Busca

Categoria: Tecnologia


11:23 · 19.10.2017 / atualizado às 11:27 · 19.10.2017 por
A Intel, fabricante de circuitos integrados, instalará no começo do próximo ano um Centro de Excelência em Inteligência Artificial dentro do Parque Tecnológico do Campus do Pici, da Universidade Federal do Ceará (UFC). A novidade foi anunciada durante o workshop Aplicação de Inteligência Artificial nos Negócios, realizado  na Federação das Indústrias, em parceria com a Intel e UFC, com o apoio do Conselho Temático de Inovação e Tecnologia da Fiec (Cointec).
O Centro será coordenado pela empresa AI2Biz Lab, braço da Intel no setor acadêmico, e caracterizada por ser uma extensão de outro, que existe na Universidade Federal do Rio de Janeiro. O novo centro vai propor soluções tecnológicas e inovadoras em inteligência artificial aplicadas às industria cearense. Ele será ponte entre as pesquisas acadêmicas e mão de obra existente nos cursos da UFC, com indústrias dos mais diversos ramos e portes.
O workshop serviu como ponta pé inicial de instalação do Centro com o objetivo de promover discussão de temas como eficiência operacional, otimização de recursos e redução de custos diretos e indiretos através da aplicação de tecnologia de aprendizado de máquina nos processos de negócio. Os professores da UFC apresentaram casos de uso pertinentes a esses desafios em diversas indústrias, de áreas como siderurgia, energia, saúde, água e alimentos e bebidas.
O presidente do Cointec e também do sindicato da Indústria Eletrometalmecânica do Estado (Simec), Sampaio Filho disse que a Intel e a UFC procuraram a Fiec já sabendo do trabalho desenvolvido aqui para aproximar o setor produtivo da academia. O representante da Intel, Fábio Zuvanov, enfatiza que o Centro chega em um momento de grande revolução digital que tem quebrado paradigmas nos negócios. “A transmissão digital de dados tem revolucionado setores como comércio e serviço. Até a indústria, com caráter conservador, tem se rendido a transmissão de dados em nuvem em atividades fins. A nossa ideia é unir a criatividade das pesquisas acadêmicas ás necessidades da Indústria”, destacou.
O CEO da AI2bizlab, Francisco Dutra, que será a ponte da Intel dentro da UFC, disse que o papel de sua empresa será fornecer a mão de obra, recursos tecnológicos e infraestrutura necessários para as demandas das indústrias cearenses.”Se não conseguimos atender à demanda aqui, iremos buscar ideias e soluções fora do Estado e do País com o apoio da Intel”, esclareceu.
04:30 · 16.10.2017 / atualizado às 04:32 · 16.10.2017 por

Os grandes bancos mundiais, inclusive os brasileiros, já foram advertidos de que os bandidos da internet, conhecidos como hackers, estão muito próximos de iniciarem uma série de ataques às instituições financeiras internacionais.

Desta vez, esses ataques não terão como alvo principal o dinheiro dos bancos, mas a sua infraestrutura de TI – a Tecnologia da Informação.

De acordo com o Group-AB, que tem parceria com a Interpol e com a Europol, os grandes hackers patrocinados por estados soberanos pretendem, nos seus próximos ataques, maximizar os danos aos grandes bancos, causando-lhes prejuízos financeiros e de imagem.

Um detalhe: a Interpol desconfia de que os grandes hackers mundiais estão na Rússia, na China e na Coreia do Norte.

Sem disparar um tiro sequer, eles são capazes de invadir os mais seguros bancos do mundo, incluindoos brasileiros.

07:07 · 14.09.2017 / atualizado às 07:08 · 14.09.2017 por

A Brasil Ozônio, uma startup especializada em produtos e serviços de ozônio, desenvolveu um gerador de água ozonizada para substituir os agrotóxicos no campo.

O dispositivo, que produz água com ozônio, conecta-se diretamente ao do trator do agricultor. Com isso, o oxidante é borrifado nas plantações por meio do controlador de dosagem, sem a necessidade do uso de componentes tóxicos.

Por essa inovação, a empresa foi selecionada para o programa de AgroTech realizado pela ONU, em parceria com a Embrapa e o Sebrae.

A empresa afirma que a vantagem da utilização de ozônio, em vez de agrotóxicos, é que as sobras do produto na lavoura, caso haja, não causam problemas, já que o ozônio se converte naturalmente em oxigênio.

Este blog apurou que a Funceme está aliada ao esforço para reunir parceiros internacionais para permitir a viabilização desse projeto. Seria uma revolução total na agricultura mundial.

06:23 · 14.09.2017 / atualizado às 06:23 · 14.09.2017 por
 
Os principais desafios em segurança na era digital serão discutidos no Fórum de Segurança promovido pela Oi que tem como pauta os riscos constantes que as organizações enfrentam diante do volume e complexidade dos dados digitais. As discussões em torno das tendências para construir um equilíbrio entre sistemas inovadores e proteção corporativa, no caminho da transformação digital serão administradas por especialistas da Oi e empresas parceiras.
 
Desafios de Segurança na Era Digital (Mateus Bueno – Oi), O SOC do Futuro (Fernanda Vaqueiro – Oi), Gestão Integrada de Segurança (João Ferreira Costa – Flexvision), DDOS das Coisas: o aumento exponencial dos dispositivos conectados (Paulo Braga Rodrigues – ARBOR) e a Arquitetura Integrada de Segurança na era digital aplicada à Inteligência Artificial (Eduardo Salomão – CISCO) serão os temas em debate.
O evento  ocorrerá no dia 19 de setembro, às 14h30, no Hotel Luzeiros, em Fortaleza.
 
O fórum é mais uma iniciativa da companhia dentro da sua estratégia de seguir crescendo em TI e dados no mercado B2B. A Oi é pioneira e inovadora no desenvolvimento de soluções que ajudam as empresas na jornada da transformação digital reduzindo custos e aumentando a produtividade. O resultado garante a empresa um crescimento de sua receita de TI em 20% ao ano.
 
05:09 · 11.09.2017 / atualizado às 05:09 · 11.09.2017 por

Amanhã, terça-feira, 12, mais de 1.500 engenheiros agrônomos de todo o País estarão em Fortaleza, reunidos no XXX Congresso Brasileiro de Agronomia.

O evento será aberto às 19 horas no Hotel Marina Park, onde acontecerá toda a sua programação técnica e científica.

O tema central do congresso é “Segurança Hídrica – um desafio para os engenheiros agrônomos”.

Bem, os agrônomos brasileiros possuem hoje à sua disposição a mais avançada tecnologia para enfrentar e vencer a crise hídrica que há 5 anos castiga o Nordeste, o Ceará no meio.

São tecnologias criadas para a agricultura irrigada, por meio das quais tem sido possível produzir mais alimentos, consumindo menos água.

O secretário de Recursos Hídricos do Ceará, Francisco Teixeira, fará a palestra de abertura do congresso.

04:59 · 29.08.2017 / atualizado às 04:59 · 29.08.2017 por

Desde ontem e até a próxima sexta-feira, 1/9, os acionistas controladores do grupo cearense M. Dias Branco estão cumprindo uma programação intensa de visita às principais universidades do Vale do Silício e a três das maiores universidades da Califórnia (EUA).

Estão lá a presidente do Conselho de Administração da corporação, Consuelo Dias Branco, e seus filhos acionistas e diretores Graça, Regina, Marcos e Cláudio, além do seu vice-presidente de Investimentos, Geraldo Luciano Matos Júnior.

O objetivo da viagem é tomar conhecimento das últimas inovações tecnológicas que impactarão não só a indústria, mas também a vida das pessoas nos próximos anos.

Entre as indústrias que estão sendo visitadas estão a Google e a Tesla, que já produzem automóveis sem motorista.

Entre as universidades, estão Stanford, Berkeley e Singularity, que organizou a programação.

Geraldo Luciano disse aoblog que o grupo M. Dias Branco está investindo no conhecimento, buscando-o onde quer que ele esteja.

No próximo ano, outro grupo de executivos da companhiaa irá fazer a mesma programação.

04:53 · 29.08.2017 / atualizado às 04:53 · 29.08.2017 por

De 12 a 15 do próximo mês de setembro, Fortaleza sediará o 30º Congresso Brasileiro de Agronomia.

Esse evento trará à capital cearense 1.500 agrônomos de todo o País, que debaterão o seu tema central, que será “Segurança Hídrica: um desafio para os engenheiros agrônomos”.

O Congresso será realizado no Salão Atlântico Hall do Hotel Marina Park e sua programação técnica seguirá cinco eixos: Recursos Hídricos, Política Profissional, Meio Ambiente e Proteção Sustentável, Segurança Alimentar e Inovações Tecnológicas.

A Federação da Agricultura do Ceará (Faec) e o Governo do Estado estão dando apoio à realização desse evento.

Os agrônomos têm hoje papel importante a desempenhar na produção do que é chamado de alimentos saudáveis.

04:37 · 28.08.2017 / atualizado às 04:37 · 28.08.2017 por

A Volvo, fabricante sueca de automóveis, anunciou na semana passada que, a partir de 2019, seus carros sairão da fábrica com motores elétricos.

Isto quer dizer o seguinte: os combustíveis de origem fóssil, como a gasolina e o óleo diesel, estão com seus dias contados.

A pergunta é: a Petrobras está preparada para essa revolução tecnológica?

E a Shell e a Esso também estão?

O mundo dos nossos filhos e neto será completamente diferente do mundo de hoje.

04:34 · 28.08.2017 / atualizado às 04:34 · 28.08.2017 por

O futuro está chegando mais rapidamente do que se imaginava.

Reparem bem: de 13 a 15 deste mês de agosto, na cidade de San Francisco, na Califórnia (EUA), aconteceu a cúpula 2017 da Universidade Global, um evento destinado a tratar do futuro dos negócios, da tecnologia e da humanidade.

Participaram desse evento 1.600 representantes de 64 países.

O Brasil teve a maior delegação.

Pois bem: eis só três das muitas conclusões extraídas dessa cúpula da tecnologia mundial.

Primeira: os próximos 20 anos serão completamente diferentes de qualquer coisa que vivemos nos últimos 100 anos;

Segunda: até 2020, ou seja, daqui a três anos, todos os táxis da China serão elétricos;

Terceira: o carro elétricos, por causa da demanda e da abundância, custará cada vez mais barato nos próximos cinco anos.

Este blog acrescenta: em 2025, os automóveis, caminhões e ônibus, circularão sem motorista.

04:53 · 25.08.2017 / atualizado às 04:53 · 25.08.2017 por

Lançada pelo banco Itaú em 2015, a contratação de crédito imobiliário de forma 100% digital virou um caso de sucesso.

O programa já emitiu mais de 1 mil contratos de financiamento da casa própria, sendo que 90% deles tiveram o crédito aprovado e liberado em somente uma hora.

Repita-se: uma hora, ou 60 minutos.

O Itaú-Unibanco também informa que é de apenas 10 dias o tempo médio de espera pela documentação exigida para a aprovação e liberação do crédito.

Eis mais um exemplo de que a tecnologia veio mesmo para facilitar a vida das pessoas e das empresas.