Busca

A força da economia chinesa

04:13 · 16.04.2018 / atualizado às 04:15 · 16.04.2018 por

Na última sexta-feira, empresários filiados ao Lide Ceará – entidade que reúne lideranças dos diferentes setores da atividade econômica – reuniram-se em Fortaleza, no Hotel Gran Marquise, para ouvir o economista Marcos Troyjo.

Ele falou sobre as megatendências globais e seus impactos no Brasil.

Troyjo, que é citado como um dos melhores economistas brasileiros, focou sua palestra no que chamou de espetacular exemplo da China, que há meros 40 anos era nada diante das economias ocidentais e hoje disputa a liderança mundial com os Estados Unidos.

Ele disse que o Brasil tem ficado para trás no mundo desenvolvido porque perdeu, de modo extraordinário, todas as chances que lhe foram oferecidas.

E culpou as lideranças políticas do País, que não souberam ou não quiseram fazer as reformas tributária, da Previdência e da política.

E para mostrar a força econômica da China, Toyjo afirmou que serão os chineses, e não os norte-americanos, que investirão na modernização da infraestrutura ferroviária do Brasil.

Comentários 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *