Busca

Energia solar sobre as águas de Sobradinho

04:36 · 14.03.2016 / atualizado às 04:36 · 14.03.2016 por

Boa mudança na gestão da Companhia Hidrelétrica do São Francisco, a Chesf, cuja diretoria lançou na última sexta-feira, 11, o projeto que instalará sobre uma parte do gigantesco espelho d’água da barragem de Sobradinho um conjunto de células fotovoltaicas, sustentadas por flutuadores, para a geração de 5 MW de energia solar.

Será um projeto piloto que, se der certo, será expandido não apenas em Sobradinho, mas também para as demais barragens de usinas hidrelétricas da Chesf.

Isso significará – quando a usina piloto estiver operando – o uso de menos água para a produção de energia. Consequentemente, mais oferta de água para o consumo humano e animal e para as atividades econômicas.

A empresa brasileira Sunlution – espcializada nesse tipo de projeto – construirá a usina solar flutuante de Sobradinho que, aliás, seráa primeira do mundo.

Comentários 1

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Henrique Cavalcante de Freitas

14/11/2016 as 11:0319

Opção óbvia, prática, viável e com potencial imenso. Além disso teria o benefício de reduzir a perda de água dos reservatórios pelo sol e pelo vento. Para ser utilizado em lagos de hidrelétricas e em açudes de médio e grande porte. Demorou pra se ter iniciativa nesse sentido.