Busca

Marcos Cals critica corte no Orçamento da União

15:31 · 23.07.2013 / atualizado às 15:31 · 23.07.2013 por

Depois de algum tempo ausente do noticiário política, motivando até que alguns amigos chegassem a admitir que estivesse desencantado com a política, após deixar a Assembleia Legislativa, ter disputado a Prefeitura de Fortaleza e o Governo do Estado, depois  sair da presidência do PSDB cearense, Marcos Cals ressurge no noticiário que os tucanos distribuem com a imprensa, para criticar o corte no Orçamento da União, anunciado ontem pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega.

Leia a íntegra da nota distribuída pela assessoria do PSDB:

Para Marcos Cals, corte no orçamento do governo é “faz de conta”

“O governo faz de conta. Na realidade não demonstra nenhum interesse efetivo de promover o verdadeiro ajuste, através do corte no orçamento. Precisa demonstrar não só essa intenção, mas também dar eficácia à máquina pública, que é o que está faltando.” A declaração é do tucano Marcos Cals, ao comentar o corte de R$ 10 bilhões no Orçamento Geral da União, anunciado nesta segunda-feira (22) pelos ministros da Fazenda, Guido Mantega, e do Planejamento, Miriam Belchior.

O corte anunciado, além de ser menor que o esperado – a proposta inicial era de que ficasse entre R$ 15 bilhões e R$ 20 bilhões – inclui, entre outras despesas da gigantesca máquina pública, gastos com viagens e aluguéis. Itens que também figuraram na lista de cortes de anos anteriores, cujas metas tornaram-se promessas não cumpridas. Por esses e outros motivos, Marcos Cals diz que o novo arrocho proposto pelo governo não convence.

“Nós tivemos recentemente uma demonstração clara de maquiagem nos números da exportação, quando a Petrobrás exportou uma plataforma de US$ 1,6 bilhões para uma própria subsidiária, no Panamá. E essa plataforma nunca saiu do Brasil. Isso é vergonhoso para nós, cidadãos brasileiros, vermos homens públicos manipulando números para dar uma sensação de que a economia está indo bem”, critica Marcos Cals.

 

 

Comentários 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *