Busca

Categoria: Educação


14:59 · 18.05.2017 / atualizado às 14:59 · 18.05.2017 por

O diretor institucional do Grupo Edson Queiroz, empresário Igor Barroso Queiroz, apresentou à diretoria plena da Federação das Indústrias (Fiec) o projeto de educação infantil que o Instituto Myra Eliane, sob sua liderança, está empreendendo em 36 escolas de 7 municípios da Região Metropolitana de Fortaleza.

Esse projeto de educação infantil, de tempo integral, deverá ser estendido, ao longo dos próximos anos, a todo o Estado do Ceará, sempre em parceria com as prefeituras municipais.

Ouvido em silêncio pelos cerca de 100 empresários presentes à reunião da diretoria da Fiec nsta semana, Igor Queiroz Barroso disse que é na idade de zero a seis anos que se forma o caráter da pessoa, razão pela qual ele e o Instituto Myra Eliane investem nesse projeto de educação infantil.

O Instituto Myra Eliane treina e capacita as professoras das escolas públicas municipais, que se tornam qualificadas para educar as crianças dessa faixa etária.

Igor Queiroz convocou os empresários da indústria e se engajarem no projeto, sob o argumento de que o Governo, sozinho, não tem condição de enfrentar e vencer esse problema.

Ele explicou que a educação infantil deve ser de tempo integral para evitar que a criança saia da escola e seja atraída para atividades nocivas à sociedade.

04:17 · 19.04.2017 / atualizado às 04:19 · 19.04.2017 por

Uma informação importante para os jovens cearenses que querem ingressar na universidade:

A Unifor abriu inscrições para o seu próximo exame vestibular, que se realizará em maio.

Estão à disposição da juventude, na Unifor, 28 cursos de graduação e licenciatura, e mais 9 cursos de graduação tecnológica.

O prazo para as inscrições se prolongará até o dia 16 de maio.

A prova para todos os cursos será realizada no dia 21de maio.

A Unifor é a maior universidade privada da região Nordeste do Brasil.

04:34 · 07.04.2017 / atualizado às 04:36 · 07.04.2017 por

O engenheiro Paulo André Holanda, superintendente do Senai no Ceará, organismo do Sistema Fiec, informa que, entre 2015 e 2016, promoveu, para a Companhia Siderúrgica do Pecém, 17 cursos em diferentes áreas da indústria para uma turma de 800 pessoas, todas elas hoje empregadas na usina da CSP no Pecém.

Segundo Paulo André Holanda, o Senai no Ceará está, neste momento, treinando mais 350 aprendizes em cursos que interessam diretamente à Companhia Siderúrgica do Pecém.

Agora, um detalhe: para esse curso destinado a aprendizes, inscreveram-se mais de 11 mil pessoas, a grande maioria jovens.

Todo esse pessoal que agora está sendo qualificado será a força de reserva da usina da CSP, que neste ano produzirá e exportará 2 milhões e 900 mil toneladas de placas de aço.

10:05 · 01.04.2017 / atualizado às 10:08 · 01.04.2017 por

Aluno do Curso de Administração Pública do campus Juazeiro do Norte da Universidade do Cariri, o poeta Hildegardis Ferreira postou um comentário que merece espaço destacado do blog, uma vez que aborda questão que interessa ao universo acadêmico.

Diz Hildegardis que várias instituições dos governos federal e estadual não caminham na direção ambientalmente correta, que é a de gerar sua própria energia renovável.

Ele cita a Universidade Federal do Cariri como (mau) exemplo. “É uma estrutura nova em construção que no seu projeto despreza qualquer iniciativa em busca de energias limpas”. E acrescenta: “A energia solar poderia atender às necessidades da instituição, como também poderia abastecer  a vizinhança”.

Em seguida, Hilegardis confessa: “Já levantei esta proposta em aula de meio ambiante, que na teoria é inda, mas a Universidade despreza a teoria. Ela poderia muito bem captar águas de chuvas, mas nada disso faz parte dessa nova instituição federal”.

Eis aí um tema para o bom debate.

04:35 · 27.03.2017 / atualizado às 04:38 · 27.03.2017 por

Uma informação curta que chega da área do ensino superior do Ceará:

Os cursos de Administração e Direito da Universidade Christus – a Unichristus – recebeu do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), a melhor pontuação entre todas as escolas particulares cearenses de ensino superior.

Tem mais: no ranking nacional do Enade, a Unichristus ficou na quarta colocação, razão por que a direção da Universidade Christus está a comemorar.

04:27 · 03.01.2017 / atualizado às 04:29 · 03.01.2017 por

ITADos 110 candidatos aprovados no último vestibular do Instituto Tecnológico de São José dos Campos, o ITA, 33 são cearenses.

A própria cidade de S. José dos Campos aprovou 35 candidatos.

Foi uma das raras vezes que o Ceará e seus alunos perderam a posição de líder no ITA.

12:44 · 24.10.2016 / atualizado às 12:46 · 24.10.2016 por

acesosNão se entende por que, aqui no Brasil, há um debate sobre se os automóveis devem ou não trafegar com os faróis acesos, durante o dia e, naturalmente, também à noite.

Este blog informa que no Canadá, um dos mais desenvolvidos países do mundo, todos os veículos – ônibus caminhões e automóveis de passeio – trafegam com os faróis acesos em suas ruas e rodovias.

Por causa dessa decisão do governo canadense, tomada há 20 anos, desabou o índice de acidentes automobilísticos no Canadá.

Ora, se no Canadá essa providência foi vital para a redução de acidentes automobilístico, claro está que ela terá o mesmo efeito aqui no Brasil.

Por um único e definitivo motivo: os faróis acesos permitem o aumento da visibilidade dos veículos, o que influi decisivamente para a redução do número de acidentes.

Simples assim.

10:21 · 11.08.2015 / atualizado às 10:23 · 11.08.2015 por

premioHoje, terça-feira, 11/08, Dia do Estudante, a Secretaria de Finanças da Prefeitura de Fortaleza lança a oitava edição do seu Prêmio Sefin.

Trata-se de uma promoção a mobilizar crianças das escolas públicas e privadas de Fortaleza, que são incentivadas a produzir textos sobre temas da economia.

O tema deste ano é uma pergunta bem instigante:

De onde vem o dinheiro de uma Nação?

O secretário da Sefin, Jurandir Gurgel e este blog consideram que esse tema, nos dias de hoje e diante de tudo o que se tem lido e ouvido, produzirá textos muito interessantes. Vamos aguardar.

11:19 · 28.07.2015 / atualizado às 11:23 · 28.07.2015 por

chapeuEste blog recebeu do reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFCE), Virgílio Araripe, a seguinte mensagem:

“Sobre notas publicadas em sua coluna (no Diário do Nordeste) e em seu blog no dia 26 de julho de 2015, a reitoria do IFCE vem a público qualificar como completamente descabida a informação de que faltam professores em nossa instituição. Atualmente, o IFCE tem 1.280 docente efetivos para atender a uma demanda de 22.901 estudantes, matriculados em cursos presenciais e a distância, atendendo à meta da relação professor/aluno estabelecida pelo Ministério da Educação (MEC).

“Nos campi da zona norte (Acaraú, Camocim, Sobral, Tianguá e Ubajara), o IFCE tem, atualmente, 183 docentes para atender um contingente de 2.952 discentes matriculados em cursos técnicos e superiores, também cumprindo a meta estabelecida pelo MEC.

“São exemplos práticos da qualidade do ensino do IFCE a constante aprovação de nossos egressos em concursos públicos e seleções de mestrado e doutorado e o número de projetos de inovação de pesquisadores do IFCE, resultando em 48 patentes; 11 registros de programa de computador; quatro processos administrativos; e um registro de marca nos últimos anos.

“Quanto às críticas em relação à expansão do IFCE, informamos que, mais uma vez, essa visão não procede. Ao passo que ampliou de seis para 26 campi a quantidade de unidades em todo o Estado desde 2008, o Instituto Federal do Ceará saltou de 862 para 2.555 servidores (docentes e técnicos administrativos), uma ampliação de 196% na força de trabalho da instituição. Até o fim do ano, com mais duas grandes posses previstas, o quadro funcional da instituição deve chegar a 3 mil servidores.

“Esse crescimento tem sido acompanhado da ampliação dos investimentos voltados para a expansão da instituição, cuja soma de 2009 a 2014 totaliza R$ 292,7 milhões. Esse montante inclui a construção de novos campi, blocos didáticos e laboratórios, além da aquisição de prédios, móveis e equipamentos, entre outras ações de capital”.

 

 

 

 

 

06:27 · 26.07.2015 / atualizado às 06:33 · 26.07.2015 por

quixadáOpinião de professores e alunos do IFCE – o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará:

“A expansão do IFCE tem sido feita de maneira incorreta. Abrem-se as escolas, que, porém, funcionam mal porque a instituição não tem estrutura de professores e funcionários capaz de garantir a qualidade do ensino ministrado”.

Eis o problema e seu diagnóstico. O que fazer?

A direção do IFCE sabe o que deve ser feito. Mas há outro problema cuja solução depende de Brasília, mais precisamente do Ministério da Educação, que, como os demais, teve reduzido o seu orçamento por causa do ajuste fiscal.

Então, pelos próximos dois anos, tempo que a atual crise econômica e financeira deverá durar, a situação no IFCDE – principalmente nas suas unidades recém abertas – continuará a mesma.

Na foto acima, o IFCE de Quixadá.