Busca

Turismo e exploração sexual

09:25 · 09.05.2013 / atualizado às 09:25 · 09.05.2013 por

Por Georgea Veras

A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Turismo, Emprego e Renda da Câmara Municipal de Fortaleza vai realizar um debate nessa sexta-feira, dia 10, para discutir a exploração sexual infanto juvenil em Fortaleza. A necessidade de levantar essa discussão, conforme o presidente do colegiado, vereador Gelson Ferraz (PRB), é a aproximação da realização da Copa das Confederações e da Copa do Mundo, na Capital cearense.
“Fortaleza não precisa desse tipo de turismo”, defendeu o parlamentar. De acordo com ele, na legislatura passada, quando também presidia a Comissão de Turismo, o grupo foi o responsável pela confecção de um panfleto em português, inglês e espanhol que falava aos turistas que chegavam em Fortaleza, sobre o turismo sexual e a exploração sexual de crianças e adolescentes.
O panfleto, conforme o parlamentar, foi distribuído pelos vereadores, no segundo semestre de 2009, no Aeroporto Internacional Pinto Martins, na Avenida Beira Mar, no Centro Cultural Dragão do Mar e na Praia de Iracema. Na época, eles iniciaram a campanha “Criança não é atração turística”.
Gelson Ferraz lembra que, no dia em que os vereadores foram distribuir o material no Aeroporto, chegou um voo charter com turistas de vários países da Europa, todos homens que, segundo o parlamentar, não se sabia quanto tempo eles permaneceriam em Fortaleza e porque escolheram a cidade como destino turístico. O parlamentar contou que os organizadores que acompanhavam aqueles turistas chegaram a orientá-los a não receber o material que estava sendo distribuído pelos vereadores.
Agora o vereador quer novamente debater o combate ao turismo sexual e exploração infantil, devido aos eventos de grande porte que a cidade receberá, no caso, as copas, momento e que a cidade receberá turistas de vários países. O fórum sobre exploração sexual infanto juvenil, conforme o parlamentar, tem a intenção de chamar a atenção da sociedade e das autoridades sobre a problemática. O evento será realizado nessa sexta-feira, a partir das 13h30 no auditório da Câmara.

Comentários 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *