Egídio Serpa

Busca


Evangelho de hoje (Lucas 1,26-38)

Publicado em 22/08/2012 - 3:59 por | 1 Comentário

Categorias: Fé em Deus

  • Enviar para o Kindle

Naquele tempo, o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galileia, chamada Nazaré, a uma virgem, prometida em casamento a um homem chamado José. Ele era descendente de Davi e o nome da Virgem era Maria.
O anjo entrou onde ela estava e disse: “Alegra-te, cheia de graça, o Senhor está contigo!” Maria ficou perturbada com estas palavras e começou a pensar qual seria o significado da saudação.
O anjo, então, disse-lhe: “Não tenhas medo, Maria, porque encontraste graça diante de Deus. Eis que conceberás e darás à luz um filho, a quem porás o nome de Jesus. Ele será grande, será chamado Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi. Ele reinará para sempre sobre os descendentes de Jacó, e o seu reino não terá fim”.
Maria perguntou ao anjo: “Como acontecerá isso, se eu não conheço homem algum?” O anjo respondeu: “O Espírito virá sobre ti, e o poder do Altíssimo te cobrirá com sua sombra. Por isso, o menino que vai nascer será chamado Santo, Filho de Deus. Também Isabel, tua parenta, concebeu um filho na velhice. Este já é o sexto mês daquela que era considerada estéril, porque para Deus nada é impossível”.
Maria, então, disse: “Eis aqui a serva do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra!” E o anjo retirou-se.

Tags:

Comentários

Helena

em 22 de agosto de 2012

“Eis aqui a serva do Senhor”

Somos também como Maria escolhidos e eleitos para conceber Jesus no nosso coração e levá-Lo ao mundo. Portanto, também, a primeira recomendação que o anjo nos faz é que alegremo-nos, isto é, saiamos da desolação, da murmuração e da desesperança, porque o Senhor está conosco! Por isso, as palavras dirigidas a Maria pelo anjo Gabriel são hoje, para nós, um convite a que abramos o coração a fim de acolhermos o mistério da Encarnação de Jesus pelo poder do Espírito Santo. Assim como recomendou a Maria, o anjo também nos encoraja: “não tenhas medo, encontraste graça diante de Deus”. Isto significa que somos amados por Deus e que o poder do Seu amor nos cobre e realiza em nós a transformação interior que é o sinal da presença do Menino Jesus em nós. Contudo, isso só poderá acontecer a partir do nosso sim e da nossa adesão ao projeto do Senhor. Deus não nos invade e nada faz sem a nossa permissão. O Senhor nos propõe, chama e nos atrai, mas o nosso Sim é o que O faz realizar a obra. O anjo do Senhor vive batendo à nossa porta com a expectativa do nosso sim que é também uma resposta positiva para fazer em nós maravilhas. A atitude de Maria é um modelo a ser seguido por cada um de nós! Muito embora estivesse assustada pela manifestação de Deus através do anjo Gabriel (Teofania) ela soube parar para escutá-lo, soube meditar sobre as palavras dele, soube dialogar para entender melhor a vontade de Deus, soube confiar nas Suas promessas sem questionar e por fim assumiu humildemente a condição de ser Mãe do Salvador da humanidade, sabedora de que o poder vinha do alto e que a ela só competia mesmo dar uma resposta. Que possamos também como Maria, responder ao anjo do Senhor dizendo: “Eis aqui a serva do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra”. Reflita – Você também tem sido chamado (a) por Deus para uma missão específica? – Qual é a sua resposta? – Você sabe parar para escutar, meditar, dialogar com Deus, assumindo as Suas promessas e confiando no chamado que Ele lhe faz? – Se você fosse Maria qual teria sido a sua atitude diante do anjo Gabriel?

Acesse o site http://www.umnovocaminho.com e leia os comentários das demais leituras da liturgia de hoje.


Autores

Páginas

Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999

teste