Busca

Tag: Prefeitura


08:49 · 19.10.2017 / atualizado às 09:02 · 19.10.2017 por
Vice-prefeito disse que identificou cinco áreas que já podem receber o equipamento Foto: Fernanda Siebra

por Renato Sousa 

O vice-prefeito de Fortaleza, Moroni Torgan, informou, em entrevista ao Diário do Nordeste, ontem, que espera que a Prefeitura consiga instalar “umas três” células de proteção comunitária ainda neste ano. O número é consideravelmente menor do que o que foi anunciado em março, quando a proposta foi divulgada.

Naquela época, em palestra dada aos vereadores, o democrata havia anunciado que pelos menos 15 unidades seriam instaladas na Capital. “Hoje (ontem) ainda, eu tenho uma reunião com o prefeito, e nós acreditamos que antes do fim do ano ela já estará sendo posta em prática”. De acordo com ele, a administração já identificou cinco áreas que podem receber o equipamento.

A célula de proteção comunitária é parte da estratégia do Paço Municipal para combater a criminalidade na Capital. O projeto, que integra o Plano Municipal de Proteção Urbana, prevê a instalação de torres de vigilância com dois guardas municipais, que contarão com imagens de uma série de câmeras. Essas torres servirão como uma base de apoio para equipes compostas por 30 guardas municipais e dez policiais militares, que atuarão durante 24 horas.

Com essas imagens, o prefeito em exercício espera reduzir o tempo de resposta das equipes aos crimes. Segundo entrevista concedida em março, esse período deve cair de mais de meia-hora em direção a uma meta de cerca de cinco minutos, que ele avisa que será atingida gradativamente. O projeto prevê, além de políticas públicas para a prevenção do crime e a requalificação urbana, uma integração entre a Polícia Militar e a Guarda Municipal. Enquanto essa realizará rondas em bicicletas e em motos – estes últimos, com armamento semi-letal -, a outra contará com armamento e viaturas pela cidade.

A expectativa é que, junto a cada uma das torres de vigilância, atuem cerca de 30 guardas municipais e dez policiais militares. Parlamentares têm feito críticas ao projeto. O presidente da Comissão de Segurança Pública, Márcio Cruz (PSD), declarou que não é razoável pedir que os Guardas Municipais façam rondas nas regiões onde está prevista a instalação das células, que segundo a administração, deve ocorrer nas regiões mais críticas em termos de criminalidade fazendo uso apenas de, no máximo, armamento semi-letal.

“Se ele implantar essas Células de Segurança do jeito que propuseram, vão morrer pais de família da Guarda Municipal. E o sangue vai estar nas mãos do secretário de Segurança Cidadã (Antônio Azevedo) e do vice-prefeito”, declarou o parlamentar, em setembro passado, durante discurso no plenário da Casa.

Moroni declarou que o tema não passou despercebido entre aqueles à frente da iniciativa. “Temos a mesma preocupação e, para isso, vamos tomar algumas providências”, declarou o democrata. Questionado sobre quais seriam as medidas, ele disse que não poderia revelar.

09:20 · 29.09.2017 / atualizado às 09:20 · 29.09.2017 por

por Renato Sousa

A Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor) aprovou, ontem, mensagem da Prefeitura instituindo o Fundo Garantidor das Parcerias Público-Privadas (PPPs). O texto é uma das três mensagem do Paço Municipal enviados à Casa como parte do programa Fortaleza Competitiva, que visa melhorar o ambiente de negócios na Capital. Foram 23 votos favoráveis à matéria e uma abstenção.

De acordo com a apresentação da proposta, o dispositivo servirá como segurança ao investidor privado, de maneira a atrair recursos para a Capital. “Não há como negar que se trata de importante ferramenta em relação ao aspecto de segurança e mitigação de riscos contra inadimplência”, diz.

O Fundo será abastecido com fontes variadas de recursos, como os provenientes do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), em um limite de até 6% do que foi transferido no ano anterior, bens móveis e imóveis e recursos provenientes de aplicações financeiras do próprio instrumento, entre outros. Segundo a apresentação da mensagem, os recursos serão utilizados como um seguro aos parceiros privados.

“Considerando a natureza do Fundo e suas características, não há como negar que se trata de importante ferramenta em relação ao aspecto de segurança e mitigação de riscos contra inadimplência requerida pelos investidores privados”, registra o texto.

Outras duas mensagens do Fortaleza Competitiva aguardam votação. Uma delas foi votada em primeiro turno na manhã de quarta, 27, precisando ser votado uma segunda vez. O texto reestrutura o Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico (CMDE). Para o prefeito, esta “propositura representa um avanço na modernização”.

09:41 · 28.11.2016 / atualizado às 09:41 · 28.11.2016 por

Além de comentários no ambiente político, representantes de outros segmentos da sociedade estão reclamando da situação do Município de Iguatu, sobretudo após o resultado da eleição municipal, com a derrota do atual prefeito. A sede do Município segundo alguns, está muito diferente do que era antes da eleição.

Médicos que recentemente participaram de evento em Iguatu têm depoimentos muito negativos para o Município, também na área da Saúde. Um deles disse para jornalistas que é realmente caótica a situação do Município, sentimento corroborado por figuras expressivas de lá, não ligadas aos grupos políticos que brigaram pela Prefeitura.

 

11:04 · 15.11.2016 / atualizado às 11:04 · 15.11.2016 por

Quem procurou o Fórum Cível da Comarca de Eusébio, na última segunda-feira, se deparou com um aviso na entrada principal do prédio, comunicando que não haveria expediente pelo fato de a Prefeitura do Eusébio ter decretado ponto facultativo para o seu pessoal, antecipando o feriado de 15 de novembro.

Como a maioria do pessoal que atende no Fórum é pago pela Prefeitura do Município, a Justiça no Eusébio estava de folga. O guarda que ficava por trás da grade na entrada  dizia, a quem chegava lá, que só coisas urgentes seriam atendidas.

14:45 · 04.10.2016 / atualizado às 14:45 · 04.10.2016 por

O deputado estadual George Valentim (PCdoB) utilizou o tempo na  tribuna da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará nesta terça-feira (4) para tratar do cenário político após a eleição do prefeito João Paulo Xerez (PHS), em Maranguape.

Como ex-prefeito do município e apoiador da candidatura de Xerez, ele parabenizou a coligação que elegeu o prefeito, da qual faz parte. “A população abraçou essa candidatura. Tivemos uma das maiores vitórias com a maioria de 7 mil votos, vencendo o atual prefeito que disputava a reeleição”, relatou.

Além disso, Valentim pediu para que ocorra uma transição pacífica da melhor maneira possível.

12:07 · 09.08.2016 / atualizado às 12:07 · 09.08.2016 por

O deputado Ely Aguiar (PSDC) discursou nesta terça-feira (9), da tribuna da Assembleia Legislativa, para explicar a impossibilidade de sua candidatura à Prefeitura de Fortaleza em 2016.

Ely afirmou que pontuava cerca de seis pontos nas pesquisas a que teve acesso, mas sua candidatura não foi formalizada por falta de recursos. O deputado disse que outros candidatos também terão a mesma dificuldade no pleito por causa da nova legislação, que impugna o financiamento empresarial de campanha.

12:30 · 07.08.2016 / atualizado às 21:53 · 07.08.2016 por
Candidatos participarão de reuniões internas para preparar propagandas.
Candidatos participarão de reuniões internas para preparar propagandas.

Os candidatos a prefeito de Fortaleza têm, neste fim de semana, agenda intensa de reuniões para acertar detalhes para início da campanha, em definitivo, nas ruas, oficialmente a partir do dia 16 próximo, um dia após o fim do prazo para pedido de registro das candidaturas à Justiça Eleitoral. A maior parte dos encontros sábado, domingo e segunda-feira diz respeito a debates internos com correligionários e preparativos para os programas da campanha eleitoral, que se iniciam no próximo dia 16 de agosto.

A candidata pelo Partido dos Trabalhadores (PT), Luizianne Lins, realiza, durante todo o dia deste domingo, encontros e reuniões com apoiadores. Amanhã está fechado reunião com a equipe de pré-campanha no horário da manhã.

O candidato do PSB, Heitor Férrer, aproveitou o fim de semana para realizar reuniões internas. Durante a semana, segundo a assessoria do pessebista, ele continuará com atividades na Assembleia Legislativa, caso haja sessões ordinárias.

Na semana passada as plenárias ocorreram, praticamente, esvaziadas se encerrando antes do meio dia. Na sexta-feira, inclusive, último dia para realização de convenções partidárias, não houve trabalho por falta de quórum.
Candidato do PDT à reeleição, o prefeito Roberto Cláudio, divulgou apenas agendas administrativas, nada externo no que diz respeito à candidatura. No entanto, participou da VII Pedalada com Jesus. Na segunda-feira, a assessoria do postulante deve concluir a agenda para a semana.

Após concluir visita a municípios onde o PHS apresentou candidatos à disputa majoritária no Interior do Ceará, o deputado Tin Gomes, que postula a vaga de prefeito em Fortaleza, resolveu tirar o fim de semana para descanso.

No sábado, o candidato do PRB, Ronaldo Martins, gravou programas para TV e realizou reunião junto à coordenação da campanha. Na manhã de hoje, o republicano visitou a Feira da Parangaba, e à tarde gravará programas de TV. Na segunda-feira, ele participará de sessão de fotos para material gráfico, e à tarde realizará mais um encontro com a coordenação de campanha.

Capitão Wagner, do Partido da República, na manhã deste domingo, deu aula para cursinho onde é professor, e realizou um almoço com correligionários. No período da tarde estava marcada uma reunião com integrantes da campanha. Na segunda-feira o candidato realiza reunião com os postulantes ao cargo de vereador, e à noite participa de sessão solene da Assembleia Legislativa.

Durante toda a semana, o candidato João Alfredo participará de eventos de lançamento de candidaturas de membros do PSOL à Câmara Municipal de Fortaleza. Na segunda-feira ele realizará reunião com a coordenação de campanha e à noite dará aula, uma vez que é professor. Até o fechamento desta matéria, a assessoria da candidatura de Francisco Gonzaga ainda não havia repassado informações sobre a agenda do postulante.

 

08:44 · 06.06.2016 / atualizado às 08:44 · 06.06.2016 por

Por Miguel Martins

 

O deputado Tin Gomes foi apresentado ontem, pela presidente nacional do PHS, como o candidato do partido à Prefeitura de Fortaleza FOTO: José Leomar
O deputado Tin Gomes foi apresentado ontem, pela presidente nacional do PHS, como o candidato do partido à Prefeitura de Fortaleza FOTO: José Leomar

O deputado Tin Gomes (PHS) oficializou a sua pré-candidatura à Prefeitura de Fortaleza, na manhã de ontem, em evento realizado na sede da Assembleia Legislativa do Ceará. O parlamentar, que desde o início do ano vinha se colocando como possível postulante ao cargo evitou fazer qualquer crítica à gestão do prefeito Roberto Cláudio, do qual o PHS sempre foi aliado, e conseguiu atrair para si o apoio de PRP e PMN.
Tin Gomes disse que se apresenta como mais uma opção para Fortaleza, e caso seja eleito, deve realizar uma gestão visando os ideais humanistas e de solidariedade que regem sua legenda. “Queremos discutir a cidade para as pessoas, sempre tentando trabalhar com igualdade, e transformar Fortaleza. Pretendemos quebrar o muro que existe entre a Aldeota, Meireles e a periferia de Fortaleza. Temos que humanizar a cidade”, defendeu o pré-candidato.
Segundo ele, além de PRP e PMN outras siglas estão dialogando com o PHS com vistas de aderir à pré-candidatura humanista em Fortaleza. Presidente do PRP, o deputado Joaquim Noronha afirmou que escolheu apoiar Gomes devido sua capacidade de diálogo, experiência no Executivo e Legislativo da Capital, além do pulso firme e conhecimento de toda a Capital cearense. “O Tin Gomes conhece da mais alta à baixa situação política do Município e tem condições de ajudar a tirar Fortaleza das dificuldades que enfrenta hoje”.
O dirigente ressaltou que o PRP vai trabalhar para atrair mais siglas aliadas, bem como procurar eleger o máximo de vereadores possíveis para a Câmara Municipal. “Temos uma missão árdua com nossos candidatos, mas esperamos e acreditamos que Tin Gomes tem tudo para se eleger”, disse. O presidente do PSL no Ceará, José do Carmo, também prestigiou o evento, mas afirmou que não vai apoiar Tin Gomes, visto que faz parte da base de sustentabilidade ao prefeito Roberto Cláudio.
Os dirigentes da cúpula nacional do PHS, em suas falas, ressaltaram que, apesar de ser uma das cidades mais bonitas do Brasil, Fortaleza tem sido abandonada pelas gestões que se preocupam apenas com grandes obras.
“Com todo o respeito que temos à gestão do prefeito Roberto Cláudio, mas nossa prioridade sempre foi com o partido e com o deputado Tin Gomes, que é fundador do partido, e seja qual for a opção política dele, a direção, com certeza, vai estar seguindo, pelo respeito e confiança que temos na figura do Tin”, disse o presidente do PHS Nacional, Eduardo Machado.
Além de Fortaleza, o PHS fechou questão e lançará candidaturas próprias em São Paulo, Curitiba, Goiânia, Cuiabá e em outras cidades importantes do País. “Costumo dizer que essa é uma de nossas estratégias, para estabelecer candidaturas próprias, levarmos nossas ideias e fortalecer nomes”, disse.
Nas disputas proporcionais o PHS vai lançar o maior número de candidaturas “puras” e evitar coligações com outras siglas visando fortalecer a representatividade da legenda nas casas legislativas municipais. A tendência é quadruplicar o número atual de vereadores em todo o Brasil, que chega a quase mil representantes.
Uma presença que chamou atenção foi a do líder do Governo na Assembleia Legislativa e correligionário do prefeito Roberto Cláudio, o deputado Evandro Leitão (PDT). Em seu discurso, Leitão afirmou que Fortaleza tem oportunidade de eleger alguém que tem vasto conhecimento nas principais dificuldades enfrentadas pela Capital.

12:30 · 24.11.2015 / atualizado às 12:43 · 24.11.2015 por
A deputada Rachel Marques (PT) foi a primeira a trazer a notícia à Assembleia.
A deputada Rachel Marques (PT) foi a primeira a trazer a notícia à Assembleia.

O atirador que matou Sidney Cavalcante, vice-prefeito de Choró, na manhã desta terça-feira (24), ainda está dentro do gabinete da prefeitura do município, conforme informações recebidas pela deputada Rachel Marques (PT), que está em  contato com autoridades locais. Além de Sidney, outras pessoas foram feridas, segundo informações do Samu.

14:03 · 13.10.2015 / atualizado às 14:03 · 13.10.2015 por
A pré-candidata anunciou a retirada pelo Facebook nesta terça-feira.
A pré-candidata anunciou a retirada pelo Facebook nesta terça-feira.

Irmã dos ex-governadores Cid Gomes e Ciro Gomes, Lia Ferreira Gomes comunicou pelo Facebook nesta terça-feira (13) que não é mais pré-candidata a prefeitura de Caucaia. No relato, ela informa que o atual prefeito, Washington Luiz, retirou o apoio a candidatura dela e não irá apoiar ninguém à sucessão do município. Leia o discurso na íntegra:

“Hoje estou me sentido uma pessoa mais leve e feliz. A atitude do Dr. Washington, hoje na Câmara, me mostrou o quanto eu estava certa em trabalhar como militante em sua reeleição.

A política que eu vivencio desde criança e aprendi em casa é como este gesto dele. Desprendido e pensando, exclusivamente, no bem das pessoas. Foi para isso que milhares de caucaienses confiaram a ele o voto e administração do município.

Ao retirar o apoio à minha pré-candidatura e fechando a porta para apoiar qualquer outro candidato, até o fim de seu mandato, preocupado em proteger a população dos pedidos descabidos, das exigências pouco honestas e até da falta de decoro de certos políticos, mostra que ele pratica a política no mais alto nível.

Eu escolhi Caucaia para viver e fixar minha residência. Conheci esta cidade andando pelos bairros mais necessitados e conversando as pessoas que mais precisam de politicas públicas voltadas para seu bem estar. Trabalhei e vou continuar trabalhando por estas pessoas independente de candidatura. A política está no meu sangue, política de alto nível como a do Dr. Washington. Não a política suja que alguns tentam praticar.

As pessoas confiam que os políticos irão trabalhar para o bem comum, mas infelizmente, não é assim que muitos agem. A politica é, e deve ser, um meio de transformar a vida das pessoas para melhor. Quando isso não acontece algo está errado e é hora de pensar. Concordo que, neste momento, minha pré-candidatura deve ser retirada. Me afasto da candidatura, mas não dos problemas de Caucaia, não das pessoas que confiaram e confiam em mim. Não da cidade que escolhi para viver e que tão carinhosamente me acolheu. Aqui é onde me sinto em casa. Continuarei lutando, buscando recursos e ajuda para quem precisa. Deixo aqui o meu muito obrigada aos amigos Ester e Washington.”