Busca

Evangelho de hoje (Lc 6,20-26)

11:42 · 13.09.2017 / atualizado às 11:42 · 13.09.2017 por

Resultado de imagem para “Bem-aventurados vós, os pobres, porque vosso é o Reino de DeusNaquele tempo, Jesus, levantando os olhos para os seus discípulos, disse: “Bem-aventurados vós, os pobres, porque vosso é o Reino de Deus! Bem-aventurados vós que agora tendes fome, porque sereis saciados! Bem-aventurados vós que agora chorais, porque havereis de rir! Bem-aventurados sereis, quando os homens vos odiarem, vos expulsarem, vos insultarem e amaldiçoarem o vosso nome, por causa do Filho do Homem!

Alegrai-vos, nesse dia, e exultai pois será grande a vossa recompensa no céu; porque era assim que os antepassados deles tratavam os profetas. Mas, ai de vós, ricos, porque já tendes vossa consolação! Ai de vós que agora tendes fartura, porque passareis fome! Ai de vós que agora rides, porque tereis luto e lágrimas! Ai de vós quando todos vos elogiam! Era assim que os antepassados deles tratavam os falsos profetas.

Reflexão – “os bem-aventurados e os acomodados”

 

Neste Evangelho Jesus faz comparações entre aqueles que vivem à procura de Deus em busca da santidade e os outros que já estão conformados com o que têm aqui. São os bem-aventurados e os acomodados. Assim sendo, Ele nos situa na perspectiva dos que encontram aqui na terra a felicidade seguindo os conselhos evangélicos mantendo a esperança de um dia encontrá-la e os que se satisfazem com a riqueza, honra e poder temporal.  As bem-aventuranças são estágios de vida que nos levam a ter o prenúncio das coisas celestes, da realidade do céu. Quando seguimos as sugestões do Evangelho, nós perseguimos a plenitude da felicidade aqui na terra embora que o mundo não nos possa entender. Aos olhos do mundo ser pobre, passar fome, chorar, ser perseguido, odiado, insultado, são situações que revelam infelicidade. Porém, quando vivemos na expectativa de fazer a vontade de Deus essas coisas que nos acontecem servem de motivação para que experimentemos cada vez mais o poder e a força do Senhor na nossa vida e tenhamos uma felicidade verdadeira. Ao contrário, as coisas que o mundo prega como lucro, a riqueza, a fartura, o riso fácil e o elogio, passam e não deixam nenhum vestígio de felicidade, pois tudo isto é apenas ilusão.   Quem espera a realização das promessas de Deus, as quais serão plenamente cumpridas no céu, é feliz desde já e se apoia no que o próprio Jesus garante: “Alegrai-vos e exultai, pois será grande a vossa recompensa no céu”.  A esperança de que um dia contemplaremos a Deus e alcançaremos a plena felicidade, já é um motivo para que sejamos felizes aqui. – Você já meditou sobre as bem-aventuranças? – Qual a bem-aventurança que mais se identifica com você?- Você é feliz mesmo que as coisas não tenham sido fáceis? – Você tem sofrido alguma afronta por causa do reino de Deus?

 

Helena Colares Serpa – Comunidade Católica Missionária UM NOVO CAMINHO

Comentários 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *