nacionais. “Administração pública também é copiar e buscar experiências que deram resultados com uma rapidez muito maior. Exemplos não faltam.” O ministro das Cidades também ressaltou que as obras do ‘PAC da Copa’ já estão em execução.
 
   




Comentários 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *