Busca

Ex-deputados estaduais cearenses garantem suas aposentadorias

12:41 · 19.03.2017 / atualizado às 12:43 · 19.03.2017 por

A deputada federal Gorete Pereira (PR) e o ex-deputado estadual Vasques Landim, garantiram  o direito de receber proventos mensais, da Carteira de Previdência Parlamentar, respectivamente de R$ 19.301,28 e R$ 18.960,56, segundo os atos publicados pela Mesa Diretora da Assembleia Legislativa:

ATO DA MESA DIRETORA

A MESA DIRETORA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO CEARÁ, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo Art.19, XXVII, da Resolução nº389, de 11 de dezembro de 1996 (Regimento Interno); pelo Art.19, Parágrafo único da Lei Complementar nº13, de 20 de Julho de 1999, na redação que lhe foi dada pelo Art.6º. da Lei Complementar nº32, de 30 de dezembro de 2002, c/c os dispositivos contidos na Lei Complementar nº138, de 06 de junho de 2014, e com o §4º do Art.16, da Resolução nº429, de 14 de novembro de 1999; Considerando o disposto no §1º. do Art.19, da Lei Complementar nº13, de 20 de julho de 1999, acrescido pelo art.3º da Lei Complementar nº138, de 06 de junho de 2014, publicada no Diário Oficial do Estado de 16 de junho de 2014; Tendo em vista o que consta do Processo nº01349/ 2017, protocolizado em 17/02/2017. RESOLVE conceder aposentadoria a JOSÉ VASQUES LANDIM, Ex- Deputado Estadual, segurado do SISTEMA DE PREVIDÊNCIA DOS DEPUTADOS E EXDEPUTADOS ESTADUAIS DO ESTADO DO CEARÁ, em caráter provisório, no percentual de 80% (oitenta por cento) sobre o valor total de R$23.700,71 (VINTE E TRÊS MIL, SETECENTOS REAIS E SETENTA E UM CENTAVOS) correspondendo ao valor de R$18.960,56 (DEZOITO MIL, NOVECENTOS E SESSENTA REAIS E CINQUENTA E SEIS CENTAVOS). PAÇO DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO CEARÁ, em Fortaleza, 14 de março de 2017. Deputado José Albuquerque PRESIDENTE Deputado Tin Gomes 1º. VICE-PRESIDENTE Deputado Manoel Duca 2º. VICE-PRESIDENTE Deputado Audic Mota 1º. SECRETÁRIO Deputado João Jaime 2º. SECRETÁRIO Deputado Julinho 3º. SECRETÁRIO Deputada Augusta Brito 4ª SECRETÁRIA *** *** ***

ATO DA MESA DIRETORA

A MESA DIRETORA DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO CEARÁ, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo Art.19, XXVII, da Resolução nº389, de 11 de dezembro de 1996 (Regimento Interno); pelo Art.19, Parágrafo único da Lei Complementar nº13, de 20 de Julho de 1999, na redação que lhe foi dada pelo Art.6º. da Lei Complementar nº32, de 30 de dezembro de 2002, c/c os dispositivos contidos na Lei Complementar nº138, de 06 de junho de 2014, e com o §4º do Art.16, da Resolução nº429, de 14 de novembro de 1999; Considerando o disposto no §1º. do Art.19, da Lei Complementar nº13, de 20 de julho de 1999, acrescido pelo art.3º da Lei Complementar nº138, de 06 de junho de 2014, publicada no Diário Oficial do Estado de 16 de junho de 2014; Tendo em vista o que consta do Processo nº00953/ 2017, protocolizado em 03/02/2017. RESOLVE conceder aposentadoria a MARIA GORETE PEREIRA, Ex- Deputada Estadual, segurada do SISTEMA DE PREVIDÊNCIA DOS DEPUTADOS E EXDEPUTADOS ESTADUAIS DO ESTADO DO CEARÁ, em caráter provisório, no percentual de 80% (oitenta por cento) sobre o valor total de R$24.126,60 (VINTE E QUATRO MIL, CENTO E VINTE E SEIS REAIS E SESSENTA CENTAVOS) correspondendo ao valor de R$19.301,28 (DEZENOVE MIL, TREZENTOS E UM REAIS E VINTE E OITO CENTAVOS). PAÇO DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO CEARÁ, em Fortaleza, 14 de março de 2017. Deputado José Albuquerque PRESIDENTE Deputado Tin Gomes 1º. VICE-PRESIDENTE Deputado Manoel Duca 2º. VICE-PRESIDENTE Deputado Audic Mota 1º. SECRETÁRIO Deputado João Jaime 2º. SECRETÁRIO Deputado Julinho 3º. SECRETÁRIO Deputada Augusta Brito 4ª SECRETÁRIA *** *** *** ATO DELIBERATIVO Nº808

Comentários 13

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Albino

20/07/2017 as 19:0319

É uma vergonha para um estado pobre como o Ceará,mais o que esperar desta classe politica podre. Enquanto isto nós servidores públicos tivemos um aumento de 2 por cento. toda injustiça terá o seu preço, nas mãos de Deus. o que eles fizeram para ganhar essa aposentadoria, não trabalharam duro como todos cidadão. não fizeram nada e uma injustiça um ex. deputado ganha uma aposentadoria desse valor… falar serio eles que fazem suas próprias leis. todos são hipócritas.. Mais Deus esta vendo esta injustiça com o povo desta nação, tão sofrida nas maus dos nosso governantes.

edvaldo

20/04/2017 as 16:0319

Sem comentários, mas seriam um pouco mais de 30 salários dum uma aposentadoria com base no mínimo.

Rafael Pimentel.

20/01/2017 as 13:0319

Aposentadorias essas, aprovadas por eles mesmos…farinha do mesmo saco!
É fazer da política uma profissão. Ganhar muito dinheiro sem fazer NADA!
Brasil, um país de todos…todos os Corruptos!

    daniel

    20/10/2017 as 22:0319

    os políticos ganham bem porque a profissão é de risco. risco de ser descobertos nas maracutaias que fazem e perder mamata.

Cidcley

20/12/2017 as 12:0319

O engraçado é que essa Sra. é atualmente deputada federal e certamente votará a favor da reforma da previdencia,porém,garante sua gorda aposentadoria de deputada estadual kkkkkk

    Hugo Moreira Pinheiro

    21/02/2017 as 02:0319

    Essa aposentadoria “gorda” que é concedida aos deputados é uma vergonha. Enquanto um assalariado que trabalha a vida toda ganhando um salário de fome e vai se aposentar dentro do caixão, esses deputados que vivem no poder “barganhando” e ganhando altos salários ainda tem o direito a uma “polpuda” aposentadoria. Mas, infelizmente, quem paga tudo isso é o contribuinte.

José Wellington Santiago da Silva

20/11/2017 as 11:0319

Uma vergonha para um povo pobre com uma saúde em decadência pois muitos morrem nas emergências dos hospitais porque segundo o gestor público não há dinheiro para o SUS mais tem para pagar aposentadoria desse valor. Qual a explicação tem os deputados para dar ao povo e o precedente da Assembléia junto com o Gonverno que quer tirar direito do povo.

Rafael de Faria Corrêa

20/10/2017 as 10:0319

isso é uma vergonha.Esse tipo de aposentadoria é uma sangria nos cofres do Estado…

João Lourenço de Sousa

20/08/2017 as 08:0319

vergoha para o estado o pensamento de forma inadequadda para o momento atual não reflete as necessidades que a população tanto almeja desta forma deveriam ser revogadas tais atitudes uma ferida que deve ser curada de imediato não podemos tolera os desvios de conduta dentro das leis nefastas o troco sera em dose dupla para os que buscam tirar e fazer um usufruto da casa do povo 2018 vem ai esperem para ver.ok.

FLAVIO NUNES

20/08/2017 as 08:0319

JÁ TRABALHARAM MUITO, KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK.

Alexandre rodrigues Rodrigues

20/07/2017 as 07:0319

Ai sim .tenho 42 anos e falta so mais 27 de trabalho. Com a saude que esta me resta rezar.

Renato

20/04/2017 as 04:0319

E o assalariados vão ter que trabalhar até o setenta anos pra receber um salário mínimo é um absurdo

Freitas Filho Francisco

20/03/2017 as 03:0319

Vergonhoso