Busca

05:08 · 16.09.2016 / atualizado às 05:12 · 16.09.2016 por

jesusNaquele tempo, Jesus andava por cidades e povoados, pregando e anunciando a Boa-Nova do Reino de Deus. Os doze iam com ele; e também algumas mulheres que haviam sido curadas de maus espíritos e doenças: Maria, chamada Madalena, da qual tinham saído sete demônios; Joana, mulher de Cuza, alto funcionário de Herodes; Susana, e várias outras mulheres que ajudavam a Jesus e aos discípulos com os bens que possuíam.

16:20 · 15.09.2016 / atualizado às 16:20 · 15.09.2016 por

Trazendo como pauta o tema “Novos Paradigmas na Gestão da Confiabilidade de Equipamentos Operacionais”, a VI edição do Ciclo de Palestras será realizada no próximo dia 22 pela Associação das Empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (AECIPP). O palestrante será o engenheiro mecânico e atual presidente da entidade, Fernando Moura.

Serão apresentados aos empresários, gestores e profissionais de diversas áreas das empresas instaladas no Complexo os avanços tecnológicos no manuseio de equipamentos operacionais e soluções humanas nas áreas de operação, manutenção, engenharia e suprimentos, que evitam a queda do índice de desempenho das máquinas e sistemas produtivos.

Com vasta experiência em trabalhos de aumento da produtividade, Fernando Moura, esclarecerá ainda uma nova forma de atuar nas empresas, empregando metodologias que aumentam a confiabilidade e reduzem custos. O evento ocorrerá às 9h na sede da AECIPP – CE 422 – km 04 – Pecém. Inscrições e mais informações:relacionamento@aecipp.com.br.

FernandoMoura é o atual presidente da AECIPP, engenheiro mecânico com especialização em Engenharia de Manutenção. Diretor da empresa Lous Capital que atua no desenvolvimento de negócios e gestão da implantação e operação de empreendimentos. Foi diretor técnico da Usina Termelétrica Pecém II, atuou também durante 10 anos como consultor internacional da ABB – Asea Brown Boveri em trabalhos de aumento da produtividade industrial. É certificado no Japão como Instrutor Internacional de TPM (Total Productive Maintenance) pelo JIPM- Japan Institute of Plant Maintenance (1994) e também professor da UNIFACS – Universidade de Salvador – Bahia.

Fundada em setembro de 2015, a AECIPP é uma entidade sem fins lucrativos criada para representar as empresas ou instituições instaladas na poligonal do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), além das demais áreas dos municípios de São Gonçalo do Amarante e Caucaia. Atualmente são 17 empresas associadas, no segmento industrial ou de serviços, que juntas geram mais de 7 mil empregos diretos e um faturamento anual superior a R$12,2 bilhões.

 

 

16:15 · 15.09.2016 / atualizado às 16:15 · 15.09.2016 por
Desenvolvido pela Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) para ser um instrumento contra o desperdício de água, o aplicativo Cagece Mobile oferece à população a possibilidade de enviar de forma imediata ao sistema da companhia ocorrências referentes a vazamentos e denúncias de fraudes (também conhecidas como “gatos”). O aplicativo permite ainda envio de foto das ocorrências capturadas pelo próprio aplicativo ou armazenadas no aparelho, facilitando a localização da ocorrência via GPS.
 
O aplicativo possui ainda outras funcionalidades. Através dele, é possível registrar ocorrências referentes a falta de água, extravasamento de esgoto, além de verificação de faturas, emissão de 2ª via e até mesmo simulação da conta levando em consideração a nova meta da tarifa de contingência. O aplicativo conta ainda com dicas de como economizar água e possibilita o acompanhamento das demandas através de número de protocolo. 
 
O aplicativo pode ser baixado gratuitamente em smartphones e tablets, nas plataformas Android e iOS. Além dele, a população pode entrar em contato com a companhia pelas redes sociais, pelo chat online no portal da Cagece (www.cagece.com.br) ou pelo telefone 0800.275.0195.
 
Usando o Cagece Mobile
– Baixe o aplicativo (disponível para iOS – bit.ly/cagecemobileios- e Android –bit.ly/cagecemobileandroid
– Insira seu CPF ou CNPJ
– Faça login
– Navegue através das seguintes opções: vazamento de água; fraude de água; meta e tarifa de contingência; falta de água; tabela de multas; extravasamento de esgoto; buraco de água ou esgoto; serviços não concluídos; faturas em aberto; segunda via de fatura; últimas faturas; histórico de consumo; e lojas de atendimento.
16:05 · 15.09.2016 / atualizado às 16:05 · 15.09.2016 por

Com o intuito de conectar empresários, difundir e fortalecer os princípios éticos de governança corporativa no Brasil, o Grupo de Líderes Empresariais (LIDE) foi criado em 2003, composto por CEOs e VPs de grandes empresas. O LIDE conta, atualmente, com mais de 1.700 empresas filiadas que, juntas, representam cerca de 50% do PIB privado brasileiro. Tem origem em São Paulo e unidades em diferentes estados brasileiros, chegando agora ao Ceará, com o grupo liderado pela empresária Emília Buarque, presidente da unidade regional. O Grupo também está presente internacionalmente, em quatro continentes, nos seguintes países: Alemanha, Angola, Argentina, Chile, China, Estados Unidos, Itália, Marrocos, Moçambique, Portugal, Uruguai e Oriente Médio.

Além de unir empresários em prol de algo comum e consequentemente positivo para o desenvolvimento econômico do país, a Instituição tem ainda como objetivos: incentivar e promover as relações empresariais; discutir temas econômicos e políticos de interesse nacional; estimular o respeito pelo meio ambiente; defender a ética, os princípios democráticos e a eficiência de gestão nos setores público e privado; fortalecer a Governança Corporativa; promover, atualizar e aperfeiçoar o conhecimento empresarial; e sensibilizar o setor privado para programas comunitários, com prioridade para educação e formação profissional.

No Ceará, Emília Buarque formou um grupo multisetorial, multitemático e multilateral, para favorecer um ambiente positivo em várias frentes no estado, a interface dos empresários locais com as demais unidades nacionais e internacionais, além de colocar o Estado no mapa dos negócios mais robustos, das empresas mais profissionalizadas e dos mercados mais corporativizados. Para Gustavo Ene, CEO do LIDE, “o Ceará é um dos estados mais importantes do Nordeste, especialmente do ponto de vista econômico”.

Em outubro, o LIDE Ceará promoverá dois eventos, sempre exclusivos aos associados. O primeiro, no dia 14 de outubro, das 12h30 às 15 horas, acontecerá o Evento Inaugural LIDE, no Hotel Gran Marquise, com um almoço-debate com Dr. Cláudio Lottenberg, presidente do Hospital Israelita Albert Einstein e Presidente do LIDE Saúde. Já no dia 24 de outubro, das 12 horas às 14h30, também no Gran Marquise, se dará o Evento Inaugural do capítulo LIDE Mulher com um almoço-debate com Sonia Hess, ex-presidente da Dudalina e Presidente do LIDE Mulher.

07:27 · 15.09.2016 / atualizado às 07:29 · 15.09.2016 por

roberto e wagnerSegundo a última pesquisa do Ibope, feita para o Sistema Verdes Mares, a eleição para prefeito de Fortaleza está – neste primeiro turno – polarizada entre o candidato à reeleição Roberto Cláudio, do PDT apoiado pelo governador Camilo Santana (PT) e pelos irmãos Ferreira Gomes, e seu principal adversário, capitão Wagner, do PR,suportado pelos senadores Eunpicio Oliveira (PMDB) e Tasso Jereissati (PSDB).

Roberto Cláudio tem 34% das intenções deovot; Wagner, 28%.

A candidata doPT, Luizianne Lins, temos mesmos 18% da pesquisa anterior.

Roberto Cláudio cresceu 5% desde a pesquisa anterior, realizada no dia 22 de agosto. Mas o capitão Wagner cresceu 7%.

Essapolarização deverá levar os dois para a disputa no segundo turno, e aí – pelo que as mesmas pesquisas apontam – será um salve-se quem puder, de tão acirrada que a disputa será.

 

 

07:12 · 15.09.2016 / atualizado às 07:17 · 15.09.2016 por

Denton DallagnolTalvez a Força Tarefa da Operação Lava Jato tenha dado, na quarta-feira, 14, um tiro no próprio pé.

Em um hotel de Curitiba, sob o comando do procurador Deltan Dallagnol (foto), a Força Tarefa reuniu jornalistas nacionais e estrangeiros para anunciar que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva era o chefe de todo o esquema de corrupção descoberto na Petrobras e com ramificações em outras áreas da administração federal.

A denúncia provocou um terremoto dentro e fora do Brasil. Afinal, trata-se de uma denúncia gravíssima.

Faltou, apenas, um detalhe fundamental: mostrar as provas das acusações de que Lula era o chefe do esquema e dono do triplex do Guarujá e do sítio em Atibaia.

Agora, toda a atenção dos políticos e do mundo juridico volta-se para o juiz Sérgio Moro.

A pergunta é: Moro acatará a denúncia do Ministério Público sem as devidas provas?

Na próxima semana, Moro aceitará ou rejeitará a denúncia.

 

07:01 · 15.09.2016 / atualizado às 07:05 · 15.09.2016 por

mulher,eisoteufilhoNaquele tempo, perto da cruz de Jesus, estavam de pé a sua mãe, a irmã da sua mãe, Maria de Cléofas, e Maria Madalena. Jesus, ao ver sua mãe e, ao lado dela, o discípulo que ele amava, disse à mãe: “Mulher, este é o teu filho”. Depois disse ao discípulo: “Esta é a tua mãe”. Daquela hora em diante, o discípulo a acolheu consigo.

08:29 · 14.09.2016 / atualizado às 08:31 · 14.09.2016 por

caatingaA Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) aprovou terça-feira, 13/9, por unanimidade, relatório do senador José Pimentel (PT-CE) favorável ao projeto de lei que cria a Política de Desenvolvimento Sustentável da Caatinga. Estão previstas várias ações de fomento a atividades agropecuárias e florestais sustentáveis na região, que se encontra em avançado estado de desertificação, com apenas 0,28% de sua área protegida em unidades de conservação.

Segundo Pimentel, “o projeto regulamenta o investimento de recursos do Fundo Constitucional do Nordeste (FNE) em políticas de preservação ambiental, de maneira que possamos reduzir a desertificação na região Nordeste e garantir o reflorestamento e a preservação da caatinga”. O senador disse que “o Brasil precisa ter um olhar diferenciado para o bioma caatinga que está em extinção”.

José Pimentel destacou que, “no Ceará, esse processo de desertificação está muito adiantado”. Ele citou como exemplo o município de Irauçuba que “está em avançado estágio de desertificação, por conta da agricultura de subsistência e em face do baixo índice de chuvas”.

De acordocom dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a caatinga é o quarto maior bioma do país e ocupa 10% do território brasileiro, nos noves estados do Nordeste, além de parte de Minas Gerais. A área abriga 23,5 milhões de pessoas. O PLS 222/2016, de autoria do senador Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN), tem como objetivo articular a atuação do poder público e da iniciativa privada para o desenvolvimento de ações que melhorem a qualidade de vida dos moradores da região da caatinga.

A política aprovada na comissão prevê a capacitação de técnicos e produtores, o estímulo ao uso racional da água e a práticas de manejo e de conservação do solo. Também estão estabelecidas medidas que garantam a substituição de queimadas como prática de preparo da terra, o fortalecimento da agricultura familiar e o pagamento aos produtores por serviços ambientais prestados nas propriedades, como conservação de recursos hídricos e espécies nativas.

O programa inclui ainda ações como a recuperação de áreas degradadas, a instalação de áreas de conservação, a proteção a espécies ameaçadas e a divulgação da caatinga como patrimônio nacional. A ferramenta para alcançar esses objetivos é o fortalecimento institucional do Sistema Nacional do Meio Ambiente (Sisnama) na região, com a constituição de um fórum de gestores e a mobilização de recursos financeiros no âmbito dos Orçamentos de estados e municípios envolvidos.

O projeto segue agora para apreciação das comissões de Assuntos Econômicos (CAE) e de Meio Ambiente (CMA).

08:17 · 14.09.2016 / atualizado às 08:18 · 14.09.2016 por

levantadoNaquele tempo, disse Jesus a Nicodemos: “Ninguém subiu ao céu, a não ser aquele que desceu do céu, o Filho do Homem. Do mesmo modo como Moisés levantou a serpente no deserto, assim é necessário que o Filho do Homem seja levantado, para que todos os que nele crerem tenham a vida eterna. Pois Deus amou tanto o mundo, que deu o seu Filho unigênito, para que não morra todo o que nele crer, mas tenha a vida eterna. De fato, Deus não enviou o seu Filho ao mundo para condenar o mundo, mas para que o mundo seja salvo por ele”.

09:43 · 13.09.2016 / atualizado às 09:45 · 13.09.2016 por

energia eólicaO vizinho Estado do Rio Grande do Norte avança nos investimentos em  geração de energia eólica. O Departamento de Pesquisas do Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia (CERNE) mandou para este blog a seguinte informação:

A marca recorde dos 3 GW de potência eó​l​ica instalada no Rio Grande do Norte foi alcançada no último dia 10 de setembro, com a entrada em operação comercial do parque eólico Vila Pará I, localizado no município de Serra do Mel. O empreendimento é de propriedade da empresa francesa Voltalia. Os dados são do Departamento de Pesquisas do Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia (CERNE).

Com a conquista, o RN chega a uma capacidade efetiva de 3.008,76 MW, o que representa 31,86% de toda a capacidade eólica instalada no Brasil. No total, são 1.562 aerogeradores em funcionamento, distribuídos em 110 usinas instaladas por todo o Estado.  Os municípios de João Câmara e Parazinho são os que mais concentram atividade eólica, juntos eles geram mais de 1000 MW em 46 parques eólicos.

Para efeito de comparação, essa capacidade de energia produzida pela força dos ventos é capaz de abastecer aproximadamente 4,7 milhões de residências mensalmente.

Ao todo, a energia eólica representa entre 10 e 12 bilhões de dólares em investimentos somente no Estado. Aproximadamente 1/3 desse valor é formado por investimentos locais.