Busca

Força-tarefa mapeará dívidas de pequenos agroindustriais

04:57 · 20.10.2017 / atualizado às 04:59 · 20.10.2017 por

O Ceará está vivendo o sexto ano consecutivo de baixa pluviometria.

Por causa disso, os açudes secaram. Consequência: os pequenos agricultores e agroindustriais cearenses, cuja produção foi quase nada neste ano, estão devendo, e muito, aos bancos que lhes emprestaram dinheiro, principalmente o BNB e o Banco do Brasil.

O que fazer?

Na quarta-feira passada, a Assembleia Legislativa, por meio de sua Comissão de Desenvolvimento Regional, presidida pelo deputado Carlos Matos, reuniu representantes dos inadimplentes e decidiu que, no próximo dia 23, será criada uma força-tarefa – com BNB, Ematerce e Adagri, entre outros organismos – para mapear os inadimplentes e propor acordos com os bancos credores.

Este blog apurou que o número de pequenos produtores endividados é realmente grande e que eles atuam nos setores de carne, tilápia, mel, carnaúba, camarão, leite, doce e frutas.

Para que se tenha uma ideia do problema, basta dizer que foram feitas pela rede bancária, nos últimos cinco anos, aqui no Ceará, 236 mil operações de crédito para pequenos agricultores e agroindustriais.

Comentários 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *