Busca

15:34 · 27.05.2016 / atualizado às 18:18 · 27.05.2016 por

Lava JatoA Operação Lava Jato alcançou hoje, em todo o País, um tão alto grau de credibilidade e popularidade, que será impossível interromper – ou mesmo tentar prejudicar – suas investigações.

Quanto mais surgem novas delações, mais se descobrem novos crimes praticados pelos políticos, e mais chocada e revotada fica a população brasileira.

Pelo que se lê e ouve a respeito das investigações e, principalmente, das novas revelações feitas pelo ex-presidente da Transpetro, o cearense Sérgio Machado, tem-se a impressão de que não ficará – como ele mesmo disse – “pedra sobre pedra”, uma vez que os mais influentes políticos dos grandes partidos estão envolvidos no escândalo.

E o que mais preocupa é o fato de que mais revelações estão para surgir, levando-se em conta que ainda não foi divulgada a delação premiada dos executivos da Odebrecht, a qual, segundo antecipou o ex-presidente José Sarney, tem o poder de destrução de uma metralhadora ponto 100.

 

15:25 · 27.05.2016 / atualizado às 18:20 · 27.05.2016 por

SUSA Agência Nacional de Saúde (ANS) revela que, nos últimos meses, 1,5 milhão de brasileiros trocaram o plano de saude privado pelo Sistema Único de Saúde (SUS), público.

De acordo com a ANS, esses brasileiros perderam seus empregos e, por isto mesmo, tiveram de dispensar o plano de saúde privado.

Este é o lado perverso da crise na qual o País está mergulhado.

Não seria um lado perverso, se o SUS funcionasse a contento.

Mas não é o que acontece.

15:16 · 27.05.2016 / atualizado às 18:22 · 27.05.2016 por

newlandLuiz Teixeira, sócio majoritário do Grupo Newland – uma rede de 20 lojas revendedoras de automóveis multimarcas com sede em Fortaleza e filiais em Teresina, João Pessoa e Recife – informa que, no último mês de abril, sua organização bateu alguns recordes de venda.

A loja da Newland em Teresina vendeu, no mês passado, 260 automóveis da marca Toyota.

E na sua loja de Fortaleza essas vendas alcançaram outro recorde: 280 veículos Toyota, novos, vendidos.

Tudo isso em plena crise da economia, quando o que se registra é exatamente o contrário, uma queda vertiginosa nas vendas de carros zero quilômetro.

De acordo com Luiz Teixeira, a Newland – que no ano passado de 2015 abriu três lojas no Piauí – abrirá uma nova da Toyota em João Pessoa e outra, exclusiva de automóveis da marca Merces Benz, em Recufe.

A Newland conquistou há 10 dias – pelo segundo ano consecutivo -o Prêmio de Melhor Revenda Toyota no Brasil.

15:08 · 27.05.2016 / atualizado às 15:10 · 27.05.2016 por

figueiraTendo sido aclamado pela multidão, Jesus entrou, no Templo, em Jerusalém, e observou tudo. Mas, como já era tarde, saiu para Betânia com os doze. No dia seguinte, quando saíam de Betânia, Jesus teve fome. De longe, ele viu uma figueira coberta de folhas e foi até lá ver se encontrava algum fruto. Quando chegou perto, encontrou somente folhas, pois não era tempo de figos. Então Jesus disse à figueira: “Que ninguém mais coma de teus frutos”. E os discípulos escutaram o que ele disse. Chegaram a Jerusalém. Jesus entrou no Templo e começou a expulsar os que vendiam e os que compravam no Templo. Derrubou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos vendedores de pombas. Ele não deixava ninguém carregar nada através do Templo. E ensinava o povo, dizendo: “Não está escrito: ‘Minha casa será chamada casa de oração para todos os povos?’. No entanto, vós fizestes dela uma toca de ladrões”.

Os sumos sacerdotes e os mestres da Lei ouviram isso e começaram a procurar uma maneira de o matar. Mas tinham medo de Jesus, porque a multidão estava maravilhada com o ensinamento dele. Ao entardecer, Jesus e os discípulos saíram da cidade. Na manhã seguinte, quando passavam, Jesus e os discípulos viram que a figueira tinha secado até a raiz. Pedro lembrou-se e disse a Jesus: “Olha, Mestre: a figueira que amaldiçoaste secou”. Jesus lhes disse: “Tende fé em Deus. Em verdade vos digo, se alguém disser a esta montanha: ‘Levanta-te e atira-te no mar’, e não duvidar no seu coração, mas acreditar que isso vai acontecer, assim acontecerá. Por isso vos digo, tudo o que pedirdes na oração, acreditai que já o recebestes, e assim será. Quando estiverdes rezando, perdoai tudo o que tiverdes contra alguém, para que vosso Pai que está nos céus também perdoe os vossos pecados”.

04:13 · 26.05.2016 / atualizado às 04:15 · 26.05.2016 por

empregoOs três níveis do Governo – o federal, o estadual e o municipal – têm no Estado do Ceará uma fortíssima e importantíssima participação na oferta de emprego formal.

Na opinião do economista Cláudio Ferreira Lima, secretário-adjunto da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), que falou terça-feira 24, para mais de 100 prefeitos cearenses reunidos no Centro de Eventos, só na Região dos Inhamuns, por exemplo, 75% de todos os empregos formais, ou seja, com carteira assinada, são oriundos do poder público – ou do governo da União, ou do Governo do Estado ou da Prefeitura Municipal.

Mas ele ressaltou que, na região geopolítica de incluência de Sobral, esse porcentual desce para 24%.

Cláudio Ferreira Lima explicou aos prefeitos que quanto mais desenvolvida – economica, social e culturalmente – for a região, menos emprego público ela tem.

O secretário-adjunto da SDE revelou que o grande desafio hoje dos gestores públicos é incrementar emprego e renda do setor privado nas áreas mais carentes do Ceará,como os sertões de Crateús, onde o emprego público domina 63% das vagas e de Canindé, onde 61% dos empregos originam-se no poder público.

03:57 · 26.05.2016 / atualizado às 04:09 · 26.05.2016 por

cinturão digitalApenas 45% da população do Ceará estão conectados à internet.

Esta informação é do empresário cearense Paulo Silva, sócio majoritário da empresa Vector Information Tecnology Soluctions.

Apesar desse nome em inglês, a empresa é genuinamente cearense.

Paulo Silva, um especialista em Tecnologia da Informação, faz uma aposta: na sua opinião, e observando o que estão  a fazer na área da tecnologia o Governo do Estado, as empresas privadas e também as prefeituras municipais, ele estima que, em menos de cinco anos, o Ceará terá 80% de sua população conectados à rede mundial de computadores.

Para isso, ele explicou, foi importante a iniciativa do governo estadual cearense de implantar, e já está implantado e em pleno funcionamento, o Cinturão Digital, um cabo de banda larga, de alta velocidade, que interliga todo o Estado do Ceará.

03:50 · 26.05.2016 / atualizado às 03:53 · 26.05.2016 por

animais domésticosUma pesquisa mundial feita pela multinacional de consultoria GFK acaba de apurar o seguinte:

56% das pessoas que moram nos países dos cinco continentes têm em sua casa algum animal de estimação.

Pois bem: a pesquisa apurou que, aqui no Brasil – o Ceará nomeio – esse porcentual é bem maior: 75% dos brasileiros abrigam, em suas casas, algum animal de estimação.

Agora, vamos ao detalhe: 58% das casas brasileiras têm um cão, um cachorrinho ou um cachorrão de estimação;

28% das casas têm pelo menos um gato;

11% têm um passarinho ou outra ave, como um papagaio;

e 7% têm um aquário de peixe.

É por esta razão que tem crescido em progressão geométrica as pet shops.

E, simultaneamente, o número de médicos veterinários.

03:44 · 26.05.2016 / atualizado às 03:46 · 26.05.2016 por

Caixa EconômicaO gerente da área de Governo da Caixa Econômica Federal no Ceará, Celso Lelis, está anunciando que sua instituição Caixa dispõe de toda a estrutura de financiamento para a implementação de Parcerias Público Privadas.

Lelis falou terça-feira, 24/05, no seminário Prefeitos do Ceará 2016, promovido pela Prática Eventos com o apoio do Tribunal de Contas dos Municípios e do Diário do Nordeste.

Ao longo de sua palestra Celso Lelis disse aos gestores municipais que as PPPs se destinam, preferencialmente, ao financimento de projetos da área de infra-estrutura, como estradas, por exemplo.

Ele também explicou que as Parcerias Público Privadas são uma nova, boa e atraente ferramenta de que dispõe a Caixa para as prefeituras municipais do Ceará.

Na opinião deste blog, as PPPs interessam, hoje, a prefeituras de bom porte, como as de Maracanaú, Juazeiro do Norte e Sobral.

As Parcerias Público Privadas podem ser feitas para a instalação e operação, por exemplo, de aterros sanitários.

03:36 · 26.05.2016 / atualizado às 03:38 · 26.05.2016 por

cinco pãesNaquele tempo, Jesus acolheu as multidões, falava-lhes sobre o Reino de Deus e curava todos os que precisavam. A tarde vinha chegando. Os doze apóstolos aproximaram-se de Jesus e disseram: “Despede a multidão, para que possa ir aos povoados e campos vizinhos procurar hospedagem e comida, pois estamos num lugar deserto”.Mas Jesus disse: “Dai-lhes vós mesmos de comer”. Eles responderam: “Só temos cinco pães e dois peixes. A não ser que fôssemos comprar comida para toda essa gente”. Estavam ali mais ou menos cinco mil homens. Mas Jesus disse aos discípulos: “Mandai o povo sentar-se em grupos de cinquenta”. Os discípulos assim fizeram, e todos se sentaram. Então Jesus tomou os cinco pães e os dois peixes, elevou os olhos para o céu, abençoou-os, partiu-os e os deu aos discípulos para distribuí-los à multidão. Todos comeram e ficaram satisfeitos. E ainda foram recolhidos doze cestos dos pedaços que sobraram.

05:39 · 24.05.2016 / atualizado às 05:41 · 24.05.2016 por

temer e jucáQuando nomeou seu ministério – formado de notáveis indiciados na Operação Lava Jato – o presidente interino Michel Temer revelou sua preferência pelas fortes emoções. E elas chegaram precocemente.

Só alguém com esse temperamento poderia reunir – como reuniu – no núcleo central do seu provisório governo personagens que há muitos anos são citados como acusados de irregularidades. Não só na Lava Jato, mas em antigas CPIs que em nada resultaram.

A revelação das conversas que seu já exonerado ministro do Planejamento, Romero Jucá, teve em março com o ex-presidente da Transpero, SérgioMachado, apenas comprovou, mais cedo do que se imaginava, que aquele núcleo político central da gestão Temer está bichado.

Desconfia-se de que mais revelações virão. Mais gravações serão conhecidas. O que elas trarão ninguem sabe. O de que se tem certeza é do agravamento da crise política, mãe da crise econômica, que é gravíssima.

Como um governo integrado por políticos sobre os quais pesa a suspeita de malfeitos terá força suficiente para aprovar no Parlamento as reformas de que o País precisa para sair da crise?