Busca

Debate sobre a introdução do voto impresso

11:13 · 23.09.2017 / atualizado às 11:13 · 23.09.2017 por
Por Letícia Lima
A implantação do voto impresso em parte das urnas eletrônicas nas próximas eleições foi defendida  da tribuna da Assembleia Legislativa, pelo deputado Ely Aguiar (PSDC). Para ele, o atual sistema de votação “deixa uma série de dúvidas com relação à sua lisura”. Ele ressalta que o Congresso Nacional já aprovou uma Lei estabelecendo o voto impresso e que, por isso, deve ser posta em prática.
Embora o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) avalie que a implantação do novo sistema deva custar R$ 1,8 bilhão, Ely Aguiar acredita que “num País de tanta roubalheira”, esse valor não seria uma soma gastronômica. Segundo o parlamentar, o seu partido realizará uma campanha nacional a favor do voto impresso.
“Me dá impressão que isso (voto impresso) iria dar uma segurança ao eleitor, aos partidos e, principalmente à Justiça Eleitoral de cada Estado, porque a recontagem dos votos seria de uma forma transparente, então estamos solicitando que como já existia uma projeção desse voto impresso ser utilizado nas eleições de 2018 onde a reforma política foi pífia, que isso seja introduzido agora”.
A estimativa do TSE é de que 35 mil urnas desse novo modelo sejam utilizadas em todo o país já no próximo pleito.

Comentários 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *