Busca

Tag: CMFor


17:23 · 24.05.2018 / atualizado às 17:23 · 24.05.2018 por

A Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor) cancelou a sessão plenária desta quinta, 24, em luto pela morte de  Hannah Evelyn de Andrade Laranjeira, de quatro anos, que faleceu na quarta, 23, após cair em uma fossa desativada em um creche municipal no bairro Ancuri. De acordo com o terceiro vice-presidente da Casa, Paulo Martins (PRTB), que presidia a sessão no momento do cancelamento, a decisão foi tomada pelos membros da Mesa Diretora no fim da tarde de quarta, 23, como uma forma de prestar uma homenagem póstuma. Os 15 vereadores presentes em plenário na manhã desta quinta concordaram. “Ficaram todos muito abalados. Quase todos nós temos filhos”, declarou em entrevista. Os parlamentares fizeram um minuto de silêncio em homenagem a Hannah.

Na pauta de votação desta quinta havia 36 projetos, incluindo dois de autoria do prefeito Roberto Cláudio (PDT). Um deles era a redação final da mensagem que cria o serviço “Família Acolhedora”, que propõe que crianças em situação de vulnerabilidade tenham a possibilidade de serem acomodadas temporariamente com famílias previamente cadastradas. O outro, um veto integral a projeto de Benigno Jr, (PSD) que determinava a reserva de áreas de estacionamento Zona Azul para bicicletas.

15:05 · 23.05.2018 / atualizado às 15:05 · 23.05.2018 por

O vereador Evaldo Lima (PCdoB) lamentou na manhã desta quarta, 23, na tribuna da Câmara Municipal de Fortaleza, a morte do jornalista Alberto Dines, ocorrida ontem, em São Paulo. De acordo com o parlamentar, tratou-se de uma “grande referência na formação de jornalistas brasileiros”. O parlamentar diz que o profissional era uma referência de ética, generosidade e conhecimento. A Casa aprovou uma moção de pesar, além de fazer um minuto de silêncio em homenagem ao periodista.

Para Evaldo, Dines – que passou pelos principais veículos de comunicação do País,  acreditava que “através da boa informação, seria capaz de construir um mundo melhor”. Evaldo Lima declara que após o exemplo do jornalista, a importância da atividade de informou tornou-se ainda mais clara. “Mais do que nunca, compreendemos o jornalismo como missão e vocação”, diz. 

12:19 · 23.05.2018 / atualizado às 12:19 · 23.05.2018 por

O vereador Acrísio Sena (PT) foi à tribuna da Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor) na manhã desta quarta, 23, para rebater fala feita na terça-feira, 22, por seu correligionário na Casa, Guilherme Sampaio (PT), na qual defendeu que o partido deve apoiar a reeleição de José Pimentel (PT). De acordo com Sena, que também é presidente da sigla em Fortaleza, a demanda de Sampaio é legítima, mas o PT já estaria bem representado na chapa majoritária com o governador Camilo Santana. “Estaríamos apenas nós, um único partido, reivindicando 50% da chapa”, diz.

O petista também declarou que um único bloco de partidos governistas para a disputa proporcional deste ano, em especial com as recentes adesões do Solidariedade e do PSD, é improvável. “Com 24 partidos, consolida-se a majoritária, mas na (disputa) proporcional, torna-se inviável um blocão”, diz.

De acordo com ele, caso um único bloco fosse lançado, os partidos acabariam tendo que reduzir, por força da legislação eleitoral, a quantidade de candidatos que estão planejando lançar este ano, o que enfraqueceria as legendas.  Segundo o parlamentar, deve haver vários blocos governistas na disputa para a Assembleia Legislativa e a Câmara dos Deputados, o que abre a possibilidade da sua legenda lançar-se sozinha na disputa proporcional. 

12:16 · 23.05.2018 / atualizado às 12:16 · 23.05.2018 por

O presidente nacional do Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), Levy Fidélix, vem a Fortaleza nesta quarta, 23. De acordo com o vereador Portinho (PRTB), ele deve jantar na noite desta  quarta com membros do seu partido e, na quinta, 24, às 19 horas, o dirigente recebe título de cidadão de Fortaleza, aprovado em abril, por iniciativa do vereador Raimundo Filho (PRTB).  Fidélix , que concorreu à Presidência nas duas últimas eleições, é um dos nomes da legenda cotados para disputar o cargo novamente este ano.

10:16 · 19.05.2018 / atualizado às 10:16 · 19.05.2018 por

A Comissão Especial de Regulamentação do Plano Diretor da Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor) concluiu no começo da tarde de sexta, 18, a análise do Código da Cidade – projeto que a Prefeitura apresentou em 2016 para substituir o atual Código de Obras e Posturas, de 1981. O colegiado aprovou nove emendas à mensagem, que versam desde acessibilidade  a regras para nomeação de equipamentos públicos.

Outras 86 emendas – sendo 68 da própria comissão e o restante do relator Acrísio Sena (PT) – foram retiradas pelos autores. A expectativa é que as demandas sejam discutidas através de um “emendão” que a Prefeitura deve apresentar em segunda discussão, alterando mais de 40% do projeto.

Esta foi a segunda sexta-feira consecutiva na qual houve reunião das comissões técnicas, que geralmente ocorrem de terça a quinta, aproveitando a presença dos parlamentares na Casa para as sessões plenárias. No dia 11, quando também ocorreu uma sessão extraordinária que autorizou viagem do prefeito Roberto Cláudio (PDT) a Suécia, a Comissão Conjunta de Legislação, Meio Ambiente e Transporte debruçou-se sobre as propostas do Executivo para a regulamentação do transporte individual privado – categoria na qual se enquadram empresas como Uber e 99Pop – e de modernização do sistema de táxis da Capital. Os dois textos foram aprovados em plenário já na terça-feira, 22.

 

 

13:43 · 17.05.2018 / atualizado às 13:43 · 17.05.2018 por

O vereador Eron Moreira (PP) foi à tribuna da Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor) na manhã desta quinta, 17, para defender a criação de uma célula de Saúde municipal voltada para travestis e transsexuais. O parlamentar já teve um projeto de indicação sobre o assunto de sua autoria aprovada pela Casa. “Espero que o prefeito (Roberto Cláudio, do PDT) como médico tenha esse entendimento”, declara.

A fala foi feita em razão do Dia Internacional de Combate à homofobia, comemorado nesta quinta, 17. O parlamentar declara que são necessárias políticas voltadas para a comunidade LGBT. “É uma data, acima de tudo, humanitária”, diz.

11:54 · 17.05.2018 / atualizado às 14:02 · 17.05.2018 por

A Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor) recebe, na manhã desta quinta, 17, palestra do superintendente da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), Arcelino Lima, que vai à Casa falar sobre as atividades desenvolvidas pela Prefeitura na área de segurança viária. Em razão da palestra, não haverá Grande Expediente, momento no qual ocorrem os maiores pronunciamentos, de até 15 minutos.

A ida do superintendente é fruto de um convite de Evaldo Lima (PCdoB) aprovado pela Casa na última quinta-feira, 10. O comunista fez a proposta em razão do Maio Amarelo, campanha internacional de conscientização sobre a violência no trânsito.

13:51 · 16.05.2018 / atualizado às 14:43 · 16.05.2018 por
Celio Studart foi o único vereador que votou contra a nova lei para aplicativos de transporte como o Uber Foto: Lucas Moura

O vereador Célio Studart (PV) respondeu, da tribuna da Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor), as críticas feitas pelo seus colegas Márcio Cruz (PSD) e Adail Jr. (PDT) por suas discordâncias ao projeto aprovado pela Casa, ontem, regulamentando o transporte individual privado, categoria na qual se enquadram empresas como Uber e 99Pop. O parlamenta foi o único que votou contra a nova lei que regulamenta o funcionamento dos aplicativos de transporte, como o Uber.

De acordo com ele, ao contrário do que afirmou Adail, o vereador sabia exatamente o que estava votando. “Em nenhum momento nessa Casa, me chamaram para fazer parte desse tipo de acordo”, frisou.

O projeto representa, segundo Studart, um aumento de tarifas, contra o que ele teria comprometido-se em campanha.   “Não quero perpetuar esse debate, mas eu exijo respeito, porque neste um ano e meio (de mandato) eu não desrespeitei ninguém”, declara.

Em resposta, Adail declarou que Studart foi convidado para as negociações. De acordo com o trabalhista, o parlamentar era membro da Comissão Conjunta de Legislação, Meio Ambiente e Transporte, que foi responsável por analisar o assunto e na qual a maior parte do que foi aprovado na terça foi negociado.

“Demagogo”, acusa vereador

O vereador Márcio Cruz (PSD) foi à tribuna da Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor) na manhã desta quarta, 16, para criticar Célio Studart. De acordo com ele, o parlamentar estaria tentando denegrir os membros da Casa em razão da votação, ocorrida na terça-feira.  O peessedista não citou o nome do colega, referindo-se apenas a um parlamentar que estaria “dizendo nas redes sociais que é o único vereador que votou contra a mensagem, que ela retiraria direitos”. Para Cruz, o vereador seria “um demagogo”.

Márcio Cruz também criticou a reação da empresa Uber à regulamentação da modalidade. De acordo com ele, a Casa fez diversas adaptações ao projeto que, na sua avaliação, seriam positivas para o transporte individual privado. “A partir de hoje, eu não atendo mais representantes da Uber. E estou pensando sinceramente em pedir para o prefeito (Roberto Cláudio, do PDT) vetar as minhas emendas”, diz. Studart também foi criticado pelo primeiro vice-presidente da Casa, Adail Jr. (PDT). “Não participou de uma reunião de comissão para depois dizer que só ele votou contra”, declara. De acordo com ele, Studart desconhecia a matéria.

 

 

13:47 · 16.05.2018 / atualizado às 13:47 · 16.05.2018 por

O vereador Márcio Cruz (PSD) foi à tribuna da Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor) na manhã desta quarta, 16, para criticar o vereador Célio Studart (PV). De acordo com ele, o parlamentar estaria tentando denegrir os membros da Casa em razão da votação, ocorrida ontem, terça-feira, da regulamentação do transporte individual privado, categoria na qual se enquadram empresas como Uber e 99Pop. Studart votou contra o projeto. O peessedista não cita o nome do colega, referindo-se apenas a um parlamentar que estaria “dizendo nas redes sociais que é o único vereador que votou contra a mensagem, que ela retiraria direitos”. Para Cruz, o vereador seria “um demagogo”.

O parlamentar também criticou a reação da empresa Uber à regulamentação da modalidade. De acordo com ele, a Casa fez diversas adaptações ao projeto que, na sua avaliação, seriam positivas para o transporte individual privado. “A partir de hoje, eu não atendo mais representantes da Uber. E estou pensando sinceramente em pedir para o prefeito (Roberto Cláudio, do PDT) vetar as minhas emendas”, diz. Studart também foi criticado pelo primeiro vice-presidente da Casa, Adail Jr. (PDT). “Não participou de uma reunião de comissão para depois dizer que só ele votou contra”, declara. De acordo com ele, Studart desconhecia a matéria.

13:43 · 16.05.2018 / atualizado às 13:43 · 16.05.2018 por

Retornou às comissões técnicas projeto de autoria da vereadora Priscila Costa (PRTB) que defende a mudança do nome do Centro Urbano de Cultura e Arte (Cuca) Che Guevara para Bárbara de Alencar.

A proposta recebeu uma sugestão de emenda ainda na manhã desta quarta, 16, de autoria de Guilherme Sampaio (PT), determinando que haja consulta pública sobre a mudança com a comunidade próxima ao equipamento, localizado na Barra do Ceará. O anúncio pegou os vereadores de surpresa. De acordo com a autora do projeto, a sugestão seria inconstitucional e “meramente protelatória”. Priscila Costa passou a manhã fazendo corpo a corpo  para tentar viabilizar a aprovação. Ela esperava que o projeto fosse votado ainda na sessão desta quarta, 16.