Busca

Autor: Egídio Serpa


04:40 · 23.02.2018 / atualizado às 04:41 · 23.02.2018 por

Na próxima quarta-feira, 28, a gigante dinamarquesa Maersk, a maior companhia de navegação marítima do mundo, e sua controlada Hamburg Sud juntarão importadores e exportadores do Ceará e de outros estados do Nordeste para apresentar a sua nova linha, que ligará o Porto do Pecém ao de Cingapura (foto), na Ásia.

É um evento importante, pois essa linha fará uma só escala no Brasil, e essa escala será no Pecém.

A viagem entre Pecém e Cingapura durará 29 dias, ou seja, uma semana a menos do que se gasta hoje.

Os diretores da Maersk e da Hamburg Sud farão essa apresentação no Bloco de Utilidades do Porto do Pecém.

O empresário Luiz Roberto Barcelos, sócio e diretor da Agrícola Famosa, que produz e exporta melão no Ceará e no Rio Grande do Norte, já anunciou que deverá ser cliente da nova linha, mas tudo dependerá do preço do frete, ítem que mais pesa numa operação de exportação.

04:35 · 23.02.2018 / atualizado às 04:37 · 23.02.2018 por

A Federação da Agricultura do Ceará (Faec), em parceria com o Banco do Nordeste e o Sindicato dos Produtores Rurais de Ibaretama, colocou em operação um projeto piloto que, usando energia solar gerada por placas fotovoltaicas, capta e distribui água de um poço profundo na fazenda Triunfo, no interior daquele  município cearense.

Nessa mesma fazenda, a Confederação Nacional da Agricultura e a Embrapa desenvolvem dois importantes projetos: o Bioma Caatinga e o Forrageiras do Semiárido.

O presidente da Faec, Flávio Sabóya, disse ao blog que a experiência com a energia solar na fazenda Triunfo tem sido um sucesso, razão pela qual há vários produtores rurais da região já em contato com o BNB no sentido de obter financiamento para a instalação de unidades de geração de energia solar em suas propriedades.

O BNB tem uma linha de crédito exclusivamente para a micro-geração de energia solar ou eólica.

04:32 · 23.02.2018 / atualizado às 04:32 · 23.02.2018 por

A partir do próximo dia 3 de maio, começará a operar o já famoso Hub da Air France-KLM-Gol, que ligará o Aeroporto de Fortaleza aos de Paris, na França, e de Amsterdam, na Holanda.

Serão dois voos semanais para Paris e três para Amsterdam, todos feitos com aviões novinhos, como promete a Air France.

Para tornar esse Hub possível, a brasileira Gol começará a operar, também em maio, novos voos ligando aeroportos do Norte e do Nordeste ao aeroporto de Fortaleza.

Esses voos domésticos abastecerão os voos internacionais da Air France-KLM.

Pois bem: o início a operação desse Hub da Air France-KLM-Gol colocará pressão sobre a TAP, a grande empresa aérea de Portugal, que tem voos diários ligando Fortaleza a Lisboa e de lá para dezenas e destinos europeus.

A concorrência será muito boa para os passageiros nordestinos, não só no preço das passagens, mas também nos serviços.

Pelo menos, é o que todos esperamos.

04:26 · 23.02.2018 / atualizado às 04:28 · 23.02.2018 por

Uma informação curta, mas interessante:

O Estado do Ceará é o terceiro do País no ranking dos exportadores de bebidas.

De acordo com o Centro Internacional de Negócios (CIN) da Federação das Indústrias (Fiec), o Ceará exportou no ano passado de 2017, em bebidas, o equivalente a US$ 5,1 milhões;

Ou seja, 4,9% a menor do que o exportado no ano anterior de 2016.

Resumindo: o Ceará exporta pouco, muito pouco em bebidas.

Um detalhe: não é a cachaça, como se poderia supor, mas a água de coco a bebida cearense mais exportada.

04:21 · 23.02.2018 / atualizado às 08:52 · 23.02.2018 por

Resultado de imagem para todo aquele que se encoleriza com seu irmão será réu em juízo;Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: “Se a vossa justiça não for maior que a justiça dos mestres da Lei e dos fariseus, vós não entrareis no Reino dos Céus. Vós ouvistes o que foi dito aos antigos: ‘Não matarás! Quem matar será condenado pelo tribunal’. Eu, porém, vos digo: todo aquele que se encoleriza com seu irmão será réu em juízo; quem disser ao seu irmão: ‘Patife!’ será condenado pelo tribunal; quem chamar o irmão de ‘tolo’ será condenado ao fogo do inferno. Portanto, quando tu estiveres levando a tua oferta para o altar, e ali te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti, deixa a tua oferta ali diante do altar, e vai primeiro reconciliar-te com o teu irmão. Só então vai apresentar a tua oferta. Procura reconciliar-te com teu adversário, enquanto caminha contigo para o tribunal. Senão o adversário te entregará ao juiz, o juiz te entregará ao oficial de justiça, e tu serás jogado na prisão. Em verdade eu te digo: dali não sairás, enquanto não pagares o último centavo”.

Reflexão – “reconciliação, já!”

 

Neste Evangelho Jesus nos coloca nos trilhos e nos admoesta em relação aos nossos relacionamentos humanos, nos levando a perceber o quanto estamos em perigo, em função da nossa displicência para com os nossos irmãos. A justiça de Deus é o amor e este é, também, o termômetro para o nosso julgamento.   Para isso, Jesus nos adverte de que a nossa justiça deve ser maior do que a dos mestres da lei e dos fariseus que viviam na rigidez da lei: não matar!  Jesus, no entanto, vai mais além do que era pregado pelos fariseus e nos dá um direcionamento novo: “todo aquele que se encoleriza com o seu irmão será réu de juízo”.   E disse mais: “quem disser ao seu irmão patife! Será condenado pelo tribunal; quem chamar o irmão de tolo será condenado ao fogo do inferno.” Diante do exposto por Jesus, como ficamos? Como é a nossa justiça? O amor, o perdão e a reconciliação são a justiça de Deus. E a nossa?  O amor implica em acolhimento, ternura, compaixão, compreensão, tudo o que Jesus viveu e nos revelou como ensinamento. No final da nossa vida, diante do tribunal nós mesmos (as) relembraremos as nossas ações e à Luz de Deus enxergaremos o que foi bom e o que foi mal. Ai então, os nossos atos revestidos de ira, raiva, impaciência com os nossos irmãos serão as medidas que nós mesmos (as) usaremos contra nós na hora em que formos aquilatados (as).  Estamos aqui a caminho do tribunal. Todos nós passaremos pelo crivo do amor e aqui caminham conosco os nossos aliados, mas também os nossos adversários, isto é, aqueles (as) a quem nós amamos e do mesmo modo os que nós abominamos. Quem nos entregará ao juiz será o adversário, pois o pecado que cometemos contra ele estará gravado dentro do livro da nossa vida e desde que não seja apagado virá à luz, um dia. Podemos, hoje mesmo, mudar o nosso comportamento e para isso Jesus nos dá o entendimento a fim de que possamos agir enquanto é tempo: “procura reconciliar-te com o teu adversário enquanto caminha contigo para o tribunal” … “deixa a tua oferta ali diante do altar e vai primeiro reconciliar-te com o teu irmão”.       Quando fazemos as nossas ofertas diante Altar do Senhor não usamos nenhum critério. Não paramos para averiguar e refletir como está o nosso coração e se a nossa oferenda é justa diante de Deus. Seremos julgados pela justiça que praticamos, portanto, no final seremos ajuizados pelo amor que vivenciarmos segundo os critérios de Deus e conforme os Seus ensinamentos. Ainda temos a chance de desfazer toda a cadeia de intriga que possa ter sido armada na nossa vida. Jesus nos chama à reconciliação, portanto, comecemos dentro da nossa casa.   – Existe alguém que tem alguma queixa contra você?  – Você já procurou conversar com essa pessoa? –  Você já pensou que enquanto você faz a oferta do seu coração na hora da Missa, ele pode estar sujo com a injustiça da falta de perdão, da ofensa feita, do ódio por alguém? 

 

Helena Colares Serpa – Comunidade Católica Missionária UM NOVO CAMINHO

04:04 · 22.02.2018 / atualizado às 04:05 · 22.02.2018 por

O blog conversou com o presidente do Banco do Nordeste, Romildo Carneiro Rolim (foto), e com alguns dos seus diretores.

Rolim disse que sua gestão tem foco em um objetivo: fazer do BNB o banco da pequena empresa.

Para isso, o BNB já dispõe do que ele chama de “uma esteira de análise técnica e financeira” que procura reduzir a burocracia interna, mas respeitando o regulamento da atividade bancária.

De acordo com o presidente do BNB, o tempo médio gasto entre a apresentação do projeto e a efetiva liberação dos recursos é de 30 dias, desde que o cadastro do cliente esteja em ordem.

Mas pequenos empresários, principalmente os da agropecuária, têm dito a este blog que o BNB está fazendo mais exigências de garantias do que os demais bancos, o que chega a atrasar em vários meses a análise do projeto e a liberação dos recursos.

Nesta quinta-feira, às 17 horas, o presidente do BNB dará entrevista à imprensa para anunciar os resultados financeiros do banco no ano passado de 2017.

O balanço será publicado hoje, logo após o leilão da Bolsa de Valores.

03:59 · 22.02.2018 / atualizado às 04:00 · 22.02.2018 por

O BNB tem no caixa uma montanha de dinheiro do tamanho de R$ 14,5 bilhões para financiar, neste ano, projetos da área de infraestrutura.

Esta é uma boa notícia para os empresários que desejam investir em projetos de geração de energia solar e eólica, duas matérias-primas que existem em abundância aqui no Nordeste, principalmente no Ceará, que é o domicílio do sol.

Todos esses recursos são provenientes do FNE – o Fundo Constitucional do Nordeste.

Para as demais áreas da economia nordestina, o BNB dispõe de mais R$ 15,4 bilhões.

03:55 · 22.02.2018 / atualizado às 03:56 · 22.02.2018 por

Com a decretação da intervenção federal na área de segurança pública do Rio de Janeiro – um Estado reconhecidamente falido política, econômica, moral e eticamente – foi suspensa a reforma da Previdência Social, que deveria ser debatida e aprovada neste mês de fevereiro pela Câmara dos Deputados.

Para o seu lugar, a equipe econômica do Governo do presidente Michel Temer elegeu um pacote de 15 propostas que já tramitam no Congresso Nacional.

Mas o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e o do Senado, Eunício Oliveira, ergueram-se contra a intromissão do Poder Executivo em assuntos do Legislativo.

Rodrigo Maia disse, com o apoio de Eunício Oliveira, que quem faz a pauta do Legislativo é o Congresso e não o Executivo.

Está criado mais um impasse na relação dos dois poderes.

Desse jeito não se consertará o Brasil.

03:51 · 22.02.2018 / atualizado às 03:51 · 22.02.2018 por

Uma equipe de professores e doutores da Universidade Federal do Ceará está elaborando há quatro meses, por encomenda do Governo do Estado,o Plano Ceará 2050.

É um planejamento estratégico de longo prazo que pretende dar ao Governo as diretrizes para a formulação de políticas públicas econômicas, sociais e culturais até aquele ano.

Mas já se levantam algumas dúvidas: 2050 é um ano muito distante.

Por exemplo: os que elaboram o Plano Ceará 2050 sabem prever, hoje, quais serão as profissões que, dentro de 30 anos, existirão ou não?

De qualquer maneira, a iniciativa do Governo do Ceará deve ser aplaudida, uma vez que revela a preocupação com o planejamento, algo que hoje, aqui no Brasil, está relegado a um plano secundário.

O plano Ceará 2050 estará pronto no fim deste ano para ser executado a partir de 2019.

03:45 · 22.02.2018 / atualizado às 11:27 · 22.02.2018 por

Naquele tempo, Jesus foi à região de Cesaréia de Filipe e ali perguntou aos seus discípulos: “Quem dizem os homens ser o Filho do Homem?” Eles responderam: “Alguns dizem que é João Batista; outros que é Elias; outros ainda, que é Jeremias ou algum dos profetas”. Então Jesus lhes perguntou: “E vós, quem dizeis que eu sou?” Simão Pedro respondeu: “Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo”. Respondendo, Jesus lhe disse: “Feliz és tu, Simão, filho de Jonas, porque não foi um ser humano que te revelou isso, mas o meu Pai que está no céu. Por isso eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra construirei a minha Igreja, e o poder do inferno nunca poderá vencê-la. Eu te darei as chaves do Reino dos Céus: tudo o que tu ligares na terra será ligado nos céus; tudo o que tu desligares na terra será desligado nos céus”.

Reflexão – “uma missão especial aos olhos do Pai”

 

Cada um de nós tem uma missão muito especial aos olhos de Deus e cada pessoa é um instrumento Seu para a conscientização da nossa incumbência. Mais uma vez a liturgia nos leva a refletir sobre o episódio em que Pedro, guiado pelo Espírito Santo, reconhece que Jesus é o Messias o Filho de Deus vivo. Por esta razão Ele recebeu de Jesus o poder e a autoridade para ser chefe da Igreja, pastor do rebanho de Deus aqui na terra. Com isso, nós entendemos que Jesus constituiu a Sua Igreja sobre o fundamento dos apóstolos e com o poder do Espírito, por isso ela não será abalada pelo poder do inferno.  O Espírito Santo é quem nos motiva, nos inspira e nos convence a continuar firmes na fé em Jesus Cristo. Só Ele pode nos revelar a verdadeira identidade de Jesus. A Palavra de Deus nos interpela, nos questiona e nos motiva também a compreender quem somos nós e qual o nosso papel na edificação do reino de Deus.    Quando somos inspirados pelo Espírito Santo nós não nos enganamos e conseguimos discernir todos os desafios que nos são propostos pela Palavra do Senhor.  Saber quem somos nós para o outro e principalmente para aquelas pessoas que nos cercam é muito importante para a nossa realização pessoal e para a descoberta do nosso ministério. Assim como Jesus conscientizou Pedro da sua missão, lhe dando um novo nome, Ele também quer nos direcionar para que sejamos fiéis ao Projeto do Pai e também nos dá a chave do Seu Amor que abre a porta dos corações a quem Ele quer conquistar por nosso intermédio. Para Deus o nosso nome designa uma missão muito especial, por isso é muito importante que tenhamos conhecimento do seu significado.  –    O que pode significar o seu nome? Pergunte ao Espírito Santo! – Você sabia que tudo o que você fizer na terra, terá também repercussão no céu? –  Dê a você mesmo (a) um nome que designe uma virtude, uma qualidade, ou uma maneira de ser segundo a sugestão do Espírito Santo. – Você já assumiu a sua missão no reino dos céus?

 

Helena Colares Serpa – Comunidade Católica Missionária UM NOVO CAMINHO