Busca

Categoria: Economia


04:44 · 22.08.2017 / atualizado às 04:44 · 22.08.2017 por

Logo mais, às 18h30 desta terça-feira, 22, o empresário Bruno Girão, sócio e presidente executivo da CBL Alimentos, dona da marca de lacticínios Betânia, falará para empresários do comércio cearense na Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza.

Bruno Girão contará a história de sua empresa, que hoje tem três indústrias no Ceará, uma em Pernambuco e mais uma em Sergipe, as quais fabricam 60 produtos, desde o leite longa vida ao leite condensado, do iogurte ao queijo.

A empresa de Bruno Girão, fundada por seu pai Luiz Girão, recebeu há pouco tempo uma injeção de mais de R$ 100 milhões de um fundo de investimento norte-americano.

É, pois, uma história de sucesso.

05:53 · 19.08.2017 / atualizado às 05:53 · 19.08.2017 por

Hoje, sábado, 19 de agosto, é o Dia da Construção Civil.

Para celebrar a data, o Sindicato da Indústria da Construção Civil do Ceará (Sinduscon-CE) promove na unidade do Sesi no bairro de Parangaba um dia inteiro de entretenimento e confraternização dos trabalhadores com suas famílias.

André Montenegro, presidente do Sinduscon-CE, elogia a a qualidade da mão de obra da construção civil cearense; “São profissionais do mais alto nível e graças a eles é reconhecidamente de alto padrão o nível dos impoveis residenciais e comerciais do Ceará”.

04:28 · 18.08.2017 / atualizado às 04:28 · 18.08.2017 por

O presidente Michel Temer, finalmente, adotou uma providência correta:

Assinou, na quarta-feira, dia 16/8, decreto que permite a abertura dos supermercados nos dias de domingo e feriados.

O decreto salienta que os supermercados são uma “atividade essencial” à economia do País.

A primeira consequência prática dessa medida será a abertura de novas vagas de trabalho.

A segunda consequência será a favor da população, que poderá, agora, fazer suas compras de alimentos também aos domingos e feriados.

Nos países mais desenvolvidos, o comércio abre nesses dias.

Aqui no Brasil, isso só era permitido nos supermercados de shopping centers. Coisa de País atrasado.

Respeitando o que diz a legislação, o comércio deve abrir durante todos os dias da semana, para que a população possa ter a opção de comprar no dia que melhor lhe aprouver.

04:25 · 18.08.2017 / atualizado às 04:25 · 18.08.2017 por

A Secretaria da Fazenda do Ceará decidiu aumentar a alíquota do ICMS incidente sobre vários produtos comercializados na Ceasa – a Central de Abastecimento do Ceará,em Fortaleza.

O objetivo da medida está bem claro: aumentar a receita tributária do Estado, que, a bem da verdade, tem mantido suas contas em dia, ao contrário da maioria dos estados brasileiros, cujas contas estão deterioradas, como as do Rio de Janeiro, onde o pagamento do funcionalismo continua atrasado.

Pois bem: por causa dessa decisão da Secretaria da Fazenda, vários produtos já registraram aumento de preços:

A tangerina, por exemplo, que era muito cara, está hoje caríssima, já sendo vendida por mais de R$ 8 reais em alguns supermercados.

Hoje, o trabalhador gasta seu salário comprando unicamente comida, remédio e transporte de ônibus ou metrô.

Eis o Brasil de hoje.

14:16 · 17.08.2017 / atualizado às 14:16 · 17.08.2017 por

A Caixa Econômica Federal e a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) assinam, nesta quinta-feira, 17/08, acordo de cooperação para impulsionar o segmento varejista do país. A CEF destinará R$ 1 bilhão para o financiamento do setor, além de disponibilizar condições diferenciadas para os associados do sistema CNDL.

Denominado de programa “Avança Varejo”, o acordo disponibilizará condições especiais em produtos e serviços bancários para fomento do setor, além de atendimento diferenciado e benefícios específicos para as empresas associadas.  Dentre os benefícios estão linhas de capital de giro, crédito rotativo, de investimento e financiamento, com prazos mais alongados e taxas de juros diferenciadas.

Para o Gerente Nacional de Estratégia de Clientes da CAIXA, Daniel José Ferraz dos Santos, o acordo assinado entre CAIXA e CNDL representa um esforço conjunto entre as duas instituições com o objetivo de aquecer o mercado e contribuir para a retomada do crescimento econômico. “A CAIXA quer estimular, por meio dessa parceria, o crescimento econômico do setor, que é extremamente importante e decisivo para a economia do país”.

“Trata-se de uma iniciativa fundamental para incentivar as atividades do setor que é o grande empregador do país. Com a parceria, damos mais um passo para a retomada do crescimento econômico e recuperação de empregos”, destaca Honório Pinheiro, presidente da CNDL.

O acordo vai favorecer cerca de 450 mil lojistas associados à CNDL, com mais de um milhão de estabelecimentos comerciais de pequeno, médio e grande porte em todo o Brasil. Por meio do convênio firmado, o empreendedor vai dispor de linhas diversificadas para o financiamento de ônibus, caminhões, máquinas e equipamentos novos, aquisição de softwares e serviços correlatos no mercado interno, além de investimento em inovações.

13:10 · 17.08.2017 / atualizado às 13:10 · 17.08.2017 por

Uma informação curta, mas importante para a economia cearense, principalmente para a Companhia Siderúrgica do Pecém, a CSP.

A diretoria colegiada da Sudene aprovou o pedido da CSP, que ganhou, pelo prazo de 10 anos, a redução de 75% do Imposto de Renda a pagar.

Agora, o detalhe: 30% dessa redução terão de ser reinvestidos na própria siderúrgica.

A CSP está produzindo e exportando, para vários países, incluindo os Estados Unidos, 3 milhões e 500 mil toneladas de placas de aço por ano, tudo com a inscrição “made in Ceará”.

13:04 · 17.08.2017 / atualizado às 13:04 · 17.08.2017 por

O Grupo Vicunha, que tem fábricas de tecidos aqui no Ceará, no Distrito Industrial de Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza, anuncia que investirá R$ 35 milhões para ampliar sua unidade industrial localizada na Argentina.

Esse investimento será feito na aquisição de dois lotes de terras localizados ao lado da fábrica argentina e também na aquisição de novos equipamentos.

A Vicunha produz tecido índigo na Argentina, e, com esse novo investimento, passará a fazer o tingimento desse índigo, algo que é feito por empresa terceirizada.

A Vicunha é uma das maiores empresas da indústria têxtil do Brasil.

04:26 · 15.08.2017 / atualizado às 04:26 · 15.08.2017 por

Prosseguem em alta velocidade, no bairro do Siqueira, aqui em Fortaleza, as obras de construção da mais nova loja da rede de supermercados Atacadão.

O Atacadão é integrante do Grupo francês Carrefour, um dos maiores do mundo na área comercial.

Pois bem: a nova loja deverá ser inaugurada no próximo mês de dezembro, um pouco antes do Natal.

Ela terá grandes dimensões e será, do ponto de vista da tecnologia, uma das mais modernas do Grupo Carrefour no Brasil.

04:29 · 14.08.2017 / atualizado às 04:29 · 14.08.2017 por

Uma boa informação está chegando da região do Cariri, mais precisamente da cidade de Juazeiro do Norte, no sul do Ceará.

O prefeito juazeirense, Arnon Bezerra, mandou ao blog uma mensagem informando que um grupo empresarial de Alagoas, dono da grande rede de lojas Carajas Home Center, vai abrir uma filial naquela cidade.

A Carajás Home Center, especializada em materiais de construção, já anuncia que sua loja de Juazeiro do Norte será inaugurada até o mês de março do próximo ano.

A decisão do grupo alagoano foi motivada pelo crescimento da indústria da construção civil na terra do Padre Cícero, onde, aliás, estão sendo construídas as duas torres residenciais mais altas do Ceará – cada uma com 33 andares.

04:13 · 08.08.2017 / atualizado às 04:13 · 08.08.2017 por

Foi divulgado o balanço financeiro do grupo cearense M. Dias Branco relativo ao segundo trimestre deste ano, ou seja, aos meses de abril, maio e junho de 2017.

Este blog transmite os principais números do balanço, começando pelo lucro líquido, que alcançou R$ 199,4 milhões – 8,3% maior do que o obtido no segundo trimestre do ano passado.

A receita líquida do grupo bateu na montanha de R$ 1,37 bilhão, um crescimento de 3,7% na comparação com o segundo trimestre de 2016.

De janeiro a junho deste ano, M. Dias Branco investiu R$ 153,8 milhões em obras e equipamentos que modernizaram suas fábricas e melhoraram a sua logística, otimizando assim sua estrutura.

O Grupo M. Dias Branco segue liderando o mercado nacional de massas e biscoitos.

No de massas, ele tem 31,2% de participação no mercado; e no de biscoitos, tem 32,8% de market share.

O vice-presidente de Investimentos de M. Dias Branco, Geraldo Luciano Matos Júnior, disse ao blog que a companhia continua com a estratégia de investir em marketing como forma de reforçar suas marcas.